História Quase um Incesto - Lee Jeno (NCT) - Capítulo 42


Escrita por:

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Chenle, Doyoung, Haechan, Hansol, Jaehyun, Jaemin, Jeno, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jisung, Johnny, Jungwoo, Kun, Lisa, Lu Han, Lucas, Mark, RenJun, Taeil, Taeyong, Ten, Winwin, Yuta
Tags Chenle, Doyoung, Exo, Haechan, Jaehyun, Jaemin, Jeno, Jisung, Johnny, Jungwoo, Kpop, Kun, Lucas, Mark, Nct, Nct 127, Nct Dream, Nct U, Renjun, Taeil, Taeyong, Ten, Winwin, Yuta
Visualizações 370
Palavras 1.517
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Hentai
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem:3

Capítulo 42 - Capítulo 42


Fanfic / Fanfiction Quase um Incesto - Lee Jeno (NCT) - Capítulo 42 - Capítulo 42


 [...]

Estava deitada em minha cama quando meu celular tocou, peguei o mesmo em cima da mesa ao meu lado e atendi.

Ligação on...

- - Pequena?

- - Oi.

- - Tudo bem?

- - Sim e com você.

- - Sim.

- - Então Jeno, precisamos conversar.

- - Oque aconteceu?

- - Sobre a gente fugir... eu não sei se eu quero fazer isso.

- - Porque?

- - Estou com medo.

- - Olha, se você não quiser tudo bem.

- - Não eu quero mas, se der errado?

- - Não vai pequena, confia em mim.

- - Tudo bem...

- - Você parece cansada, melhor ir dormir.

- - Ok, tchau. Te amo.

- - Eu também te amo muito.

Ligação off...

Eu realmente estou com medo de tudo der errado, se isso acontecer vai ser bem provável que a gente não vai se ver nunca mais.

Como tinha acabado de tomar banho, me ajeitei na cama e fechei meus olhos, dei um longo suspiro e fiquei esperando o sono vir.

2 semanas depois...

(POV JENO)

Termino de arrumar minhas coisas e fecho minha mala logo pegando a mesma. Saio do meu quarto e vou em direção ao quarto de meu pai para me certificar se ele realmente estava dormindo. Vejo o mais velho deitado de olhos fechados e suspiro.

- - Vou sentir sua falta. - disse baixo enquanto fechava a porta de seu quarto.

Desci para o andar de baixo e olhei em volta dando um pequeno sorriso lembrando da minha mãe. Quando senti meu celular vibrar acordei de minha transe, peguei o mesmo e vi que se tratava de uma mensagem da S/n.

Mensagens on...

- - Já saiu??? To preocupada!!

- - To saindo agora.

- - Ok.

Mensagens off...

Respirei fundo e sai de casa, tranquei a porta e segui caminho ao aeroporto.

A ideia que se passava em minha cabeça era, comprar uma passagem para o Canadá, pegar a S/n e ir direto para a “barragem”. Espero que de tudo certo.

Peguei um ônibus e fui direto para o aeroporto. Chegando lá fui direto comprar minha passagem. Por sorte tinha um voo que seria daqui a meia hora, como a fila estava pequena comprei minha passagem com o dinheiro que ajuntei quase minha vida toda para poder pagar minha faculdade. Me sentei esperando meu voo, enquanto isso mandei mensagem para S/n.

Mensagens on...

- - Pequena?

- - Oi, já chegou?

- - Sim, daqui a pouco vou embarcar.

- - Ai que bom, toma cuidado e boa viagem.

- - Tá bom, te amo.

- - Também te amo.

Mensagens off...

Depois de algum tempo já estava a caminho ao avião. Entrei no mesmo e me sentei em meu banco, suspirei e peguei meus fones colocando uma musica calma.

(POV S/N)

Estava com muito medo mas feliz ao mesmo tempo, não acredito ainda que vou ver meu neném. Sou acordada de meus devaneios pelo meu professor que estalou seus dedos em minha frente.

- - S/n? Tudo bem.

- - Ah sim. - falei me arrumando e sorrindo sem graça.

- - Preste mais atenção na aula. - disse o mais velho indo para o seu lugar.

Revirei os olhos e abri meu caderno, peguei meu lápis e comecei a desenhar. Acabo meu desenho e começo a admirar o mesmo, quando escuto o sinal de ir embora fecho meu caderno e guardo minhas coisas rapidamente logo saindo da sala. Vou praticamente correndo para casa que nem presto atenção direto e acabo esbarrando em alguém, acabo por cair sentada no chão, me levanto e pego minhas coisas, a pessoa que me derrubou me ajuda dando meus livros em minhas mãos, olho em seu rosto e me deparo com o mesmo garoto de duas semanas atrás, mas agora ele estava com seus cabelos tingidos de castanho.

- - Me desculpe eu não estava prestando a atenção. - disse meio nervosa.

- - Tudo bem, eu que lhe devo desculpas. - sorriu angelicalmente. Fiquei uns segundos olhando em seu rosto quanto lembrei que tinha que ir para casa.

- - Ah! Me desculpe, tenho que ir. - sorri e sai andando mas meu braço é segurado pelo mesmo.

- - Posso ao menos saber seu nome?

- - S/n... e o seu?

- - Sicheng, mas pode me chamar de Winwin. - falou sorrindo.

Sorri e fui andando. Quando estava perto de casa fui correndo mesmo, entrei na mesma e subi correndo pro meu quarto. Joguei minha mochila em algum canto e fui em direção ao guarda roupa, peguei minha mala em cima do mesmo e a coloquei em cima da cama, abri meu guarda roupa pegando algumas peças de roupa logo depois pegando alguns sapatos, coloquei tudo dentro de minha mala. Peguei meu notebook e meus outros aparelhos eletrônicos importantes e coloquei dentro da mesma, fechei a mala e a coloquei debaixo de minha cama. Me sentei na mesma e respirei fundo pegando o anel que estava meu dedo o apertando em minha mão.

- - Vai da tudo certo.

O coloquei novamente e desci para o andar de baixo, entro na cozinha e logo depois escuto a porta se abrir, vejo Taylor vir em minha direção com uma expressão confusa.

- - Porque não me esperou?

- - Desculpa, estava com muita pressa.

- - Ah. - o mesmo subiu para o andar de cima me deixando sozinha.

Fiz um sanduíche para mim e me sentei na mesa de jantar, peguei meu celular e mandei outra mensagem para Jeno.

Mensagens on...

- - Tudo bem?

- - Sim :).

- - Que bom.

Mensagens off...

Queria ficar conversando com ele mas tenho coisas a fazer. Termino de comer meu sanduíche e vou direto pro quarto de minha mãe. Tranco a porta e vou em direção ao seu guarda roupa, vasculho o mesmo e acho algumas notas de dinheiro. Peguei as mesma e coloquei em meu bolso, se eu me sinto culpada por estar fazendo isso? Muito mas, oque não fazemos pelo amor. Olhei mais um pouco e vi que não tinha mais nada então sai do quarto da mesma e fui para o meu. Coloquei o dinheiro na minha mala e guardei a mesma novamente de baixo da cama.

[...]

Já estava de noite, minha mãe e minha vó já estavam em casa. Minha querida vó tinha me chamado para jantar então desci para o andar de baixo.

Me sentei em uma cadeira e coloquei meu prato, estava sem fome pois a ansiedade estava me matando.

- - Vai comer não? - perguntou minha mãe me olhando.

- - Ah, vou. - peguei um pouco de comida, quando iria colocar em minha boca senti um enjoo então afastei a colher.

- - Oque foi? - perguntou minha vó.

- - Acho que estou um pouco enjoada.

- - Tudo bem querida, se quiser subir para o seu quarto pode ir. - falou minha vó sorrindo.

Retribui o sorriso e subi para meu quarto. Entrei no mesmo, peguei meu pijama em meu guarda roupa e minhas coisas de banho e fui para o banheiro tomar meu banho.

Cheguei no banheiro e me despi entrando no chuveiro. Acabo meu banho e me seco colocando meu pijama, escovo meus dentes e penteio meu cabelo logo saindo do banheiro.

Entro no quarto e me deito em minha cama. Coloco meu celular no carregador em me ajeito fechando meus olhos.

Abro meus olhos quando escuto meu celular tocar, vi que era Jeno então atendi o rapidamente.

Ligação on...

- - Cheguei. - após escutar aquilo, meu coração acelerou.

- - S-serio?

- - Sim. - senti felicidade em sua voz. - Vou para algum hotel agora, hoje à noite a gente se encontra em algum lugar, ok?

- - Sim! - me sentei na cama com um sorriso enorme.

Ligação off...

Olhei no relógio do celular e vi que já era de manhã. Me arrumei para ir para a escola, peguei meu material e desci para a sala para poder esperar Taylor. Vejo o mesmo descendo as escadas então já fui abrindo a porta. Saímos e fomos em direção a escola.

- - Oque aconteceu? - perguntou o mesmo me olhando.

- - Como assim?

- - Está feliz hoje.

- - Ah, assunto particular. - falei sorrindo boba.

- - Tá bom então.

Seguimos o resto do caminho em silêncio.

[...]

Já era onze e meia da noite, eu estava sentada em minha cama com meu celular em minhas mãos. Eu estava tremendo, minha ansiedade estava muito grande. Abri a porta do meu quarto devagar e olhei para o corredor, desci para o andar de baixo e vi que estava vazio, subi novamente e fui para meu quarto. Coloquei uma calça e um moletom, coloquei algum tênis e logo depois minha mala e meu celular. Mandei mensagem para Jeno falando que eu estava saindo de casa.

Sem fazer barulho algum consegui ir para fora da casa. Tranquei a porta e suspirei, fui andando para o centro da cidade, peguei um ônibus e fui para a cidade vizinha, era onde Jeno estava. Combinamos de nos encontrar em frente ao shopping. Coloquei meus fones e fechei meus olhos.


Notas Finais


aaaaa quanto tempo;-;
Me desculpem mesmo pela demora, no mesmo dia que eu postei o último capítulo eu queimei minha mão fazendo um doce no fogão, ficou uma coisa horrível, não conseguia nem mexer minha mão então ficou meio difícil escrever, e o pior de tudo era que eu não tinha nenhum capítulo pronta pra postar. Mas agora minha mão está um pouco melhor, um pouco sensível mas da pra escrever. Agora os capítulos vão voltar normalmente. Prometo nunca mais pegar em uma panela em minha vida;-;


(Quem quiser falar comigo ou me conhecer mais podem me chamar na dm do meu Instagram @jun.pretty, responderei todos)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...