História Quando o Sol não Brilhar mais - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Minha primeira Fic nesse site, já escrevi histórias antes porém eram para um rpg e sempre temáticas de algum anime, na maioria das vezes roleplay com alguém, sou uma pessoa que convive constantemente com a solidão e aprendi a apreciar sua companhia se eu ver algum retorno positivo estarei enviando mais capítulos, boa leitura a todos.

Capítulo 1 - Como vim parar aqui ?!


Fanfic / Fanfiction Quando o Sol não Brilhar mais - Capítulo 1 - Como vim parar aqui ?!

Olá meu nome é Cassio, eu  sempre sonhei  em  estar em um mundo  de  fantasia algo incrível e fora da realidade, eu só não  sabia que isso era realmente possível. 


"Cassio é um jovem de 13 anos comum  sem nenhum talento especial, alguém na média até mesmo na escolha não passava de um aluno preguiçoso  que deixava de fazer suas tarefas e quase sempre era pego pelo professor enquanto  desenhava distraidamente em seu caderno"

- um pouco mais de cabelo  aqui, e a jaqueta eu pinto de vermelho e---

-  Cassio! você quer mostrar pro seus colegas de classe o que está desenhando ? 

Exclamou o professor já sem paciência com o aluno que tinha bem mais desenhos em seu caderno escolar do  que matéria

- N-Não professor me desculpa!...
- você desenha bem Cassio mas lembre-se o professor de  artes é o professor Élho não eu, eu  leciono matemática, e se quiser  passar na minha matéria sugiro que começa a fazer as atividades em sala ! todos dispensados até segunda feira turma !

após a bronca que deixou  Cassio  com a cara  no  chão o professor Rubens libera a classe, cassio é o primeiro  a sair e como não  tinha nenhum  amigo foi direto pra casa pelo  caminho solitário que sempre ia uma rua sem muito movimento pelo caminho o  garoto resmungava sobre o incomodo que havia  passado em sala.

- "se quiser  passar na minha matéria sugiro que começa a fazer as atividades em sala"   toma no no c* quem aquele boiola acha que é a porra da sala tem 30  aluno e ele escolhe justo eu pra se crescer em cima filho da p*ta é por isso que eu odeio  essa escola do  caralho, se eu pudesse nem vinha pra essa poha   e também eu  acho que nem vo-


- sai  do meio  da rua  muleque !!

 

Disse um motorista que vinha em alta velocidade, cassio entre suas reclamações nem mesmo tinha  percebido que havia saído do caminho solitário que fazia todos os dias pra casa e  já estava em uma avenida muito movimentada

- Caralhoo!! fudeu !!

 

Isso foi  tudo que Cássio pode dizer antes de se jogar na calçada para não  ser atropelado, porém o garoto acertou  em cheio o concreto com  a cabeça o que abriu um sangramento e o mesmo desmaiou instantaneamente .

 

DEPOIS DISSO MUITO TEMPO PASSOU NÃO SE SABE QUANTO TEMPO MAIS SE SABE QUE FOI  TEMPO O BASTANTE PARA CASSIO SE SURPREENDER COM O QUE VERIA AO RECOBRAR A CONSCIÊNCIA

 

aahh..aii carai...aih minha cabeça poh...hm?  o que? que lugar é  esse ?

 

Cassio  havia despertado no que  parecia ser uma cama de  hospital porém o ambiente ao  seu  redor estava sujo e todo empoeirado  o garoto  ainda  usava as mesma roupas mas aparentavam estar mais apertada sujas e até mesmo mofadas mesmo estando em seu corpo

 

- OOOHH EEII ALGUÉM AÍ ? EU  ACORDEI  DAI Ó ! HUM... que isso? pq minha voz ta assim ? poh devo ta rouco voz móh grossona  kkkk, porra se ninguém vem me ver eu vou  vê  o que ta acontecendo

E após dizer tais palavras Cassio se levantou  da cama  poIs os pés  no  chão sujo  e empoeirado do quarto  de hospital  e começou  a caminhar em direção  a porta o mesmo  quase caiu algumas vezes como  se  seu corpo estivesse esquecido como é andar
 

- porra aquela batida foi de foder mesmo  tô  mancando  até agora nessa  porra
 

Enquanto  caminhava  pelos corredores do hospital o mesmo ia ficando  extremamente  incomodado por não  ver nem ouvir  ninguém apenas salas vazias e empoeiradas  algumas sem iluminação  outras com  as portas arrancadas

 

-  Que  desgraça é  essa me trouxeram é pra um hospital  abandonado é ? 

ai não porra ai  é de foder...

O jovem andou por  mais uns minutos resmungando  asneiras  consigo mesmo como meio de se manter tranquilizado em meio o medo que estava começando  a sentir, assim que avistou o  que parecia ser um raio de luz da tarde o mesmo  apressou o passou em direção a luz mas não correu, isso pois Cassio imaginava que se corre-se iria demonstrar medo e ele sabia que existem certas coisas que farejam nosso medo

 

- serio véi  tomar no c* quando eu descobrir que foi o  arrombado que fez essa  brincadeira  ele vai ta fudido comigo

 

Quando  Cassio conseguiu  chegar aonde vinha a luz ele pode sair em uma varanda aonde teve uma vista surreal do que  parecia ser outro mundo completamente diferente do que ele conheceu  em toda sua vida. uma terra desolada cheia de  estruturas envoltas em ferro ferrugem e poeira em e um céu dourado  iluminado pela figura do sol se pondo  o mesmo engoliu seco e então perguntou para si mesmo :

Como vim parar aqui ?!

~~~~FIM DO CAPÍTULO 01~~~~
 

 


Notas Finais


Talvez para quem esta lendo tenha ficado muito pequeno mas para quem escreveu no caso eu custou umas 3 horas, então seja compreensivo, talvez eu faça mais no futuro tudo vai depender de vocês os leitores, digam se querem mais, pode dar sugestões sobre o que eu posso acrescentar no segundo capitulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...