História Quando as luzes sé apagam. [Jeon Jungkook] - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Got7
Personagens Personagens Originais
Tags Bangtan Boys, Bts, Drama, Hentai, Horror, Hoseok, Incesto, Jimin, Jungkook, Namjoon, Romantico, Seokjin, Sexo, Survival, Taehyung, Terror, Violencia, Yoongi
Visualizações 702
Palavras 1.058
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Mistério, Orange, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Survival, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


@Lo-Kookei - aaaaaaaahhhhhhhh cheguei aaaahhhh *Sons do J-Hope* sentiram minha falta?? Cheguei para alegra vocês que sentiram e para quem não sentiu também. Kisses~ e uma boa leitura para você!!

Na história:

Aceita se a mulher do seu inimigo??

Explicação:

S/n - seu nome.
S/ap - seu apelido.

Boa/Ótima Leitura !!!

Capítulo 8 - "Mulher de mentirinha."


Fanfic / Fanfiction Quando as luzes sé apagam. [Jeon Jungkook] - Capítulo 8 - "Mulher de mentirinha."

          Sexta-feira, 08h03


[ Jungkook - P.O.V's ]


 Depois de corre atrás do Jimin, eu consigo chegar perto dele e pegar o celular do mesmo, desbloqueio o celular dele pois não tem senha PI e vejo na galeria a procura do video. Continuei procurando, e nada, até achei videos eróticos mais nada do meu video sonhando com a s/n. Jimin começa a rir e eu percebo que ele me enganou, sendo assim, me fazendo de bobo. 


 Uma vontade enorme de jogar o celular no meio da rua para um carro passar por cima daquela merda, toma conta do meu ser. Para não fazer merda dou o celular para o mesmo com a face fechada, vou andando para dentro de minha casa, já que literalmente eu corri atrás dele pelo bairro inteiro. Chego dentro de casa e sou seguido por um Jimin rindo, Jimin se joga no sofá rindo demais enquanto o encaro com desgosto.


- calma Jungkook, eu só estava brincando. - Jimin diz entre risos. Nego com a cabeça e reviro os olhos. - não ia gravá você sonhando com a s/n, eu me seguirei mais não iria gravá. - Jimin diz sendo totalmente sincero. - mais diz ai, por quê sonhou com ela ?- Jimin pergunta com um meio sorriso. Bufo.


- não sei. - digo me direcionando ao outro sofá. 


- eu acho que isso é amor. - Jimin diz apertando os lábios, provavelmente quero uma resposta. 


- eu já sonhei com você, isso significa que te amo ?- pergunto. Jimin dá uma risada alta.


- sabia que ia arrumar uma desculpa. - Jimin diz deitando no sofá. 


- não é desculpa. - digo choramingando. 


- sei. - Jimin diz debochado.


- eu vou me arrumar para ir para o colégio. - digo me levantando. - você vai buscar a s/n ?- pergunto.


- não, o senhor Min disse que vai leva ela para vê a mãe no hospital. - Jimin diz. Verdade, havia esquecido isso.


- então vai se arrumar e sai logo de minha casa seu folgado. - digo fazendo o Jimin rir.


 Vou para o corredor e entro na segunda porta a direita, entro no meu quarto e vou para o meu armário pegar uma roupa para usar hoje.


[ . . . ]


       12h00 / Intervalo.


 O sinal para o intervalo tocá, vejo todos da minha sala correndo para sair de sala e irem conversar, enquanto esperava todos os retardados saírem logo, fiquei observando a janela. Bem na janela de minha sala tem uma árvore, ela cobre um pouco o pátio e isso dá um ar bom para o colégio. 


 Enquanto caiu em um pequeno transe, escuto a porta se fechar forte e ao olhar vejo a Lisa. Lisa é uma menina de cabelos vermelhos, só isso que destacá ela aqui. 


- olá Kookie. - Lisa diz. Reviro os olhos e nego com a cabeça, pois a voz dela é muito irritante.


- oi. - digo seco. Sou tímido, mas sei ser grosseiro. 


- então, como vai ?- Lisa pergunta vindo em minha direção. 


- bem. - digo curto. Vejo-a sentar em minha frente e sorrir, estranha. 


- eu preciso de um favor. - Lisa diz. Começo a presta mais atenção.


- que favor ?- pergunto.


- quero que volte a ser...


[ Jungkook - P.O.V's ]


[ S/N - P.O.V's ]


   12h00


 Estou no quarto da mansão do senhor Min, tentando me esconder do mesmo e de seu maldito toques, Yoongi no meio do café da manhã tentou me agarrar. Ridículo. Agora estou no quarto mexendo no celular sem nada para fazer, fiquei observando o nada também.


- s/n ?- Yoongi me chama, pelo eco que deu ele está na sala. Me levanto e saiu porta a fora, ando até o terre.


 Ao chegar no local vejo um homem, um homem alto e loiro. Ele me deu um sorriso gentil, sorriu para ele em resposta e o senhor Min se põe ao meu lado, ele entrelaça seu braço esquerdo em meu quadril e sorrir para o homem.


- então ela é a s/n ?- o homem pergunta. Senhor Min concorda com um aceno de cabeça. - sua futura mulher é linda filho. - diz o homem. Engulo em seco, quando ia protestar sobre o que o homem disse o Yoongi me beija. 


 Que porra o Yoongi está fazendo?


 Essa pergunta rodeia minha mente. Yoongi pediu passagem com a língua e eu cedo ao seu pedido, Yoongi me agarrou fortemente na minha cintura e vai intensificando o beijo. Yoongi se afasta de mim, mas não solta minha cintura e sorrir para o homem.


- sua mãe vai amar ela, filho. - o homem diz. O homem olha para o relógio de pulso e nega com a cabeça. - bom filho eu tenho que ir, tchau para os dois. - diz o homem se virando e saindo da mansão. Assim que a porta é fechada, o senhor Min sorrir de canto e me faz encará ele.


- então amor, vamos sair para conhecer sua futura sogra ?- Yoongi pergunta debochado. 


- que história é essa Yoongi ?- pergunto me soltando de seus braços. 


- desculpa mais eu precisava dizer que você era minha mulher para o meu pai, ele é um homem bem egocêntrico e não iria querê que o filho casasse com uma qualquer. - Yoongi diz. Ele falou que sou a mulher dele? Ele é mais velho que eu e ainda diz que é meu marido? Esse homem tem problemas.


- você mentiu para o seu pai ?- pergunto incrédula. - por que ?- pergunto.


- s/n tenta entender uma coisa, você é uma mulher incrível e eu já tinha que está casado, então eu omiti para o meu pai. - Yoongi diz. Yoongi falando assim, parece um adolescente sem rumo.


- eu só tenho quinze anos, você acha que ele não vai descobrir ?- pergunto.


- só fingi por uns três meses, quando ele e minha mãe forem embora voltamos ao normal. - Yoongi diz, mas parece suplicar por ajuda. O que eu faço Jesus? Ajudo ou não ajudo.


- então você quer minha ajuda ?- pergunto só para ter certeza. Yoongi concorda com um aceno de cabeça. - não sei Yoongi. - digo. 


- s/n por favor, seja minha mulher de mentirinha ?- Yoongi pergunta ajoelhando. Vê-lo nesse estado é até engraçado, mas eu não quero fingir ser a mulher dele por três meses. - por favor. - Yoongi diz.


- ...


Notas Finais


@Lo-Kookei - finalmente um capítulo!!! Gente me perdoem se o capítulo não estiver do agrado de vocês, mas eu me esforcei ao máximo para voltar com a fic!! Então será que a s/n vai ajudar o Yoongi?? Eu não sei de nada!!!

Continua ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...