História Quédate-Ruggarol - Capítulo 29


Escrita por:

Postado
Categorias Candelaria Molfese, Karol Sevilla, Lionel Ferro, Ruggero Pasquarelli, Sou Luna
Personagens Karol Sevilla, Ruggero Pasquarelli
Tags Karol Sevilla, Romance, Ruggarol, Ruggero Pasquarelli, Soy Luna
Visualizações 391
Palavras 282
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi!
Boa Leitura 😉 💙

Capítulo 29 - Chapter Twenty-Seven


Fanfic / Fanfiction Quédate-Ruggarol - Capítulo 29 - Chapter Twenty-Seven

Karol Sevilla

Ruggero chegou super nervoso, não falou nem um "Boa noite minha linda!" Apenas foi para o banho.

Hoje ele demorou mais que o normal, eu já estou preocupada. Largo o iPad no sofá e vou até o quarto.

O pego vestindo uma calça moletom, ele vira seu rosto e dá um meio sorriso pra mim, depois volta a prestar atenção em vestir sua calça.

Bufo e vou até ele.

Karol:Ei, o que foi?-Pergunto, tocando seu rosto, ele me encara sério.

Ruggero:Temos que conversar.-Ele diz, e me dá um beijo no rosto.

Ok, ele está estranho!

Karol:Sobre?

Ruggero:Karol...temos que voltar pra Buenos Aires!

Karol:O QUE?-Grito, e ele respira fundo e passa a mão em seu cabelo.

Ruggero:Eu sabia que essa ia ser sua reação.-Ele susurra, mais eu escuto.

Karol:Porque isso agora? Você sabe que não podemos...

Ruggero:Fui chamado para vários shows em Buenos Aires.

Karol:Isso é incrível Ruggero!-Digo, feliz por ele.

Ruggero:Sério, você não vai ficar brava comigo porque eu vou aceitar essa oportunidade?

Karol:Claro que não, meu amor!-Me aproximo dele e coloco minhas mãos em seu rosto.-Porque eu ficaria brava? Você tá seguindo seu sonho! Isso me deixa feliz por você!-Sorrio e olho seus olhos.

Ele da um sorriso e depois passa sua mão pela minha cintura e me puxa com força, nossas bocas se chocam e começamos um beijo.

Ruggero Pasquarelli

Como eu amo essa mulher!

Tiro sua blusa de frio e lhe dou tempo pra arrancar minha camisa. Desço meus beijos até seu pescoço e ela arfa.

Eu realmente achei que ela ficaria brava. Igual Candelária ficava.

Mas Karol Sevilla, não é igual ela. A Karol e doce, animada, gentil...Não existe mulher igual Karol Sevilla!

A prenso na parede, e para meus beijos. A encaro e ela dá um sorriso, logo depois corando.

Minha doce e inocente Karol Sevilla....


Notas Finais


Gostou? Não esquece de comentar e favoritar.
Beijo 😘💓


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...