História Quando você tenta se despedir - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Americadontcry, Despedida, Drama, One-shot, Texto
Visualizações 11
Palavras 410
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Lírica

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Capítulo Único


 

 

 

 

 

Vendo a beleza das pessoas ao meu redor, percebi que estava triste em partir. Sempre foram pessoas incríveis, todos eles. As duas irmãs, a garota da gripe, as pequenininhas, a japonesa, as minhas pretinhas, a modelo, as de cabelo curto, a mais forte e os meninos. A princesa. E o rei.

Sempre foram coadjuvantes na minha história. Eu sempre fui coadjuvante na história deles. Somos todos protagonistas de nossas vidas, os escritores e os atores e os produtores. Nem todos estudamos para isso, como nossa diretora artística, e nem todos fazemos isso da melhor maneira, como a garota que tem a mecha cinza nos cabelos compridos, mas todos tentamos do melhor jeito possível.

Me doeu ter que dizer adeus. Tentei fazer da melhor maneira possível. Abracei cada um, desejei boa sorte. Aproveitei cada instante de cada contato, presa ao presente e me lembrando de cada um com muito carinho, com o maior cuidado possível. Tentei ao máximo, e aqueles foram meus abraços de despedida.

Mas aí, quando terminei, me afastei e olhei para cada um deles, percebi que não era suficiente.

Nunca será. Amamos tanto as pessoas, que nunca vamos conseguir nos despedir. Eu não consegui, não da forma que queria. E agora, no final desse último campeonato, última viagem e últimos momentos, sinto que não será. Estou sozinha aqui, e sei que vou sentir falta deles. Falta de ouvir as vozes deles, falta de estar perto deles. E vou sentir falta dessas viagens, da zona no fim do dia e de cantar no ônibus e no banheiro. É difícil, mas eu sei que fiz o máximo que podia daqueles momentos.

Eu tentei. Acho que consegui.

Agora vou aproveitar a presença deles, sabendo que não terei outra chance. Eu fiz o que pude. Eu fiquei enquanto era possível. Agora é hora de tentar guardá-los no meu coração, assim como todos os outros que acreditei que não poderia viver sem, mas hoje são só memória. Está tudo bem, o mundo é assim mesmo. O que eu não posso manter como amigo, mantenho como história. Eu dou todas as minhas palavras a todos que tocaram meu coração. Nem sempre é pra sempre, mas quero me lembrar de tudo. Eu agradeço a todos.

Eu me despedi pela última vez. Eu vou sentir falta de vocês. Espero que sintam a minha. E vocês sempre serão uma parte da minha história.

Adeus, cidades. Adeus, palcos. Adeus, Elite.

Espero que possamos nos encontrar do outro lado.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...