História Quase H2O - Capítulo 136


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), H2O, Meninas Sereias, Mako Mermaids
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys(bts), Sereias
Visualizações 19
Palavras 4.041
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Magia, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem-me à demora, mas estava eu muito ocupada com os votos de meu BTS lindos, maravilhosos.
AGORA PODEM COMEÇAR A LER

Capítulo 136 - Os Três Reinos e à Procura De Uma Pessoa


Fanfic / Fanfiction Quase H2O - Capítulo 136 - Os Três Reinos e à Procura De Uma Pessoa

Livro - Isso é um problema

Hoseok - Sim, É LOGICO QUE ISSO É UM PROBLEMA

Tae - Hoseok calma, livro, pode nos ajudar

Livro - Agora não mais

Namjoon - Por que... se você não está vendo estamos voando e agora mais do que nunca precisamos de ajuda

Livro - As meninas foram levadas

Tae - AI MEU DEUS ELAS MORRERAM!!!

Livro - Não, clara, lia e arya foram levadas para outro plano, outro mundo

Hoseok - O QUÊ! Não, você tá de brincadeira

Livro - Não, eu vejo e vi elas entrando num portal no Búnquer

Tae - Fudeu de vez

Namjoon - Podemos fazer alguma coisa

Livro - Não, mas tente acordar a kety

Tae - Como?

Livro - Leva ela pra água

Lia on

Abri meus olhos me levantando rápido do chão, olhei ao redor vendo árvores de noite

Lia - As meninas!

Olhei pro chão e lá estavam elas

Lia - O gente acorda

Clara - Só mais um minuto

Falou meio sonolenta

Lia - Mais um minuto! Estamos no meio de uma floresta e você quer mais um minuto

Clara - PERA, COMO!

Ela olhou pras árvores

Clara - Onde a gente tá

Lia - Está perguntando pra pessoa que menos sabê, arya acorda

Clara - Acha que pode ter pessoas aqui

Lia - Não duvido nada

Arya - O que aconteceu

Lia - Viemos parar em algum lugar

Arya - Onde?

Lia - No meio da floresta

Clara - Vamos pra lá

Apontou no meio da floresta

Lia - Clara

Clara - Lia

Arya - Meninas... acho que estamos muito ferradas

Lia - Por que...

Tinha um cara com um arco e flecha na mão apontados pra gente

.......... - (Rapazes, temos visita)

Lia - O que eles estão falando

Arya - Uma linguá só deles

Clara - E você intendi

Arya - Não

Outros homens vieram

......... - (Olha o que temos aqui)

Lia - Tamo fudida

Clara - Por que eu não aprendi todas as linguás do mundo

Arya - Por que você só tem só uma

Dai apareceu uma mulher de cabelos lisos e pretos de olhos puxados, venho andando na nossa direção

Lia - Não machuca a gente

......... - Por que machucaria

Arya - Você pode falar nossa linguá

......... - Se está entendendo, agora falem, o que estão fazendo no nosso território

Clara - Caímos aqui por acidente

......... - Alguém deixou vocês aqui

Clara - Não

Lia - Sim

.......... - Espera, sim ou não

Lia - Sim... é que ela estão muito confusa, bateram na cabeça dela

.......... - E quem fez isso

Nos olhamos

Arya - Uns... ahh

Lia - Uns homens... que... que estavam usando... é

Clara - Umas roupas vermelhas com preto

Arya - Eles eram enormes, do dobro do nosso tamanho

........... - Sabia... eles de novo

Clara - Pera! Como assim?

Bati nela

Clara - Ai

........... - Eles são farsantes de roubaram o trono da minha família

Arya - Você é uma princesa, alguma coisa assim

.......... - Se curvem à Princesa Hiara

Lia - Vim parar no mundo da disney e não sabia

........... - Andem

Hiara - Não precisa domingos, mas a questão é, quem são vocês e que roupas são essas, uma nova moda foi feita e eu não sei

Arya - Se contássemos não acreditaria

Lia - Mas... se contarmos vocês vão nos deixar ir

Hiara - Não! Eles podem voltar atrás de vocês, melhor virem com a gente para um lugar seguro

Clara - Tá legal

Seguimos eles numa trilha no meio da floresta, até uma cachoeira

Arya - Pra onde estão nos levando

Hiara - Atrás dessa cachoeira fica nossa casa, o lugar seguro que falei pra vocês

Lia - Vamos passar de baixo da água

Hiara - Não, vamos abrir a porta primeiro

Ela começou a falar umas coisas que eu não intendi e a água se abriu mostrando um caminho cheio de pedras e água

Hiara - Vamos

Clara - Podem ir primeiro

Hiara - Por que, tem medo de água

Lia - Não... só de pedras

Hiara - Andem meninas

Eles foram indo e nos atrás

Arya - A gente vai ou fica

Clara - Temos que ir, nos não sabemos o que tem na floresta

Lia - Nem ali dentro

Hiara - Meninas

Clara - Bora

Seguimos andando naquelas pedras nos equilibrando até o outro lado

Lia - Alguma se molhou

Clara - Ela quase caiu

Arya - Desculpa

Hiara - Por que estão cochichando, também quero saber

Lia - Estávamos falando que aqui é lindo... onde estamos

Hiara - Orla

Nós três - Onde!

Hiara - Orla, aqui é uma nova casa para aqueles que perderam suas casas foram expulsos ou quase mortos por eles

Clara - Esta falando da guerra do seu reino que as 'fadas' fizeram

Ela parou e virou pra gente

Hiara - Como sabê disso, ninguém mais sabê disso a não ser eu meus cavaleiros

Lia - Espera, eles não sabem da guerra

Hiara - Eles só não sabem que foram elas que começaram mas e vocês, o que são

Eles apontaram as flechas pra gente

Arya - Eu acho que não era a melhor hora pra você falar das fadas, clara

Clara - Agora eu sei

Hiara - Andem falem

Lia - Ahh, podemos ir ali um pouco

Hiara - Não

Domingos - Falem agora ou então...

Arya - Acho que essa é uma boa hora pra correr

Hiara - Nem pensem

Ela apontou a mão na nossa direção

Hiara - Falem

Lia - Não

Domingos - Vocês pediram

Eles lançaram as flechas em nos mas abrimos nossas mãos e desviamos elas

Hiara - O que vocês são

Arya - Sereias

Domingos - Sabia que era umas deles

Hiara - Matem-nas

Jogamos eles pra longe e corremos, tentamos voltar mas a entrada já tinham se fechado então fomos para o outro lado, tinha muitos deles atrás de nós até eu criar uma parede de gelo só para atrasar um pouco

Clara - Agora sim, eles vão nos matar

......... - Vamos mesmo

Um homem em cima de um cavalo apontando uma arma para nós

Arya - É sério

Ela cantou e ele ficou parado

Clara - Tem que me ensinar isso

Arya - Depois, agora corre

Fomos parar na mata outra vez e de lá entramos para um penhasco

Lia - Agora que fudeu mesmo

Olhei pra baixo e vi o mar

Lia - Fudeu não

Hiara - Acabou, não tem para onde ir

Clara - Errou 

Pulamos do penhasco para o mar, nadamos mais rápido para sair daquele lugar e paramos perto de um navio, subimos para superfície

Lia - Agora viemos parar no piratas do caribe

Arya - Espera, estão ouvindo isso

Clara - Não

Arya - Grito de socorro, está vindo do navio

Lia - Não podemos subir no navio

Clara - Mas podemos virar ele

Mergulhamos outra vez e começamos a fazer ondas e a virar o barco, o mesmo já estava dando várias viradas pra baixo que alguma coisa caiu na água, parei e fui até lá, era uma criança com uma cauda branca, estava desmaiada, então eu a peguei e fui levando ela até umas pedras

Lia - Hein! Menina

Balancei ela

Clara - Acha mesmo que é seguro aqui

Lia - Não sei, mas por que eles nos atacaram quando falamos que eramos sereias

Arya - Talvez sereias aqui sejam como...

Clara - Aquelas sereias que estavam na casa, elas são daqui nê, por que a cauda é igual à delas

Arya - Resolvido, vamos embora

Lia - Não podemos deixar ela aqui

........... - Achamos vocês, tem mais sereias nesse local do que imaginava

Clara - Vão embora, não perderam nada aqui

........... - Perdemos sim, vocês

Lia - Vão se perder no mar, não nada aqui pra vocês

........... - Conheço esses mares como a palma da minha mão

Clara - Tá, mais você não nos conhece

Nos três abrimos nossas mãos para levantar as velas arrumar as cordas e fazer vento para levar eles para longe

Menina - O que... Quem são vocês

Ela mostrou os dentes aviados e as unhas pontudas

Arya - Não estamos aqui pra machucar você, nós te tiramos do navio

Ai ela ficou calma

Menina - Por causa de vocês o navio estava balançando muito

Lia - De nada, viu

Menina - Desculpe, eu sou meio nervosa, vocês também são sereias

Clara - Cauda

Menina - Suas caudas são diferentes da nossa

Lia - Pera, as cauda de todas são branca

Menina - Não, mas são do mesmo formado que a minha, de onde vieram

Arya - Se te dizemos também vai querer nos matar

Menina - Por que varia isso

Lia - Por que, nos fomos numa aldeia e eles iam nos matar só por que falamos que éramos sereias

Menina - Há, é que nós...

Sereia - Luci o que está fazendo aqui

Luci - Mãe, é que... elas

Sereia - Quem são vocês, não são daqui

Clara - Bom... somos de muito longe

Sereia - De qual reino, por que nunca vi sereias com caudas assim

Arya - Bom, tem muitas de onde viemos

Sereia - Querida venha aqui

Ela foi imediatamente para ela

Sereia - Falem agora

Lia - Outro mundo... ou outro planeta que nem todos não sabem que existem sereias

Sereia - Não... você não podem ter vindo de lá

Arya - Por acaso você sabê de onde viemos

Sereia - Fiquem longe

Apareceram umas outras sereias com tridentes apontados pra nós

Lia - Por que todos nessa caralha querem nos matar

Clara - Não queremos machucar ninguém

Sereia 2 - Não acreditamos em vocês

Arya - Mas é, acreditem

Sereia - Se é assim, então como vieram e por que estão aqui

Clara - Umas amigas nossas estão... meio que doentes, elas de alguma forma pegaram uma 'maldição' de um búnquer antigo e elas podem falecer

Lia - Esqueceu que também elas estão fazendo uma bagunça enorme lá

Clara - Nos não queríamos vir pra cá mas achar uma cura pra elas

Sereia - Abaixem os tridentes

Todas abaixaram o tridente

Sereia 2 - Minha rainha...

Lia - Nós viemos mesmo no mundo da Disney

Sereia 2 - Vai acreditar nelas

Sereia - Sei quando estão mentindo, elas não estão, vamos ajudar, venham

Elas mergulharam e nós também

(Sereia - Podemos começar falando nossos nomes, o meu é Aqua)

(Lia - Espera como estamos ouvindo você)

(Aqua - Aqui as sereias podem telepaticamente se comunicar em baixo da água)

(Clara - Legal)

(Aqua - E vocês)

(Lia - Sou lia, ela é clara e arya)

(Aqua - Vocês podem me falar que tipo de maldição é essa)

(Arya - Uns símbolos se prenderam nelas)

(Aqua - Como são)

(Clara mostrou através do anel os símbolos)

(Aqua - Isso é complicado)

(Lia - Por que?)

(Aqua - Vocês disseram que elas pegaram isso num búnquer antigo, certo)

(Clara - Sim)

(Aqua - Temos que pedir ajuda então)

Elas passaram em cima de uma pedra enorme e quando fomos passar vimos lá na frente, tinha um enorme castelo com umas construções ao redor

(Lia - Gente, viemos mesmo parar no mundo da Disney)

(Clara - Não viemos não)

Elas foram na frente e eu fui atrás, quando chegando as outras sereias ficaram nos olhando, reparei que não tinha nenhum tritão aqui

(Arya - Pra onde vamos)

(Aqua - Falar com o oráculo)

(Lia - Quando penso que não pode ficar mais legal)

Entramos nesse castelo, nele tinha muitos detalhes lindos, tinham também joias penduradas nas paredes, estava tão distraída que nem vi para onde elas forma

(Luci - Elas foram para baixo, bem ali)

(Lia - Brigada, qual é seu nome mesmo)

(Luci - Luci)

(Lia - Brigada luci)

Entrei numa passagem que dava para baixo, na frente as via, logo alcancei elas e vimos uma pessoinha sentada numa concha

(Arya - Que linda)

(Aqua - Linda... acorde, precisamos de ajuda)

Ela abriu os olhos e olhou diretamente para nós

(Linda - Junto contigo trouce uma guerra)

(Aqua - Como?)

(Linda - Elas... Desculpem, sempre digo coisas enquanto estou meditando)

(Aqua - Mas a aquilo que disse sobre uma guerra, vai vir outra guerra)

(Linda - Muito provável, nossos reinos se separaram durante muito tempo, não estranharia uma outra guerra, o que trazem vocês até aqui)

(Aqua - Linda sabê de alguma cura para isto)

Elas mostrou os símbolos

(Linda - Não vejo um deles à muito tempo)

(Clara - Você sabê se existe reversão)

(Linda - A pessoa que vez isso deve ter um poder imenso)

(Clara - Sim, mas tem cura)

(Linda - Existem muitos...)

(Arya - Quais)

(Linda - Para às bloquear por um tempo, as pessoas que estiverem com elas, podem parar por um tempo indeterminado e consegui resolver)

(Lia - Mas e a cura)

(Linda - Não tem)

(Lia - Não! Tem que ter uma)

(Linda - Existem várias...)

(Clara - É lá vamos nós)

(Arya - E como vamos achar o responsável por aquele búnquer)

(Lia - Já era)

(Aqua - Meninas, se aquele búnquer tem um portal para cá, existe uma conexão entre lá e aqui)

(Clara - Está me dizendo que o responsável pode estar aqui)

(Aqua - Não disse nada)

(Clara - Mas deu a entender que sim)

(Arya - Então vamos logo procurar por ele)

(Clara - Aqua, muito obrigada por isso está bem)

(Aqua - Espera...)

(Lia - É sério, mas agora temos que ir, procurar por essa pessoa)

(Clara - Se precisar de alguma coisa, é só nos chamar, até)

Saímos dali nadando rápido até a praia

Clara - Tá bom, em que lugar deste lugar, poderia a ver uma pessoa que viveu no nosso mundo 

Arya - Se fosse comigo, viveria num lugar bem tranquilo

Lia - Você, mas e a pessoa

Arya - É mesmo

Clara - Vamos por partes

Nos secamos e fomos andando

Clara - A pessoa tem acesso a aqueles símbolos, e isso indica que ela é bem forte

Lia - Sério, nem pensei nisso, em que lugar desses reinos ele ou ela pode estar

Clara - Sabê, na visão que tive das 'fadas' elas ajudaram a quem, conseguir dominar uns três reinos, e em cada reino, uma delas pode ser a das sereias e aquela que vi na visão, e a outra

Lia - A aldeia

Arya - Não, seria bem óbvio

Lia - Então

Clara - Por que não perguntamos pra elas... pelo menos elas nos ajudaram

Lia - Elas podem ser do mal

Arya - De onde tirou essa agora

Lia - Só venho na minha cabeça

Andei na frente delas

Arya - E agora, o que faremos

Clara - Vamos fazer um feitiço

Lia - Vamos precisar do que

Clara - De um colar

Arya - Um colar

Clara - Sim, venham, vamos juntar nossos anéis

Arya - Eu ainda não tenho um

Clara - Então você fica só olhando

Juntei meu anel com o dela e os dois brilharam fazendo que eles virassem um colar

Lia - Ai meu Deus, onde você aprendeu isso

Clara - Usando a imaginação, agora vejamos, pra onde devemos ir

O mesmo se inclinou para o lado esquerdo, fomos indo nessa direção quando ela mudou foi para frente

Clara - Ele deve estar se movendo

Andamos pra frente entrando mais e mais na mata, até alguém pular na clara e pegar o colar

Lia - AAH NÃO

Abri minha mão para parar ele, ela na hora doeu e parei, comecei a correr atrás dele, mas quando vi já tinha sumido

Lia - Não... não... isso não está acontecendo

Arya - Onde ele foi

Lia - Sumiu

Clara - Ele está com nossos anéis, se o cardume souber

Lia - Elas não estão aqui, então nos vamos... atrás dele

Arya - E como vamos saber pra onde ele foi

Lia - As folhas, elas devem estar amassadas por causa dele

Clara - Ou animal

Lia - Sim, mas eu vou saber

Fui encostando nas árvores, folhas e tudo por ali para ver onde ele foi, até que senti e vi

Lia - Ele foi pra esquerda que deu em uma estrada

Abri meus olhos e fui andando

Lia - Aqui

Andamos até acher a estrada

Lia - Pelas marcas ele foi correndo

Arya - Bora atrás dele

Começamos a correr atrás dele, lá ao longe vimos ele e ouvimos um grito bem alto vindo de cima da gente, vimos que era um dragão, esse dragão o pegou

Lia - Agora fudeu, outra ideia

Clara - Vamos pegar uma carona com aquele

Ela estava olhando para um dragão que estava dormindo em uma pedra

Lia - Má ideia, está olhado pra cara dele, tem uma cicatriz enorme

Clara - Então fique ai, bora arya

Arya - Fui

Fiquei olhando elas irem

Lia - Vocês vão mermo, meu Deus, ESPERA

Corri até elas que já estavam em cima daquela pedra

Clara - Agora vamos acordar ele...

Lia - Hein acorda

Clara - Com calma

Dragão - Hã, o que está havendo aqui

Ele se levantou ficando na nossa frente olhando pra nós com cara de bravo

Lia - Foi ela quem deve a ideia, machuca ela

Clara - Sua trairá

Começamos a discutir

Arya - Meninas vocês querem parar

Dragão - CHEGAAAA

Paramos na hora

Dragão - Por que vieram perturbar meu sono

Clara - Bom, nós pensamos que se você podia dar uma canora pra gente

Dragão - O que é carona

Clara - Esqueci que aqui ele vivem na antiguidade

Arya - É que um homem pegou o colar dela e ele está fugindo em outro dragão, então...

Dragão - Esquecem, podem se virar

Ele se deitou outra vez

Clara - Vai, aquele colar era o nosso anel, transformamos ele em um colar para poder achar uma pessoa

Dragão - O que são, tipos de fadas estrambelhadas

Arya - Como é que é

Lia - Calma arya

Clara - Não... somos sereias

Dragão - Mais um motivo para não ajuda-las

Lia - Pera, por que isso, sereias são delinquentes ou o que, pra vocês não gostarem delas

Dragão - Vocês não são mesmo daqui, não é

Clara - Não, não somos, mas o que as sereias fizeram pra ninguém daqui gostarem delas

Dragão - Isso é uma historia bem longa que não estou afim de contar

Arya - Mesmo assim, vai nos ajudar

Dragão - E o que ganho com isso

Clara - Nossa amizade

Dragão - Não estou afim

Clara - Qual é, vai nos ajuda, ele tá fugindo com meu anel

Ela ficou falando batendo nele

Lia - Acho melhor você não fazer isso

Dragão - Menina sábia

Clara - É assim

Ela abriu a mão e ele pulou logo depois

Dragão - Eu também posso li queimar, na verdade pode te fazer meu churrasco... se eu comece humanos

Clara - Então vai nos ajudar, sim ou não

Ele ficou nos encarrando por um tempo até que disse que sim, nós subimos nele e fomos

Clara - Então ele foi por...

Dragão - Não precisa me contar, eu sei, estou vendo

Agora ele foi com mais velocidade pra cima dele mas logo ele bateu em uma coisa invisível

Dragão - Esqueci que não posso passar daqui

Lia - Por que não

Dragão - Aqui é o reino deles, não me falem que não sabem quem são eles

Arya - Somos novas no pedaço, como você mesmo falou

Dragão - Da Família Rofes, o Rei Stefan, Rainha Morgana e a Princesa Marya, tudo isso são deles, dos mares mais prosemos, das costas, o montes, montanhas, até aqui, são deles

Clara - E por que você não pode entrar

Dragão - Já vivi ali, era tudo bom, os verdadeiros reis eram bons dai aconteceu aquilo tudo e bom... todos que são contra eles, são castigados das piores formas e por isso que tem essa parede, para não deixar ninguém sair, ou alguém indesejado entrar, a não ser alguém de poder

Lia - Tem mais algum motivo para que não deixem eles saírem

Dragão - Não sei, muitos discutem sobre isso, que eles encondem mais do que mostram

Ele desceu a gente

Dragão - Sabem se entrarem, se conseguirem, podem nunca mais sair

Arya - Você não conhece a gente

Dragão - Bom sorte no reino

Arya - Brigada

Ele saiu voando

Arya - Como vamos entrar

Lia - Pera

Peguei uma pedra e joguei ela passou 

Lia - Ai

Andei até lá

Clara - Isso não significa que podemos passar

Toquei naquilo e nada aconteceu, minha mão passou de boa

Lia - Estava falando do que

Passei por outro lado

Lia - Não tem nada

As duas passaram com medo, mais passaram, andamos até um lugar de devia ter uma ponte mas não tinha

Clara - Se não tem ponte, isso quer dizer que a porta da entrada tem que se abrir e formar a ponte, estou certa

Lia - Vi muito filmes medievais e sim, está certa

Ela foi andando pra trás e olhando alguma coisa

Clara - É um castelo da porra, queria

Lia - O gente

Peguei nos braços delas e as puxei para atrás de uma árvore

Clara - O que foi mulher

Lia - Tem uma carruagem igual a da Cinderela vindo pra cá

Aquele campo de força se abriu e eles passaram, e o portão começou a abaixar

Arya - A gente tem que ir agora

Ficamos invisíveis e seguimos atrás da carruagem, dentro era diferente de tudo que já via visto, pessoas com roupas antigas, homens com armaduras e casas bem diferentes

Lia - Legal

Clara - Vamos

Ela me puxou, fomos seguindo a carruagem e vimos que todos estavam se curvando à eles mesmo estando dentro da carruagem

Arya - São eles que estão lá

Lia - Deve ser

Seguimos eles até um portão, fomos atravessar mas fomos jogadas para longe, eu não vi nada mas as meninas me pegaram e fomos nos esconder atrás de uma casa

Lia - O que foi isso

Arya - Tem outro campo de força ali, aquele não podemos passar

Lia - Mas eu vou

Clara - Espera, não podemos, tive uma nítida impressão que eles olharam pra gente

Arya - Estávamos invisíveis como...

Clara - Não sei, mas não podemos entrar, vamos achar nossos anéis

Lia - Não podemos andar assim com essas roupas

Arya - Estou vendo uma solução

Ela estava olhando pra cima, me virei e vi uns vestidos numa varanda

Lia - Não

Arya - Sim

Lia - Olha, só por que eu gosto de falar que estamos na disney, não significa que eu goste de usar esses vestidos, eu estava pensando numa armadura igual à deles ou outra coisa, menos isso

Arya - Me ajuda e pegar

Abrimos nossas mãos e as roupas voaram até nós

Arya - Onde vamos nos trocar

Clara - Vamos por aqui

Ela nos puxou pra descer uma escada, paramos em um porto

Clara - Aqui não tem ninguém né

Lia - Mas pode aparecer

Arya - Lia, cala a boca e coloca o vestido

Fiquei invisível, tirei minha roupa e coloquei aquele troço

Arya - Estou bem melhor

Lia - Fale isso por você

Clara - Qual é, va...

Ela ficou invisível

Lia - O que foi

Olhei pra trás e vi o cara que pegou nosso anel, ia até lá mas ela me segurou, ele passou por nós olhando pro colar, dai apareceu uma pessoa do nada na frente dele. O mesmo estendeu a mão e ele deu o colar pra ele, depois essa pessoa que estava de capuz deu um saco pra ele e foi embora, a pessoa de capuz começou a andar

Arya - Seguimos ele

Clara - Vamos, mas com cuidado

Fomos andando atrás dele, fazendo o minimo de barulho possível, até:

Homem com Capuz - O que está fazendo aqui

Fora dessa realidade de outro mundo

Duas semanas depois

Tae - Calma, levada a cabeça dela, só falta ela

Livro - Isso, logo elas podem acordar

Jimin - E se não acordarem

Junior - Reza pra dar certo


Notas Finais


Obrigada por lerem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...