1. Spirit Fanfics >
  2. Put your head on my shoulder >
  3. Put your head on my shoulder

História Put your head on my shoulder - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


espero que gostem dessa one shot!
fiz com muito amor,
boa leitura!!!!❤️

Capítulo 1 - Put your head on my shoulder


Fanfic / Fanfiction Put your head on my shoulder - Capítulo 1 - Put your head on my shoulder


Chenle estava sentado no chão de seu enorme quarto,o chinês mais novo estava desolado,chorava compulsivamente,não possuía mais controle sobre suas lágrimas. Naquele dia mais cedo,enquanto andava com seu namorado Renjun de mãos dadas ,uma senhora fez um insolente e preconceituoso comentário sobre o casal homossexual,e isso sem dúvidas abalou Chenle,o mais novo sempre fora extremamente sensível,estava sentindo-se insuficiente,sentindo-se péssimo,não sabia como tirar aquele sentimento ruim de si mesmo.

Com os olhos encharcados e com a vista embaçada,o chinês mais novo pegou uma caixa que estava guardada em um lugar escondido de seu guarda-roupa,lá haviam diversos remédios,medicamentos que Chenle apenas tomava quando tinha suas crises,o mesmo não gostava de preocupar seu namorado,não queria estragar o dia  de seu namorado,assim pensava o mais novo.

Chenle sabia que estava mal,sabia que estava tendo uma de suas piores crises,e teve a confirmação disso após ver que o mesmo havia tomado três cartelas de seus remédios,estava espantado consigo mesmo,nunca havia chegado neste ponto,o mais novo estava sentindo-se perdido.

Estava cada vez pior,aquele sentimento de insuficiência rondava constantemente sua mente,o mais novo estava rendendo-se aos pensamentos ruins.

Agora,já deitado no chão,o choro do mais novo aumenta-se estarrecidamente,agora já podia-se ouvir o choro do mais novo pela casa inteira.

Renjun,ouvindo o choro compulsivo de seu namorado,corre para o quarto enorme dos dois. Ao chegar no quarto,o chinês mais velho,porém menor,vê o namorado deitado no chão,chorando compulsivamente,e em suas mãos trêmulas havia um frasco de remédios,que àquela altura,Renjun sequer sabia que existiam.


— Anjinho? Renjun pergunta ao deitar-se ao lado de seu namorado.

— R-Renjun... O mais novo tentava chamar o mais velho com certa dificuldade,já que além das mãos trêmulas,sua garganta estava seca,ele precisava beber água,os comprimidos secaram sua garganta em um grau que o quase impedia de falar.

— Meu amor,eu estou aqui com você,não precisa ter receio de me chamar quando estiver mal,não precisa ter receio de me chamar,nem que seja apenas para chorar em meu ombro,venha! Renjun,com certa dificuldade,consegue trazer o chinês mais novo para a cama dos dois,sentando o mais novo na cama e ficando de frente para o mesmo.

— M-Me desculpe,eu deveria ter te contado sobre os remédios que eu tomo.  Chenle disse após tomar um pouco de água que fora trazida rapidamente pelo chinês mais velho. 

—Shiu! Renjun coloca o seu dedo indicador na frente dos lábios de seu namorado,o impedindo de continuar falando. — Não precisa se desculpar por nada meu amor,eu entendo seus motivos para você não ter me contado,e eu te entendo,apenas quero que saiba que sempre estarei aqui para você,e por você! Chenle,você é o amor da minha vida,é a pessoa na qual eu mais confio no mundo inteiro,é o cara que me faz dar sorrisos bobos ao lhe ver fazendo qualquer coisa! Você é a pessoa que eu mais amo,eu te amo tanto que é impossível contabilizar o quanto eu te amo,não precisa se afligir meu amor,estou aqui contigo. Renjun disse enquanto secava,com as suas pequenas mãos,as lágrimas do mais novo.

— Renjun,por muito tempo eu tive vergonha de ser quem eu realmente sou. Por muito tempo eu fingi ser quem eu não era. Eu me prendi à uma realidade que obviamente não era a minha. E a cada dia que eu acordava,e lembrava-me de que eu não era quem eu realmente queria ser,eu chorava,chorava por não poder amar quem eu realmente amava,chorava por medo de ser rejeitado por todos,e depois que eu me assumi,me senti mais livre,porém ainda sim,vezes ou outra,aquele sentimento de medo ainda me assombra,principalmente quando ouço comentários preconceituosos sobre nós dois,eu não suporto escutar coisas tão ruins,me machuca tanto. Chenle desabafa começando a chorar novamente,então Renjun o abraça,fazendo com que os dois caiam deitados na cama,com Renjun por cima de Chenle.

— Eu te amo,independente do que disserem sobre nós,nunca se esqueça,e nunca tenha medo de mostrar o nosso amor,porque o nosso amor é puro,o nosso amor é lindo,e dane-se quem não concorda com isso. Independente de qualquer preconceito que possam ter,eu te amo mais do que tudo nesse universo todinho,e eu vou mostrar para o mundo,o meu amor por você!  Renjun diz enquanto acaricia o rosto do chinês mais novo,que ainda com os olhos molhados pelas lágrimas recentes,sorri,com aquele sorriso que deixava Renjun no paraíso. Ah,aquele sorriso puro e singelo que somente Chenle tinha,o seu namorado,o seu Chenle,e aquele sorriso sem dúvidas aumentava cada vez mais o amor de Renjun por Chenle,a cada vez que ele o mostrava.

— Eu te amo muito meu anjinho,você é a luz no meio de toda a escuridão que há no mundo,no meio de tantas mentiras,você é a única verdade,é o motivo pelo qual eu acordo todos os dias. Eu amo quando eu acordo antes de você,e posso observar por muito tempo o seu tão precioso rostinho,cada detalhe do seu rosto é delicado e puro como você,tudo em você pra mim é perfeito,eu sempre estarei aqui para te cobrir com meu guarda-chuva nos dias chuvosos. Sempre estarei com você para te abraçar por trás enquanto você está distraído. Sempre estarei aqui para te observar enquanto você cozinha. Você é o meu anjo,o amor da minha vida. Você é tão especial Chenle,eu te amo! Renjun diz com os olhos marejados,não por tristeza,mas por emoção. De fato,o chinês mais velho amava o mais novo mais do que qualquer pessoa no universo todo. Para ele,Chenle fora a sua salvação,quando o mesmo estava prestes a desistir de sua vida monótona,sem graça e tão completa por vazios. Chenle era a sua luz em toda a escuridão. Chenle era o seu super-herói,o melhor super-herói de todos,e ele amava Chenle por isso.

Chenle agora estava sentindo-se mais leve,desabafar com seu amado havia o deixado assim,ele agora tinha certeza absoluta do amor dos dois,e se antes ele tinha medo do que os outros iriam pensar,esse medo havia desaparecido,como num passe de mágica. Chenle amava tanto Renjun. Renjun era o seu porto seguro. Renjun era a sua preciosa jóia. Uma jóia rara que o mesmo teve a sorte,possivelmente com uma ajudinha do destino,de encontrar a sua preciosa jóia. É,o destino fora tão bom em permitir que Renjun e Chenle se encontrassem,se amassem. Essa fora a melhor coisa que havia acontecido na vida dos dois chineses,que antes de se conhecerem,estavam repletos de vazios,repletos de escuridão,repletos de desanimação,repletos de monotonia. 

Chenle tinha sorte de poder ter Renjun para colocar sua cabeça em seu ombro,e ele amava o mais velho por isso.



Notas Finais


é,talvez eu esteja querendo um chamego.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...