1. Spirit Fanfics >
  2. Quando Tudo Começou >
  3. Coreia do Sul?

História Quando Tudo Começou - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Minha primeira fic, espero que gostem >.<

Capítulo 1 - Coreia do Sul?


Fanfic / Fanfiction Quando Tudo Começou - Capítulo 1 - Coreia do Sul?

O despertador tocou às 5:30 da manhã, como todos os dias, abri os olhos e ainda não estava claro, fui até a janela e vi que estava chovendo, e não pararia tão cedo. Sem ânimo, caminho até o banheiro, tomo um bom banho, escovo os dentes, e faço um coque no cabelo. Visto meu uniforme e vou descendo as escadas encontrando minha mãe com o mesmo desânimo que o meu! Mas também, quem acorda ás 5:00 da manhã soltando fogos de artifício? Acho que ninguém. Peguei meu material e fui a caminho da escola, encontrando meus "amigos" se é que posso chama-los assim. Eles me largam na primeira chance que tiverem. Mas enfim, cheguei perto deles e Chaerin falou comigo: 

Chae - Soube da prova que terá hoje S/N?

S/N - Sim Chae, eu também fiquei sabendo que quem passar ganhará uma bolsa integral em algum país – falei com desânimo

Dara - Espero que eu consiga, vocês sabem que meu sonho é ir embora desse lugar 

Minzy - Acho que vai cair português, matemática e inglês. Se eu estar certa eu sei que você não vai passar, são as matérias que você odeia

Bom - Na minha opinião, a única de nós com capacidades de passar, é a S/N! - Bommie sendo Bommie, ela sempre foi gentil comigo. A única que vale a pena manter a amizade. 

S/N - Obrigada Bommie, mas você sabe que mesmo se eu passar não vou poder ir, minha mãe nunca deixaria eu ir sozinha para outro país, além do mais, eu só tenho 17 anos, ela morreria de preocupação comigo.

 

Depois disso, cada uma foi para suas respectivas salas, fiz a prova, que na minha opinião estava muito fácil, mas estava desanimada, eu queria ganhar essa bolsa, mas duvido muito que minha mãe concordaria com isso! Fui para casa cabisbaixa e encontrei minha mãe dormindo no sofá, cobri ela pois estava muito frio. Ela trabalha à noite, então dorme durante o dia. Aproveitei para ligar para o meu pai:

S/N - Cadê você pai? É a sua vez de fazer o jantar hoje, não esqueceu né? 

Pai - Claro que não esqueci, mas não vou chegar a tempo, pode ir adiantando umas coisas para mim né, pequena?

S/N – Você fica me devendo essa, beijo.

Pai – Obrigado, querida. Beijos.

 

Fui para cozinha adiantar o jantar, fiz arroz, macarrão e feijão, deixei o prato principal para ele. Até porque hoje é o dia dele fazer o jantar. Fui ao meu quarto tomar banho e tirar o uniforme. Deitei na cama por um instante para mexer no celular e acabei caindo no sono. Acordei eram 3:47 da madrugada, meu pai ainda não estava em casa, e minha mãe havia saído para o trabalho, provavelmente sem jantar. Achei estranho meu pai ainda não ter chegado e minha mãe não ter me acordado antes de sair. Mas acabei voltando a dormir. O despertador tocou no mesmo horário, desci as escadas e não encontrei ninguém, eles ainda não haviam chegado! Resolvi ligar para minha mãe:

S/N - Mãe? Onde você tá? O pai tá com você?

Mãe - Filha, estou no hospital, seu pai sofreu um acidente de carro nessa madrugada, desculpe não ter te avisado, eu não tive muito tempo. – disse chorando

 

Não acreditei quando ouvi ela me dizer que meu pai estava no hospital enquanto eu estava dormindo tranquilamente.

S/N - Mamãe, onde vocês estão? Me diga que estou indo pra aí agora!

Mãe - Estamos no hospital do Centro.

 

Desliguei o celular e fui correndo ver o meu pai, cheguei no hospital e encontrei meu pai dormindo, minha mãe me chamou para conversar no corredor:

 

Mãe - O médico disse que não foi muito grave e hoje e em uma semana ele voltará para casa.

S/N - Ainda bem, eu não sei o que seria de mim sem ele. – disse aliviada com a notícia.

Mãe - Pedi uns dias de folga no trabalho para cuidar do seu pai, eles disseram que não tinha problema. 

S/N - Eu também não vou pra escola, vou ficar cuidando dele!  - Eu disse autoritária. 

Mãe - Não mesmo! Você vai para escola mocinha.

Fiz um bico enorme, mas aceitei.

~uma semana depois~

Meu pai recebeu alta e já estava em casa, consegui convencer a minha mãe a ficar em casa durante a semana que meu estava se recuperando.

Hoje eu decidi sair com Bommie para me divertir um pouco.

Chegando em casa encontrei o diretor da minha escola, e logo achei estranho, ele precisava ter vindo aqui simplesmente por eu ter faltado apenas uma semaninha de aula?

 

Diretor – S/N, sua mãe se encontra?

S/N - Sim diretor, só um momento. Fui até a cozinha e chamei minha mãe:

S/N - Ele deve ter vindo aqui pra falar que eu ando faltando as aulas. Explica tudo pra ele e manda ele ir embora logo! – falei

 

Minha mãe apenas riu e foi ao encontro do diretor. Logo o vi indo embora, e ela veio até mim.

Mãe - Filha, temos que conversar. Você passou em um teste da escola, e  ganhou uma bolsa integral na Coreia do Sul. -  Disse animada.

S/N – Ta, e daí? – eu disse sem ânimo algum - Eu sei que não poderei ir mesmo.

Mãe - Pois você está enganada. Muito pelo contrário. Eu quero que você vá. Você merece meu amor! Você sempre pensou em mim e no seu pai, agora é a nossa vez de pensar em você! 

S/N - Mas mãe, quem vai cuidar do pai?

Mãe - Eu vou cuidar. Pode ir tranquila filha.

S/N - Sério mãe? Obrigada, obrigada, obrigada! - Falei abraçando minha mãe. 

Mãe - Agora vá arrumar as malas que você viaja amanhã á tarde.

S/N - Mas já? - Disse surpresa.

Mãe - Sim! Agora vá.

 

Subi para meu quarto animadíssima. Arrumei minha mala e depois mandei mensagem para a Bommie avisando que tinha conseguido e que estaria indo amanhã, ela ficou super feliz por mim e me desejou sorte. Nem consegui dormir direito, fiquei imaginando como seria essa nova etapa da minha vida.


Notas Finais


~~não esqueçam de comentar~~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...