História Quase Irmãos (Beuauany Now United) - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias NOW UNITED
Tags Adolescente, Beauany, Dança, Grupo, Irmãos, Maliwal, Musica, Noart, Nowunited
Visualizações 130
Palavras 1.216
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Musical (Songfic)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Cap: 6 "Você é o meu problema"


Fanfic / Fanfiction Quase Irmãos (Beuauany Now United) - Capítulo 6 - Cap: 6 "Você é o meu problema"

~Any~

Estava já me preparando para o parabéns quando escuto uma gritaria, quando cheguei mais perto da rodinha que já se formava ali. Vi o Josh no chão sentado com a cabeça sagrando.

- Você tá bem? *chego até ele*

- Eu pareço bem?

- Ok. Pergunta idiota, mais o que aconteceu?

  - A loca da Taylor deu uma garrafa na minha cabeça

- A gente tem que ir para o hospital.  Tem alguém que pode vim comigo?

- Eu
*Disse Noah e depois caiu na gargalhada*

- Você tá bêbado. Vou reformular a minha pergunta alguém que não esteja bêbado ?

* Todos ficaram em silêncio, e a cabeça do Josh não parava de sangrar*  

- Ótimo. então vai ser eu mesma. Me dá a chave do seu carro.

- É o que?

- To fazendo 17 anos hoje porém eu tive umas aulas de direção no Brasil. Melhor do que um bêbado te levando. Agora me dá essa merda antes que isso aí piore

  - Eu falei que podia ter alguma emergência. Viu eu sempre tô certo

- Até nessas horas é amostrado.

Entrei com ele no carro, torcendo para não ser parada em nenhum lugar. E ele resmungando de dor

- Isso que dá ter uma namorada agressiva. *cantarolei*

- Não enche.

- Ué? Você ficou com um monte na cara dela o que você queria que ela fizesse?

- Um tapa na cara. Não uma garrafada

- Isso aí é para você aprender

- Vai me dá lição de moral agora?

- Ok. Não tá mais aqui quem falou.

Chegamos no hospital o Josh levou alguns pontos na cabeça, e quando estávamos indo em bora escuto uma sirene.

- Puta merda!

- Troca.

- É o que?

- Troca de lugar

Ele subiu em cima de mim e quase tacou o pé no para brisa.

- Você tá me sufocando

- Eu acho que eu tô preso.

- Então...
*O policial diz batendo no vidro*

- Agente meio que tá preso

- Preso no carro ok. Agora preso na cadeia

- Abaixa o vídro
*Ele tenta achar o Botão, e apertou a minha coxa *
- Tá apertando no lugar errado

- Eu sei. E que eu tenho que aproveitar as oportunidades da vida.
*Ele fala com um sorrisinho no rosto*

- Deixa de ser besta. Abre isso.
*O policial bateu na janela mais forte já sem paciência, até que o idiota resolve abrir*

- Então alguém me explica  o porque o farol tá desligado? Pera aí na verdade porque vocês tão em cima um do outro?

- É sabe o que é...

- É que você senhor policial chegou no final do nosso momento
*aregalei um olho para o mesmo diante a besteira que ele tinha dito*

- Sai de cima da moça rapaz.
*Ele Diz e o josh faz o que pediu*
- Então documentos?

- An? Ata
*Fingi naturalidade e peguei os documentos no porta luvas*

-  Vocês tem muita sorte que eu tô deixando isso passar. Carteira de motorista.

- Minha?

- É você que está dirigindo não?

- Sabe o que é. Eu que estava dirigindo, mais aí a gente trocou de posição sabe na hora que eu tirei...

- Não preciso saber mais ok.
Sua carteira então.

- Aqui.
*Ele entrega o policial olha e libera agente, eu não falava nenhuma palavra. Não sei se pela vergonha ou por medo*

- Você é realmente maluco

- É né. Eu sei bem fugir de uma situação digamos difícil. Eu menti, Mais podia ser verdade




    (...)




Chegamos em casa era quase umas quatro da manhã, fomos chegando na escada e eu já estava agradecendo a tudo qualquer entidade por ninguém está acordado, quando as luzes da sala se acendem.

- A essa hora? *Rachel parou a gente*

- Você não dorme não?

  - Múmias pré históricas não dormem esqueceu?
*Segurei o riso*

- É o que você disse garoto?

- Nada não Tia

- Então a gente tá cansado e eu tenho que dormir. Vamos?

- Espera! A dona Yonta e o senhor Simon vão ficar sabendo disso

- Você é um tipo de diarista e nas horas vagas espiã ou só fofoqueira mesmo? *Disse e ela me olhou de um jeito que até fiquei com medo*

- Olha garota...

- Tchauzinho.
*Jogo um beijo no ar, e subo as escadas com ela reclamando algo que não fiz questão de entender*

- Liga pra ela não Rachel
*Josh fala*

- Esses adolescentes, um abuso inaceitável.



     (...)



~Josh~

Acordei com uma dor de cabeça, e só conseguia focar na raiva que eu sentia da maluca da Taylor. Hoje é domingo então depois de passar na casa do meu pai no EUA  eu vou voltar para cá com o Noah que foi visitar eles, já que resolvi fazer um churras na piscina.

  - Oi pai.

- Nossa nunca mais veio me vê que milagre é esse?

  - Cadê o Noah?

- Acabou o milagre você veio ver o Noah, isso sim.

- Que isso ciúme?

- Ele tá no quarto.

- Beleza.

- Pera aí.

- An?

- Me fala aí você tem uma nova irmã agora?

- A Any

- Eu conheci a  mãe dela mais não éramos tão próximos... *Quis começar uma história mais o cortei*

- Pai posso ver o Noah?

- Nossa tava querendo puxar um papo, mais vai lá




    (...)





~Any~

Acordei com um sono anormal. Fui me arrastando para pegar o celular que marcava 13:30 e um som vinha da área da piscina que me irritava mais ainda. É hoje meu dia não vai ser bom, fui até o banheiro fiz a minha higiene pessoal e a música só aumentava, já que os vizinhos não reclamam disso eu vou lutar por meus direitos sozinha.

Me arrumei porque já imaginava a festinha do Josh lá em baixo e não vou descer igual um demônio né. Fui em direção ao Josh que está com o Noah perto da piscina

- Você não cansa não garoto?

- De que te irritar? Não mesmo

- De se aparecer.

- Oi linda *Noah sorri*

- Que intimidade é essa garoto?

- A gente ficou esses dias.

- A gente ficou? *fingi não lembrar*

- Sim você não  lembra?

- Não. é que eu só lembro das coisas importantes que acontecem na minha vida

- Namoral podia ter dormindo sem essa. *Josh zoa*

- Cala boca.

- Quer saber. Fica aí com essa sua festa que eu tô indo

  - Ué mana não vai aproveitar não?

- Aproveitar o que ? Com você no mesmo ambiente sempre dá errado. Fui
*Ele me joga na piscina e logo em seguida pula também*
- Qual é o seu problema?

*digo calmamente tentado buscar paz ao meu interior*

- Sinceramente?  Você é o meu problema

- Ok você não tá bem
*Digo saindo da piscina e ele vem atrás

- Você ainda não percebeu o que você tá fazendo comigo ?

- Me erra Josh. Só vou deixar o aviso, encosta um dedo em mim que você perde todos os seus dedos com direitos a outras partes

  - Você fica legal molhada

- Jura? Mais deixa eu te falar uma coisa, só assim para você me deixar molhada viu.

*******************************



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...