1. Spirit Fanfics >
  2. Quase impossível >
  3. Dia feliz

História Quase impossível - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem e boa leitura. <3

Capítulo 7 - Dia feliz


Fanfic / Fanfiction Quase impossível - Capítulo 7 - Dia feliz

POV Bruno

Me senti muito mal de expulsar a Lis daqui daquela forma, pulando pela janela como se fosse uma fugitiva. Espero que ela não tenha ficado chateada comigo, mas eu não queria decepcionar a Duda vendo outra garota na minha casa daquela forma. Coloquei uma bermuda de tactel vemelha e uma camiseta preta sem estampa, calcei o chinelo e fui até a porta abrir. 

 

-Oi pai, você demorou, hein? -A sapequinha diz e me da um abraço delicioso. 

 

-Eu tava me vestindo minha princesa, me desculpa. -Beijo-a e afofo seu cabelo. 

 

-Imagino o que estava fazendo.. -Nanda diz e revira os olhos. 

 

-Boa noite, Fernanda. Tudo bem? -Pego a Duda no colo e semi-fecho a porta. 

 

-Tudo ótimo. Amanhã espero você trazer ela de volta. -Ela é bem grossa. 

 

-Eu ia buscar ela hoje, não precisava ter trago. Quer uma água? -Tento ser o mais tolerante possível. 

 

-Ela ficou enchendo o saco pra vir logo. Quero não, obrigada. Até amanhã minha linda. -Ela da um beijo na Duda. -Até amanhã, Bruno. -Ela se vira e sai, eu fecho a porta.

 

-Papai, a gente pode assistir A Pequena Sereia? -Ela senta na minha cama toda empolgada. 

 

-Mas a gente sempre vê esse filme, você não quer ver outro? -Me sento ao seu lado. 

 

-Hmmm, pode ser A Princesa e o Sapo? -Ela me olha com esses olhinhos pidões. 

 

-Você pode tudo que você quiser. Papai vai fazer pipoca, tá? Vai colocando o filme. -Me levanto.

 

Vejo ela colocando sozinha o filme na televisão, ela é tão esperta. Fiz um balde de pipoca e levei para o quarto, sentei e fiquei assistindo com ela até de noite, até que a fome começou a pegar nós dois e a pipoca já havia acabado. 

 

-Papai, você quer ajuda pra fazer o lanche? -Ela diz enquanto me vê fatiando os pães. 

 

-Quero sim. Vai passando maionese e lavando essas alfaces. O papai vai fazer uma ligação, tá bom? -Coloco-a em cima da cadeira para ficar mais alta. 

 

-Você vai ligar pra sua namorada? 

 

-O papai não tem namorada, filha. -Sorrio sem graça.

 

-A mamãe disse que tinha namorado. Você não pode ter namorada? 

 

-A mamãe ta namorando? -Safada, não me contou nada. -Eu não tenho namorada mas se eu tiver, você vai ser a primeira a saber, tá bom? -Aperto seu nariz. 

 

-Tá bom papai. 

 

Vou para o quarto e ligo para Lis. 

 

Bruno: Oi, loira, tudo bem? Já chegou em casa? 

Lis: Oi, tudo sim e você? Já sim, só aconteceu uma coisa bem estranha. 

Bruno: O que? 

Lis: Sua ex veio tirar satisfações comigo, toda enciumada. Bruno, se eu tiver me envolvendo com homem comprometido eu te mato, viu? 

Bruno: Tá doida, loira? Eu e a Nanda já terminamos faz 6 anos, eu não sei pra que essa louca foi falar com você. O que ela disse? 

Lis: Ela veio tirar satisfações só, perguntando o que eu estava fazendo lá e eu disse que apenas havia te dado uma carona. Ai ela perguntou porque eu não sai pela porta, eu disse que tinha saído antes dela chegar, mas ela não me viu. (risos)

Bruno: Oxe, podia ter falado a verdade: nóis tava tentando fuder até você estragar o sua filha da puta. 

Lis: kkkkkkkkkkkk você é idiota, viu, não precisa ficar de provocação.

Bruno: E ela não precisa se meter na minha vida, eu em. Bom, loira, eu só queria que não ficasse essa má impressão minha de te expulsar daquela forma. Eu espero que a gente consiga se trombar de novo, e se você vier a conhecer minha filha, que seja em um dia que todos estejam aptos a isso. 

Lis: Bruno, relaxa. Eu sei que eu te levei pra você vê-la e eu que acabei não me segurando. Eu vi nós dois ali sozinho e me bateu uma vontade muito forte, eu que peço desculpas pelo meu descontrole. 

Bruno: Oh loira, esse seu descontrole me deixou completamente louco. Você é cheia de atitude, encantadora, tenho nem palavras. E o que é esse seu corpo? Caralho, só de pensar o Juninho fica todo aceso. 

Lis: você é muito idiota kkkkk prometo que na próxima eu te recompenso, viu? Vai curtir sua filha, boa noite, gato!

Bruno: Boa noite, loira. Até amanhã.

 

Desligo o telefone e volto pra cozinha, termino de fazer os hambúrgueres e me deito com minha filha, comemos, assistimos

A Pequena Sereia (ela venceu, né) e depois acabamos dormindo juntos em minha cama. Acordei mais cedo que ela e fiz café da manhã, levei na cama com uma flor. 

 

-Bom dia, minha pequena ovelhinha. -A acordo com beijinhos. 

 

-Bom dia, papai. Isso é tudo pra mim? -Vejo seus olhos brilharem. 

 

-É sim! Você merece isso e muito mais, e o papai vai fazer de tudo pra te dar o mundo, ta bom? 

 

-Você é o meu mundo, papai. -Ela me abraça e eu me emociono. -Eu queria morar com você. -Ela começa a morder suas bolachas.

 

-Você é o meu filha. Por que? Você não gosta de morar com a mamãe? 

 

-Eu gosto, mas ela não me da muita atenção e fica falando mal de você. Eu fico triste porque você é muito bom comigo.

 

-Minha princesa, eu prometo que eu vou trazer você pra morar comigo assim que eu tiver como cuidar de você. Eu te amo muito, filha. -Abracei ela muito forte e ela correspondeu. 

 

Passamos a manhã toda deitados e conversando. Assistimos filme, brincamos de Barbie e almoçamos macarrão. Ela queria brincar de cabeleireiro, mas como eu raspei a cabeça, tive que ficar fazendo trancinhas nela a tarde toda. 

 

-Papai, eu fiquei linda! -Ela diz se olhando no espelho. 

 

-Você é linda! -A beijo. -Agora está na hora de te levar pra casa, tudo bem? -Começo a guardar as coisas dela. 

 

-AAA, eu não quero ir. -Ela faz bico. 

 

-Prometo te ver essa semana de novo, tá bom? -Levanto o mindinho. 

 

-Tá bom papai. -Ela aperta o meu mindinho com o dela. 

 

Levei ela em casa na garupa da minha bike, passei no borracheiro para encher o pneu. Já era final do dia domingo, aproveitei minha folga da melhor forma, com minha princesa. Vou ver se consigo ver minha loira para finalizar o domingo com chave de ouro. Deixo a Duda em casa e ligo pra loira. 


Notas Finais


Obrigada por ler. <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...