1. Spirit Fanfics >
  2. Quando a magia lhe prega uma peça! >
  3. Descobertas inesperadas!

História Quando a magia lhe prega uma peça! - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Oi pessoal aqui estou eu com um novo capítulo! Desculpem qualquer erro. Boa leitura!

Capítulo 5 - Descobertas inesperadas!


Fanfic / Fanfiction Quando a magia lhe prega uma peça! - Capítulo 5 - Descobertas inesperadas!

*Lá estava eu na  mesa tomando café da manhã um tanto desanimada olho para mesa dos professores.* 

{Hoje é final de semana e eu ainda tenho detenção mas hoje vou aproveitar minha ida a Hogsmead.}

- Celena está pronta para irmos a Hogsmead?! - *Harry me pergunta animado.* 

- Claro que sim Harry!

- Ah eu lembrei o que eu queria muito te falar ontem!!

- É mesmo Harry?! Então me conte agora!

- Então eu fui ver o Diretor Dumbledore ontem né!

- Sim mas vá ao ponto Harry!!

- Tá bom!! Eu acabei ouvindo uma conversa entre o diretor e o professor Marvolo e eu ouvi o Diretor chamando o professor de Tom! Esse é o nome dele!!

- Nossa que legal! - {Será que... Não tome decisões apressadas.}

 - Realmente! - *Hermione finalmente fala.*

- Mas por que ele não quer que ninguém saiba?! - *Rony pergunta.*

- Não sabemos! Mas podemos descobrir!

- Celena! - *Hermione chama minha atenção.*

- Isso não é ruim Hermione eu só estou curiosa! 

- Tá, mas agora vamos para Hogsmead!

- Vamos!

*Depois de um tempo andando até Hogsmead chegamos.*

- Eu vou fazer uma coisa gente!

- Tá bom Celena! Quer companhia?!

- Não, mas obrigada Harry!

- Tá! 

*Corro para uma loja de livros e começo a olhar livros interessante e depois de um tempo pego quatro livros dois eram para mim dois para o professor Snape.*

- Embrulha esses dois para mim por favor! - *Entrego os dois livros que eram do Snape.*

- Sim senhorita!

*Depois disso me juntei aos outros e comprei alguns mimos para eles e para eu mesma claro.*

- Gente eu preciso ir tenho detenção e quero ponhar outra roupa!

- Vamos com você Celena!

- Então vamos!

*Depois de andarmos novamente até Hogwarts, chegando lá eu e eles fomos cada um para seus quartos, entrando no meu quarto me troco rapidamente e saio da comunal indo em direção às masmorras para entregar o presente do professor Snape, chegando na sala dele bato na porta.*

- Quem é?! - *Escuto a voz de tédio dele.*

- Sou eu Professor!

*A porta se abre e eu sorrio.*

- Oi professor Snape!

- Oi Celena! O que faz aqui?! - *Ele fala abrindo espaço para eu entrar em assim eu faço.*

- Eu vim entregar seu presente!!

- Meu...presente?

- Sim! - *Tiro o embrulho de trás da minha costa.*

- Celena...  por que ... perdeu seu tempo comprando algo para mim ?!

- Não foi perca de tempo e o senhor merece! 

*Ele pega o presente e sorri depois me abraça.*

- Eu gostei! - *Ele diz e eu olho para ele.*

- Mas você nem abriu!!

- Se foi você que escolheu é maravilhoso e pelo formato é um livro! - *Ele sorri.*

- São dois livros - *Faço um bico e depois sorrio.* 

*Depois de um tempo De conversa com o Professor Snape olho para o relógio e me assusto ao ver que já era 08:26 me despeço de Snape rapidamente e saio correndo pelos corredores em direção a sala do Professor Marvolo eu não podia me atrasar para a detenção.*

- Droga eu me distrai e esqueci da hora marcada para a detenção, Merlin me ajuda para que eu não tenha me atrasado logo hoje - *Como eu estava correndo não consegui parar e entrei com tudo pela porta e vi o professor Marvolo escrevendo em um livro que quando ele me viu jogou para longe.*

- Oi Professor Marvolo espero não ter me atrasado eu realmente me distrai e esqueci da hora - *Cumprimento ele e logo me desculpo.*

- Não Senhorita Grindelwald você não se atrasou e a propósito hoje vou pedir ajuda para arrumar os meus livros novamente,Okay ? -  *Ele me fala já me avisando do que eu irei fazer na detenção.*

- Okay, aqui professor o livro que você deixou cair quando eu cheguei - *Pego o livro que estava no chão e viro para ver o nome que estava escrito na capa* { Tom M. Riddle ... Não pode ser é ele mesmo } * Depois de ler a capa jogo o livro no rosto do professor Marvolo que já estava me olhando.*

- Celena eu realmente posso explicar sobre isso!

- O senhor não tem nada para me explicar professor! - *Falo indo na direção da estante de livros começando a arrumar.*

- Olha me deixa explicar!

- Não tem nada para explicar professor!

- Olha sei que está brava e tem toda a razão de estar!

- EU NÃO ESTOU BRAVA! - *Falo alto fazendo alguns livros irem na direção dele que só se defende.*

- Tem certeza?! - *Ele me pergunta e esta preocupado.*

- É claro que sim por que eu estaria brava com o senhor que é meu professor não tem motivo nenhum não tem nenhuma lógica né professor! - *Falo isso de uma vez só é uma jarra da sala dele estoura.*

- Celena... me deixe falar!

- Falar o que professor MARVOLO!! - * Viro o rosto.* {Eu não vou chorar}

- Você não acreditaria se eu disse que sou Tom Marvolo Riddle!!

- Você não sabia se eu acrediria ou não além do mais eu conseguiria ver que estava  falando a verdade através dos seus sentimentos, e por isso que seus sentimentos estavam confusos no dia que eu disse o nome! Deixa pra lá, agora nem faz diferença mesmo! - *Subo na escada e começo a arrumar os livros a sala ficou silenciosa por um tempo até ele quebrar o silêncio.*

- Você ainda está brava?! 

- Ah! EU NUNCA ESTIVE BRAVA!! - *Falo alto e a estante treme junto com outras coisas na sala e um vento passa espalhando papéis na mesa dele.*

- Calma Celena me deixe tentar te explicar! -  * Ele fala espantado.*

- EU ESTOU CALMA PROFESSOR! E tem mais você não tem que me explicar nada eu não preciso saber de nada! - *Falo olhando pra ele com um olhar mortal fazendo folhas e livros ir em sua direção sem sessar.*

 - Senhorita se acalme você pode acabar caindo dessa escada!.

- E você se importa por acaso? Não você não está nem aí pra mim professor - *falo fazendo cada fez mais livros e papéis ir em sua direção.*

*Snape que passava pelos corredores ouviu os gritos e barulhos vindos da sala do professor Marvolo e desesperado por saber como Celena estava entrou com tudo e viu Celena gritando com o Marvolo o fazendo ir vários livros,papéis e objetos em direção do mesmo, enquanto ela descia a escada lentamente.*

- Talvez o único que se importe comigo de verdade seja o Professor Snape! - *falo descendo as escadas com cuidado para não cair* - Talvez o único que me entende, o único que sempre esteve ao meu lado depois de Daniel morreu - *quando eu já estava no último degral falo com mais ódio e dor * - Minha vida é uma Merda! Sempre foi uma merda!  * Ao terminar de falar noto a presença de Snape na porta olhando para mim com espanto, logo ele vem correndo em minha direção e me abraçando fazendo os livros, papéis e objetos pararem de ir em direção a Marvolo.*

[MARVOLO]

*Mágoa era o que Tom sentia não só mágoa como tristeza e raiva muita raiva.*

- Você está dispensada senhorita Grindelwald não precisa vir em nenhuma das outras detenções! - *Viro as costas e subo as escadas escuto a porta fechar, eles dois foram embora.* - Porra!! - *As luzes piscam, entro no meu quarto batendo a porta atrás de mim, dou um soco em um jarro de flor que tinha no meu quarto.*

- Calma senhor! - *Nagini diz subindo na cama.*

- Ela nem quis me escutar Nagini!!

- Alguma hora ela vai escutar senhor!

- Tomara.

[QUEBRA DE TEMPO]

[CELENA]

*Haviam se passado dias desde que aquilo havia acontecido.*

{Já se passaram dias e eu ainda não esqueci e ainda me culpo eu não devia ter falado com ele daquela maneira ele nem tem culpa de achar que eu não acreditaria eu fui uma idiota.}

- Celena por que o professor Marvolo sempre fica te olhando, seja na sala de aula ou no café, almoço e jantar?! - *Hermione pergunta mas parece que todos estão interessados.*

*Olho para Tom e ele vira o rosto.*

{Ele parece cansado}

- Não sei! - *Me levanto e saio andar pela escola já que era final de semana e não tinha visita a Hogsmead.* - Gael você acha que fui idiota?! 

- Você exagerou um pouco Celena mas não foi totalmente idiota!

- Como essas palavras me deixam feliz! - *Falo rispidamente.* - Podia pelo menos me animar né!

- Meu trabalho é ser seu amigo mais sincero e te proteger! - *Gael fala olhando para ela.* 

- É Gael eu sei mais ser sincero agora não vai me ajudar muito - *falo olhando para Gael.*

- Que tal se você tentasse falar com ele Celena talvez resolvesse alguma coisa.

- Ou talvez acabasse com tudo de uma vez - *falo e Gael não aceita muito bem.*

- Incrível! Você pede ajuda e depois faz pouco caso dela - *Ele fala me fazendo rir.*

- É Gael você foi o melhor presente que eu já ganhei - *falo pra ele ainda rindo.*

- Para de enrolação Celena e vai falar logo com o Professor Marvolo tô cansado de ouvir suas lamentações - *Ele fala impaciente.*

- Poxa! Gael eu estou me sentindo uma idiota.

- Vai falar com ele agora mulher!!!

- Tá bom , nossa! - *Começo a correr para a sala do professor Marvolo e a caminho de lá vejo ele no corredor.* -Pro... - *Vejo uma garota do último ano pelo jeito começar a falar com ele.*

- Pro-pr-professor e-eu go-gosto do senhor e eu queria que você fosse comigo a Hogsmead no pro - próximo fim de semana! Eu trouxe um presente! - *Ela abraça ele e eu fico com raiva mas não sei por qual motivo ele vai falar alguma coisa e ela começa a entregar o presente que estoura na mão dela o  que a faz gritar e eu me esconder.*

- Fui eu?! - *Pergunto a Gael.*

- Provavelmente Celena!

- Eu não queria fazer isso!

- AAAAAH! Alguém me acertou uma pedra! - *Escuto a menina falar.*

- Ai meu deus fez um corte na sua testa vai ver isso na enfermaria! - *Professor Marvolo fala isso calmamente então eu saio para espiar e ele sussurra algo para ela e a mesma sai correndo, me escondo e escuto a parede atrás de mim rachar.*

- Respira Celena! - *Gael fala muito sério.*

-Tá bom- *Puxo o ar e solto assim me acalmando.*

- Grindelwald? - *Professor Marvolo fala surpreso por eu estar ali.*

*Celena olha para o professor assustada e em seguida fica toda vermelha e sai andando, então Gael sai do seu pulso se transformando em uma cobra grande e se enrola no tornozelo dela e a puxando para trás e assim que consegue Gael se enrola no tornozelo de Tom.*

- Gael!! Solta.

- Não! Você tem que falar com ele!!

- O que você quer falar comigo Grindelwald? - *O professor Marvolo me pergunta fazendo eu me virar novamente para ele o encarando.*

- Eu não ia te falar nada demais, deixa pra lá.

- Ela quer se desculpar com você Marvolo e te dar uma chance para se explicar - * Gael fala me fazendo passar vergonha. *

- Ei! Gael Cala a boca não era isso - *Eu respondo tentando achar uma desculpa o mais rápido possível.*

- Então era isso que você queria Grindelwald?.

- É podemos dizer que sim, mas todo você estava ocupado falando com aquela garota eu acabei esquecendo - *falo tentando disfarçar.*

- A então foi você que jogou uma pedra naquela menina? - *Ele me pergunta me fazendo ficar surpresa. *

- Não! Não fui eu - eu nem sabia que jogaram uma pedra nela - *Eu repondo nervosa e quase suando.*

- Na verdade não foi a Celena mais sim a magia dela - *Gael fala me desmentindo.*

- Cala a boca Gael! Tá talvez eu tenha jogado uma pedra nela mais foi sem querer - *respondo escondendo minha cara de vergonha. *

- Mas porque sua magia agiu assim? Qual a razão dela ter feito algo justo com a menina que estava falando comigo? *Professor Marvolo me enche de perguntas. *

- Ah eu não sei é que as vezes ela se descontrola e ataca qualquer um até mesmo eu - *dou uma desculpa meio esfarrapada. *

- Ela agiu assim porque Celena estava com ciúmes de ver você falando com aquela garota - *Gael me desmente mais uma vez.*

- Ah-h! Cala a boca Gael - *falo balançando o braço em que Gael já tinha se enrolado novamente.*

- O que? A Grindelwald está com ciúmes de mim? Ciúmes! - *O professor Marvolo fala sem entender nada.*

- Um casal igual a vocês me dá sono , não se decidem e vivem negando que se amam.

- AHH! Gael p-para com isso eu e o professor não temos nada somos apenas a-aluna e ... professor - *falo quase morrendo de vergonha* {quando eu chegar no meu quarto eu vou cozinhar o Gael}.

- Sim somos apenas aluna e professor - *O professor Marvolo fala terminando a frase com um tom de mágoa. *

*Neste momento o Professor Marvolo se vira e sai andando em direção à sua sala e Celena vai atrás. *

- Professor aonde o senhor vai ? *pergunto confusa.*

- Eu vou para a minha sala Grindelwald a nossa conversa já acabou - *ele fala desanimado e eu o sigo .*

- Ei professor eu ainda não terminei de falar!

- E O QUE MAIS VOCÊ QUE ME FALAR GRINDELWALD! - *Ele levanta as mãos e leva para o lado de Celena e a mesma se encolhe e Gael fica grande.* - Celena eu nunca bateria em você, por que se encolheu?!

- Não é nada professor ! - *Falo baixo olhando para meus pés.* {Sem choro!}

- Me fala Grindelwald! 

- Não é nada...


Notas Finais


Bom me desculpe qualquer erro e espero que tenham gostado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...