1. Spirit Fanfics >
  2. Quando menos se espera... >
  3. Capítulo 12

História Quando menos se espera... - Capítulo 14


Escrita por:


Notas do Autor


Esse capítulo contem hot, se não gostam não leiam.

Capítulo 14 - Capítulo 12


Fanfic / Fanfiction Quando menos se espera... - Capítulo 14 - Capítulo 12

Storm on

Eu e os meninos chegamos em casa e todos ficamos juntos na sala conversando, resolvemos olhar um filme e depois ir dormir já que estava tarde. Estava quase no final do filme quando Nashi se mexeu de modo a levantar.

– Onde vai ? - perguntei segurando sua mão.

– Eu vou indo para o quarto, tenho que ajeitar umas coisas. Você passa lá depois? - falou meio estranha.

– Passo sim pequena, qualquer coisa me chama- ela assentiu e subiu para o quarto me deixando curioso em saber o porquê de ela estar assim.

O filme acabou e todos foram dormir, fui para meu quarto tomei um banho, fiz minha higienes e fui ao quarto de Nashi para a dar boa noite. Porém, quando abri a porta, percebi que eu não iria sair dali tão cedo e também o motivo dela estar meio estranha antes. Nashi estava linda, muito mais que linda, estava maravilhosa, perfeita... Ela estava com um roupão muito curto de tecido fino da cor bordô e por baixo dava para se ver uma lingerie preta de renda.

– Storm- falou envergonhada - acha que estou bonita?

– Você está linda, Nashi. Está perfeita, maravilhosa...- fui me aproximando dela e segurei em sua cintura- Mas você tem certeza disso pequena?

– Você não me quer assim? - perguntou abaixando a cabeça e eu a ergui a fazendo me olhar.

– É claro que quero Nashi, é tudo que eu mais quero. Mas eu não quero que você faça isso só por minha causa, quero que você mesma queira fazer isso. Você quer?

Ela me olhou por um tempo e então me puxou para um beijo, um beijo quente e delicioso. Um beijo que mostrava todo o nosso desejo um pelo outro.

– Isso responde a sua pergunta? - me perguntou com um sorrisinho malicioso e lindo.

– Sim, responde- e a puxei para outro beijo.

Nos beijávamos como nunca antes , eu apertava sua cintura e ela segurava meus cabelos aprofundando o beijo ainda mais. Fui nos aproximando da cama e a deitei na mesma. Aos poucos fui descendo os beijos pelo seu pescoço e comecei a tirar o seu robe a deixando só de lingerie. Ela me puxou de novo para sua boca e eu comecei a acariciar suas coxas as apertando de leve a fazendo soltar leves gemidos. Senti suas mãos subirem por minhas costas e a ajudei a tirar minha camiseta. Logo fui com minhas mãos até o feixe de seu sutiã e o tirei ficando admiro com seus seios, eram lindos.

– Desculpa- minha pequena falou tentando de esconder..

– Por que diz isso Nashi, e por favor não esconda de mim.

– Eu não sou tão bonita assim, e não tenho peitos muito grandes...- eu tive que soltar um riso com isso, Nashi sempre foi beemm " crescida" para a idade, e seus seios não eram nada pequenos- Não ria.

– Me desculpe princesa, mas você é linda , perfeita para mim em todos os sentidos. E seus seios não são nada pequenos, muito pelo contrário são grandes e lindos minhas pequena..- e a beijei num beijo mais calmo e carinhoso.

Aos poucos fui subindo minhas mãos até chegar em seus seios e os acariciar a fazendo gemer baixinho em minha boca. Desci os beijos e comecei a sugar um de seus seios enquanto brincava com o outro em minha mão, dando leves puxadas nos biquinhos que estavam duros demonstrando seu prazer e a fazendo gemer mais alto. Logo tirei sua calcinha e fiquei no meio de suas pernas, deuses minha pequena é tão perfeita.

– Está molhada princesa? - a perguntei com um sorriso sarcástico.

– É culpa sua- falou corada e sem olhar.

– Então pode deixar que irei cuidar disso, já que a culpa é minha...- e então beijei de leve sua buceta que estava encharcada, comecei a lamber e chupar a fazendo gemer mais alto. Coloquei um dedo em sua entrada e senti o quão apertada ela era, e que seria difícil não a fazer sentir dor. Fiquei ali a chupando até a sentir começar a ter espasmos, logo ela gemeu alto e a senti gozando em meu dedo e em minha boca.

Nashi on

Eu nunca tinha sentido algo assim antes, mas a sensação foi incrível. Storm se ergueu sobre mim e me beijou me fazendo sentir meu gosto em sua boca. Logo tirei sua calça e vi o quanto ele estava excitado.

– Storm- ele me olhou com seus lindos olhos azuis que pareciam brilhar- eu quero te satisfazer também..

Ele me vou surpreso, mas logo entendeu o que eu queria.

– Você que sabe Nashi, não estou pedindo que faça isso, mas se você quiser eu não irei adorar minha pequena.

O beijei e fui descendo minha mão por seu abdômen até chegar na barra da sua cueca e a tirei, ficando finalmente nós dois totalmente nus. O deitei na cama ficando por cima e comecei a descer os beijos por seu abdômen até chegar ao seu pau, era grande e um pouco grosso o que me deixou meio aflita pelo que viria depois. O peguei em minhas mãos e comecei a fazer movimentos para cima e para baixo , aos poucos fui acelerando e eu o escutava suspirando de prazer, parei com os movimentos e dei um beijo na ponta e o senti arrepiar com isso. Logo o coloquei na minha boca, não consegui colocar todo mas ainda assim só por ele ter gemido meu nome senti que ele tinha gostado. Comecei a chupa-lo e passava a língua pela cabeça o provocando arrancando gemidos e palavrões. Quando senti que ele estava perto de gozar ele me tirou dali e nos virou na cama ficando por cima de mim se novo.

– Você quer me enlouquecer Dragneel??- perguntou dando uma mordida no meu ouvido e logo depois no pescoço.

– Talvez Sr. Fullbuster- falei o provocando.

– Eu não aguento mais Nashi, preciso de você- falou e eu senti seu pau passando de leve por cima da minha entrada me fazendo gemer.

– Eu também Storm.. Me faça sua , por favor.

E então o senti entrando aos poucos, doía e muito, mas era até que suportável.

– Quer que eu pare? Se estiver doendo muito eu paro Nashi- falou preocupado.

– Não quero que pare, daqui um pouco passa..- então eu o senti todo dentro de mim me fazendo gemer alto- Storm é muito grande...

– Kkk perdão pequena, logo passa sim?- falou me olhando com um sorriso bobo.

Senti a dor passando e comecei a me mover, Storm percebeu e começou a se mover lentamente o que logo se tornou uma tortura.

– Mais rápido Storm- pedi quase implorando.

–A suas ordens princesa- e começou a ir mais rápido me fazendo gemer casa vez mais alto.

Eu sentia que estava e pelo jeito Storm também, ele estocava forte e rápido me fazendo sentir muito prazer.

– Senta em mim Nashi??- falou com uma voz rouca em meu ouvido e eu assenti.

Ele saiu aos poucos de mim e se deitou na cama , fiquei em cima dele e então sentei em seu pau, nos fazendo gemer. Comecei a subir e descer seu colo, e ele se ergueu para chupar meus seios me fazendo ir mais rápido de tanto prazer.

– Vem Pequena, goza pra mim Nashi- falou com as mãos na minha cintura me ajudando com os movimentos.

Eu não conseguia mais segurar e então gozei, e foi melhor que a outra vez, foi mais intenso e me fez tremer horrores e desabar em seu peito. Ele continuou um pouco com os movimentos até eu sentir seu líquido me invadir. Ficamos assim por um tempo até ele sair de mim e me colocou ao seu lado na cama, eu deitei em seu peito sentindo seu coração bater.

– Você está bem ? Está com dor? - ele me perguntou preocupado.

– Eu estou bem meu amor, muito bem, só com um pouquinho de dor mas é normal..

– Repete

– O que ?- o olhei confusa.

– O jeito que você me chamou- falou com um sorriso bobo no rosto me fazendo ficar igual.

– Meu amor.

– Eu te amo princesa, não sei o que faria sem você- Storm falou me abraçando e dando me dando um beijo leve nos lábios.

– E eu amo você Storm, obrigada por ser tão carinhoso e atencioso comigo.

– Não tem porque agradecer pequena. Vamos dormir?

– Sim , vamos dormir. Boa noite Storm.

– Boa noite minha princesa.


Notas Finais


Gente, como tem as coisas do corona vírus, não estou tendo aula , então tentarei escrever mais capítulos nesses dias em casa. E por favor , se cuidem, não precisamos ficar desesperados por causa disso, mas é bom se cuidar e previnir.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...