História QUASE PERFEITOS - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Romance Adolescente Hot
Visualizações 0
Palavras 758
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - QUASE PERFEITOS CP 1 EP 2


Chegando lá vejo alguns adolescentes conversando na porta da Universidade entro e vou direto à sala da diretora ou diretor... Não sei ao certo nunca estive nesse lugar antes.

Bato na porta e uma moça que aparentando ter seus 48 anos abre a mesma.

? : -Olá bom dia, você deve ser a Yasmin Nascimento certo?

.

 -Bom dia, sim eu sou a Yasmin, e a senhora deve ser a diretora geral?! 

-Exatamente muito prazer Mônica! Diz ela estendendo a mão para um comprimento faço o mesmo e logo ela diz -vou te apresentar a Universidade e levá-la até a sua sala. Acento com a cabeça e sigo a mesma.

Ela me apresenta a escola toda e enfim me leva até a sala de aula.

Entramos na sala e ela logo fala:

-Bom dia a todos.

Todos responde feito um coral :

Alunos -Bom Dia.

-Essa À Meu Lado É A Nova Aluna Da Universidade Yasmin Nascimento, Espero que vocês receba ela bem.

Ela chama um garoto que por sinal muito lindo, nossa ele realmente tira o fôlego de qualquer uma.

A diretora continua -Esse É Victor o representante de turma peça a ele que te apresente os outros alunos antes que chegue o professor. Diz ela olhando para mim.

Eu acento e ela sai da sala e eu estou em frente ao Victor ele me encara como se eu fosse uma pedra preciosa e então eu quebro aquele "climão".

-bom dia Victor.

Victor:Bom dia senhorita Nascimento. Fala ele com uma formalidade que chega a ser um pouco engraçado, dou um sorriso meio aberto. E ele continua -então vou te apresentar a rapaziada logo antes que a bunda de sapo chegue.

-Haha ok ok

Ele me apresenta a turma que aparenta ter gostado de mim, exceto uma morena que ficou me encarando com um olhar meio que de ódio não me importei continuei o papo com o Victor que estava sentado em um acento atrás de mim.

 

A professora que o Victor chamou de bunda de sapo logo chega e nota a minha presença para a minha tristeza ela pede que eu me apresente para a turma poxa eu sou tão ruim em público.

Victor:Professora todo mundo já sabe o nome dela aqui... 

Professora:-o nome dela a escola toda ja sabe, eu quero saber de onde ela vem, a idade dela coisas desse tipo, tudo bem por você falar sobre isso Yasmin?

- sim. Respiro fundo e começo - como vocês já sabem meu nome é Yasmin Nascimento tenho 18 anos, me mudei a pouco tempo para o Rio de Janeiro...quando ia completar oque eu falei uma voz feminina me interrompe

? - Yasmin Nascimento de onde você morava antes de vir por Rio de Janeiro, você veio do Acre?

Me viro e vejo de quem é a voz, aff é daquela morena que deseja minha morte em um olhar.

-Não, eu não vim do Acre. Eu cheguei no Brasil à 2 semanas, respondendo a sua pergunta eu vim do Canadá.

Adorei ver a cara dela quase cair no chão provavelmente ela queria perguntar se eu vi dinossauros, porém ela se ferrou quando soube que nem do Brasil eu era.

A professora aproveitou e disse:

-Por isso do seu sotaque, você já morou no Brasil?

-Não nunca morei no Brasil mais minha mãe é Brasileira então pude aprender o português com ela.

-a sim que interessante. Pode se sentar Yasmin.

Me sento e Victor me cutuca me viro e ele susura no meu ouvido.

-por que você não me contou que não era Brasileira antes?

-por que você não perguntou. Sorrio pra ele, ele tá tão próximo de mim que sinto a sua respiração

 

Então ele fala novamente susurando para a "bunda de sapo" não ouvir.

- você vai fazer alguma coisa hoje?

-não, estou essas duas semanas presa dentro de casa por que não conheço nada aqui no Brasil. Sô conseguir chegar aqui por conta do GPS. Falo em um som que soa engraçado.

-vamos sair hoje mesmo então?!

-claro!

- você sô precisa me...

Antes que ele possa completar a fala o sinal toca, fico tensa não tenho nenhum amigo aqui exceto o Victor que deve ficar com os amigos dele.

 Me surpreendo quando Víctor estende a mão para mim me chamando para sair da sala e passar o Recreio com ele

- você vai almoçar aqui? Hoje é feijoada você gosta?

-han? Oque é feijoada?

- MEUS DEUS COMO ASSIM VOCÊ NÃO SABE?!!

-Eu não sou daqui não conheço nenhuma das comidas tipicas.

-A é esqueci, então vamos?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...