História Quando roxo e azul se encontram - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Saiki Kusuo no Psi-nan
Personagens Aiura Mikoto, Hairo Kineshi, Kaidou Shun, Kuboyasu Aren, Nendou Riki, Rifuta Imu, Saiki Kusuo, Teruhashi Kokomi, Toritsuka Reita, Yumehara Chiyo
Tags Aren, Kaido, Merda, Nendo, Saiki, Saiteru, Teruahshi, Yumehara
Visualizações 32
Palavras 1.295
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Literatura Feminina, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hey minna
Tudo bem?
Espero que sim
Vamos ao capítulo

Capítulo 2 - Capítulo 2


Fanfic / Fanfiction Quando roxo e azul se encontram - Capítulo 2 - Capítulo 2

Saiki P.O.V

 

 

 

Kurumi - Oh, Kokomi - chan, Ku - chan, que bom que chegaram, o almoço está quase pronto. Depois de comer, vamos fazer a sobremessas juntas, Kokomi - chan

 

Kokomi -*Eu posso passar mais tempo com o Saiki assim*

 

Saiki -*Eu só queria ficar em paz*

 

Kurumi - Por que vocês dois não sobem e fazem a lição juntos por enquanto

 

Kokomi - Pode ser sim *Sim, Sim, Sim*

 

Saiki -*Não, não, não*

 

Kokomi - O que faremos de sobremessa? Pode ser Gelatina de café?

 

Kurumi - Sim, o preferido do Ku - chan. Podem ir lá fazer a lição

 

Kokomi - Saiki, você copiou a fórmula de matemática da lousa? - *Droga não deu tempo para mim copiar, agora o Saiki vai pensar que eu sou lerda*

 

Saiki entrega o caderno com as fórmulas

 

Kokomi - Saiki - kun, me desculpe ser intrometida, mas no que seu pai trabalha?

 

Saiki -°ele trabalha numa empresa de animes°

 

Kokomi - Sim? Nossa em qual?

 

Saiki -°Em uma empresa de animes°

 

Kokomi - Nossa que legal -*Será que ele ganha mangás em promoção? E antes de enviarem?* - Saiki, obrigada - entregando o caderno - Saiki e seu irmão ele não mora com vocês não é?

 

Saiki -°No momento ele está na faculdade na Inglaterra°

 

Kokomi - Ele deve ser bem inteligente para estar lá -*e irritante*

 

Saiki -*não é sempre que concordamos*

 

Kurumi - Podem descer para comer

 

 

~~~~~~~~~depois de comer~~~~~~~~~~

 

 

Kurumi - Em pensar que sei irmão é um astro de TV

 

Kokomi - Sim, sim - *Ta mais para um idiota completo*

 

Saiki -*Concordo plenamente*

 

Kokomi - Estava uma delícia, obrigada senhora Saiki

 

Kurumi - Obrigada Kokomi - chan. Vamos ir fazer os doces

 

Estava tudo certo eles iriam fazer os doces, mas na mesmo hora um terremoto, que eu não previa apareceu, e o armário iria cair em cima da Teruahshi. Eu me teleportei na mesma hora, empurre ela para o chão e o armário caiu em cima de mim.

 

Kokomi - Saiki? Como.... como você chegou aqui? Co.... como? Você ta bem?

 

Saiki -*Yare, Yare agora cagou

 

 

 

Kokomi P.O.V

 

 

Certo um armário caiu na minha direção, Saiki me salvou... como ele apareceu tão rápido? Como ele não está machucado? Como isso ta acontecendo?

 

Por que tudo está escurecendo?

 

Saiki -*Yare, Yare ela desmaiou*

 

Kokomi - Saiki.... Como... - Eu me levantei em um pulo, e percebi que não estava no meu quarto, mas em um familiar, Saiki....

 

Saiki - °que bom que você acordou Teruahshi - sama°

 

Kokomi - Acordei?

 

Notei que estava deitada na cama dele, e lá fora estava mais escuro, do que estava antes. Então me lembrei do o ocorrido de mais cedo

 

Kokomi - Como você...?

 

Saiki - °Eu irei te explicar tudo° - Ele se sentou na kinha frente na própria cama - Teruahshi - sama, eu sou... Eu sou paranormal

 

Kokomi - Paranormal?

 

Saiki - °Sim, eu posso Ler mentes, entortar as coisas sem tocar, Flutuar e monte de outras...°

 

Kokomi - Pera, você pode ler mentes? - *Não, não, não, se isso é verdade ele sabe, la sabe dos meus sentimentos por ele, isso não pode ser verdade*

 

Saiki -°Sim eu sei dos seus sentimentos por mim, Teruahshi - san°

 

Kokomi - Como você?

 

Saiki - °Yare, Yare está falando muito como você em um dia só. Eu leio mentes esqueceu°?

 

Kokomi - Certo eu entendi....

 

Ficamos em silêncio por alguns minutos, eu estava tentando absorver aquela informação. Enquanto Saiki, parecia esperar pacientemente minha reação.

 

Kokomi - Você sabe então.

 

Saiki - Teruahshi - san, u gostaria de lhe falar que isso, não foi escolha minha... Eu nasci como isso, eu que ler seus pensamentos é invasão, e eu não gosto de fazer isso, mas eu nasci com isso

 

Kokomi - Você nasceu assim? Com poderes

 

Saiki - Sim, nasci com eles

 

Kokomi - você poderia me dizer quais são esses seus poderes?

 

Saiki - °Vamos ver, eu tenho telepatia, Psicometria, super força...°

 

Vários de vários outros depois

 

Kokomi - São bastantes - *Uau quantos poderes*

 

Saiki - °Sim, Teruahshi - san, você não deve contar a ninguém sobre meus poderes. Estamos entendidos°

 

Kokomi - Por que não quer que ninguém saiba? - *Você séria popular com eles*

 

Saiki - °eu não quero ser popular°

 

Kokomi - não posso falar para ninguém?

 

Saiki - °Não, se você contar vai pagar caro° - Ele me lançou um olhar que me fez gelar

 

Kokomi - Quem mais sabe sobre isso

 

Saiki - Meus pais, meus avós e Toritsuka e Mitoko

 

Kokomi - e eu agora -* Por que ela sabe? Por que ela tem o direito de saber antes que eu? Por que sendo que eu sou a menina mais bela de todas*

 

Saiki - °Yare, Yare, esqueceu que posso Ler sua mente?°

 

Kokomi - Ahh eu isso é....

 

Saiki -°Eu sinto muito ler sua mente até então...°

 

Kokomi - Não tem problema, você não controla isso mesmo. Acho que vou para casa, até Saiki - Kun

 

Saiki - °Até Teruahshi - san°

 

 

 

Saiki P.O.V

 

 

 

 

Não consigo imaginar nada no mundo poderia ser pior do que Teruahshi Kokomi descobrir sobre meus poderes... Espera, ser perseguido pelo Nendo pelo resto da minha vida isso pode ser pior.

 

Enfim, hoje é um novo dia, e eu estou preocupado, e ela revela meus poderes...

 

É bom ela não fazer isso

 

Kaido - Saiki, eu derrote mais um frota dos meus inimigos

 

Saiki -*Logo cedo e você já vem com isso*

 

Nendo - Vamos comer lamem

 

Saiki -*Nem tem loja de lamem aberta a essa hora*

 

Mera - Bom dia, o que trouxeram para comer?

 

Saiki -*Desde quando vem por esse caminho?*

 

Chiyo - Quem será que a Mitsi gosta?

 

Saiki - *Quem pensa isso em voz alta?*

 

Aren - Vamos ir em um beco mais tarde?*

 

Saiki -*Por que todos vocês estão vindo por aqui?*

 

Kokomi - Bom dia

 

Saiki -*A única que fala uma coisa normal, é a responsável por meus problemas*

 

Kokomi -*Saiki Bom dia*

 

Saiki -*Yare, Yare, agora vai me mandar mensagens telepaticas?

 

Kokomi - Chiyo como foi ontem com o Kaido?

 

Chiyo - Ahh então aconteceu...

 

Saiki - *Acho que vou passar na co deitaria indo para casa*

 

Kaido - Saiki, eu acho que teremos que ir na Noruega, temos que derrotar um cara lá

 

Saiki -*Vai se tratar*

 

Kaido - O que ele está fazendo? Simplesmente está criando experimentos com ratos. Agora ele são ratos mortíferos comedores de cérebro

 

Saiki -*E como fica as outras partes do corpo?*

 

Nendo - Ontem o lamem estava muito bom

 

Kaido - Ta né

 

Saiki -°E como foi sair com a Yumeraha - san?°

 

Kaido - Foi... Só... nós foi..... amigos ...

 

Nendo - kkkkk l, o baixinho ta vermelho kkkk

 

Kaido - CALA A BOCA

 

Saiki - Idiotas

 

Eu estava bem até ouvir um pensamento

 

Kokomi - Chiyo - san descobri uma coisa sobre o Saiki

 

Saiki -*O que está fazendo Teruahshi - san?*

 

Chiyo - Sim, o que foi?

 

Saiki - *Mas você não vai fazer isso*

 

No mesmo momento eu pus meus poderes em prática, fiz um copo de água cari no chão, e o Kaido passar por perto, traindo a atenção da Yumeraha

 

Saiki -°O que pensa que está fazendo?° - Enviei a Teruahshi só

 

Kokomi - *Queria ter certeza que tudo o que aconteceu era verdade mesmo*

 

Saiki - °então saiba que é°

 

Kokomi - *Eu entendi, não vou contar a ninguém, confie em mim Saiki - kun*

 

Saiki - *Yare, Yare eu estou ferrado*

 

Kokomi -*Saiki - kun, espero que não se importe de falar comigo durante a aula. Eu preciso de ajudar em matemática*

 

Saiki - *Yare, Yare estou muito ferrado*


Notas Finais


Espero que tenham gostado
Desculpe qualquer erro
Até o próximo capítulo
Até lá
Xau com cereal e mingal


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...