História Quando o passado retorna - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Reign, The Vampire Diaries
Personagens Francis II of France, Katherine Pierce, Mary, Queen of Scots
Tags Francis, Mary, Reign
Visualizações 45
Palavras 371
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Visita inesperada


Fanfic / Fanfiction Quando o passado retorna - Capítulo 2 - Visita inesperada

Depois daquele dia a minha paz se foi. Não era possível que aquilo fosse real ou se quer não fosse estranho.

Voltamos para casa e eu busquei respostas feito louca, mas não consegui nada de concreto.

Só descobri o que os livros tinham a me dizer. E aquilo só me agoniava ainda mais e isso estava começando a irritar o Francis.

- Mary, meu amor você vai ficar maluca. Não tem nada demais. Muita gente no mundo é parecida e nós só tivemos a chance de conhecer as nossas replicas – ele sorri com aquele sorriso incrivelmente lindo e fofo.

- Eu sei que você não acredita nisso, mas eu acredito. E enquanto eu não descobrir eu não vou conseguir parar. – eu falo e vou até ele

- Talvez você pudesse começar pela sua família. – ele me diz

- Isso! – eu paro para pensar – Mas não dá.

- Só porque sua mãe e seu pai morreram? Isso não é um obstáculo. Deve existir alguém no mundo que conheceu os seus pais. – ele falou

- Você acha? – pergunto

- É você que acredita nessas coisas, Mary – ele ironiza e sorri

Eu então o beijo.

Começo uma procura grandiosa pelo orfanato que me abrigou desde quando eu nasci lá na Escócia. Que droga, mas uma coincidência.

Mas conversando com eles, descobri que ninguém lá se lembrava da minha mãe ou do meu pai.

Mas que minha mãe morreu quando eu ainda tinha seis meses e meu pai alguns anos antes dela.

Desliguei o telefone e vi que Francis não estava, mas lembro que mais cedo ele me disse que ir mostrar um apartamento a um cliente.

Sai e fui até a cafeteria do bairro e pedi um café.

Quando a xícara chegou, eu já pedi para garçonete trazer a minha conta. Eu estava tomando quando percebo a entrada de uma mulher muito bonita na cafeteria e que pareceu deslumbrar a visão de todos que estavam ali sentados.

Ela olha ao redor e parece procurar alguém. Ela olha para mim e sorri.

Olhei para trás achando que talvez pudesse ser alguém atrás de mim, mas não. Era eu que ela estava procurando.

- Mary Stuart? – ela diz suavemente

Deixo a xícara e respondo:

- Sim?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...