1. Spirit Fanfics >
  2. Que sorte a minha ter você (Noart) >
  3. O Simon é um... complete a frase...

História Que sorte a minha ter você (Noart) - Capítulo 39


Escrita por:


Capítulo 39 - O Simon é um... complete a frase...


(Sina pov)

*Eu estava me arrumando para ir encontrar o Noah, deixei meu celular desligado, ela tava descarregando rápido, aliás eu precisava comprar um novo, mas a preguiça não deixava, eu vou para a sala toda arrumada*

- Vai casar? *pergunta Diarra*

- Olha, eu espero que hoje darei o primeiro passo para isso *digo rindo*

- Eu ouvi um amém igreja? *diz Heyoon rindo*

- Vou indo gente... *abro a porta, saio correndo já estava um pouco atrasada, pego meu celular para chamar um uber mas sou surpreendida com um outro carro*

- Oi Sina *diz Simon após o vidro do carro traseiro se abrir*

- Oi Simon *~só o que me faltava agora~*

- A gente precisa conversar *diz com um tom serio*

- É que agora eu tô um pouco atrasada *digo tentando justificar*

- O que tenho para falar com você é muito importante, te recomendo a vir conversar comigo *diz Simon e sinto um tom ameaçador em sua voz, eu nunca senti medo dele, mas agora eu sentia*

- Ok *entro no carro, o motorista dirige até o escritório da XIX, não dava para acreditar que eu atrasei meu encontro com o Noah para falar de assunto de trabalho, francamente..., subimos até o escritório e ele fecha a porta*

- O que foi Simon, tem como o senhor ir direto ao assunto *digo isso e ele se senta na cadeira com um ar de superioridade*

- Calma, senta *diz apontando para a cadeira*

- Eu tô bem de pé *digo olhando no relógio da parede que já marcava 20:15*

- Tudo bem *ela puxa uma gaveta que estava próxima a ele pega um envelope colocando sobre a mesma*

- Se você tem alguma coisa para me contar... a chance é agora *diz me encarando*

- Não tenho nada pra dizer *meu coração gela nesse momento, ele não diz nada, apenas abre o envelope e tira em média de 20 fotos minha e do Noah, tinha foto nossa no Central Park, na balada inclusive do nosso beijo, tinha foto nossa no meio da rua dele me dando a florzinha, também tinha um comprovante de um quarto de casal que o Noah reservou, também tinha foto de hoje mais cedo no terraço do hotel, eu não sabia o que falar*

- Como? *pergunto incrédula*

- Eu não sou bobo Sina, eu sei de tudo, sei que durante essa viagem o Lamar ficou com uma moça e o Josh e a Any passearam pela a Times Square, mas nada demais, pelo menos eles sabem disfarçar *diz me olhando sem expressar nenhuma reação*

- Eu gosto dele, eu não tenho motivos para esconder isso *respondo seriamente*

- O contrato *Simon diz levantando o cenho*

- Eu sei do contrato, mas a gente vai tomar o máximo de cuidado possível *digo*

- Não Sina, vocês não vão tomar o máximo de cuidado possível por que vocês não vão ter mais nada, acabou, e é bom você deixar isso bem claro para o Noah *diz me olhando*

- Mas Simon *sou interrompida por ele* - Ou você termina com ele ou eu acabo com ele, sabe Sina não queria chegar nesse ponto, mas se vocês manterem essa loucura eu tomarei as minhas medidas e a primeira delas é expulsar o Noah do grupo e simplesmente acabar com a carreira dele aqui nos EUA, você pode até tentar construir uma carreira na Alemanha, eu não poderei influenciar, mas a do Noah eu posso, umas ligações e ele não fecha nem pra cantar em enterro, então Sina... você vai destruir o sonho dele? Você sabe como isso é importante para ele *diz se fazendo de sonso, meus olhos se enchem de lágrimas, por que as coisas tem que ser desse jeito, eu me sentia tão sem rumo* - Tô esperando você falar alguma coisa *diz me olhando*

- Você é um monstro *digo com um olhar de ódio*

- Não esperava isso de você, mas tudo bem, um dia você vai me agradecer, agora sai daqui e termina isso que você tem com o Noah e nem adianta tentarem me enganar, se eu descobri algo entre vocês, eu cumpro minha promessa *diz*

- Eu não sei como fazer isso *digo praticamente o implorando*

- Encare como um teste para um filme, você não quer ser atriz, então... uma ótima oportunidade para começar*

Eu me afasto, saio batendo a porta, saio do prédio e me sento na calçada, ali eu desabo, eu nunca me senti tão impotente, eu teria que abrir mão do cara que eu amava por causa de um imbecil, sem escrúpulos, apoio minha cabeça na minhas mãos e choro compulsivamente, era uma coisa que não tinha explicação, a minha vida virou de cabeça para baixo. 


Notas Finais


Por hoje, se eu tiver Internet mais tarde posto mais, se estão gostando cometem por favor! ♡☆


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...