História Queen of Mean - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Abraxas Malfoy, Alvo Dumbledore, Argo Filch, Avery (Riddle-era), Barão Sangrento, Bellatrix Lestrange, Godric Gryffindor, Harry Potter, Lord Voldemort, Murta Que Geme, Nick Quase Sem-Cabeça, Personagens Originais, Rabastan Lestrange, Regulus Black, Rodolfo Lestrange, Rowena Ravenclaw, Salazar Slytherin, Severo Snape, Tiago Potter, Tom Riddle Jr., Walburga Black
Tags Alvo Dumbledore, Comensais, Dumbledore, Filha De Alvo Dumbledore, Riddle, Tom Riddle, Voldemort
Visualizações 39
Palavras 1.181
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Luta, Magia, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Uma boa leitura...

Capítulo 19 - Hogwarts attack


Natasha voltava para dentro do castelo de Hogwarts ela arrumava sua camisola e caminhavam para em direção ao seu quarto no sexto andar, quando ouviu sons de explosão Natasha olhou em direção ao barulho e foi jogada contra a parede.

A visão de Natasha ficou turva, agora sua cabeça doía. A mesma viu tom caminhar em sua direção ela sentiu as batidas do seu coração aumentar, precisava sair dali. Então ela levantou e correu, faltava apenas duas escadas para chegar em seu quarto e pegar seu cetro. Apenas duas escadas.

── crucio - Tom gritou em direção da Natasha.

── Protego! - Falou de volta de defendendo da maldição. ── Olá Tommy

── Natasha... Esta camisola te deixa bem sexy.

A dumbledore revirou os olhos sentindo nojo, é isso que ela sente dele. Nojo.

── A única fez que costumava revirar os olhos para mim era de prazer Natasha.

── Agora a única coisa que eu sinto por você e nojo

Riddle cerrou os punhos, como assim ela sentia nojo? Natasha dumbledore seria dele, ela gostando ou não. Tom abaixou a varinha e andou em direção que natasha que correu para as escadas subindo depressa.

Riddle segurou sua perna e puxou escadaria abaixo novamente. Natasha não poderia acreditar estava tão perto de chegar ao seu quarto. Maldito seja tom Riddle! O Lord segurou natasha pela cintura a mesma tentou se soltar até mesmo jogar uma azarasão mas ele não a soltava. Tom riddle estava dominado pela obsessão.

Ele arrastou a Lady para dentro de algum quarto qualquer e a jogou no chão com brutalidade, natasha sentiu seu sangue gelar naquela hora, ainda no chão ela tentou levantar e correr mas tom lhe deu uma rasteira fazendo a mesma bater com a cabeça. Ele tirou o cinto de sua calça e puxou natasha pelo pé trazendo para si.

── Não! Me solta mestiço

Riddle apenas riu alto enquanto as lágrimas de socorro caiam pelo rosto de natasha. Ela gritou, gritou mais ninguém ouviu. Natasha pediu por socorro mas ninguém veio. Estava sozinha.

Tom abaixou sua calça e virou a garota fazendo ele encarar seus olhos marrons.

── Eu te amo natasha -Disse tom.

── Você é louco! - Gritou a dumbledore de volta

Ele Beijou os lábios rosados de natasha mas aquilo não foi retribuído, ele não sentia? Não entendia que ela não o queria? Que aquilo era bom só para ele?

Sem demoras o riddle penetrou na garota que gritou pela dor que sentiu, ela bateu contra o peito do mesmo que segurou seus pulsos enquanto a estocava com força. Natasha sentiu seu corpo doer as lágrimas saiam descontroladas. Tom soltou um gemido ao se desfazer dentro a Lady que sentiu se sonza e quebrada. Ela aproveitou a distração do mestiço e o chutou com sua perna afastando do mesmo. A dumbledore recitou uma azaracão cegando a visão do mesmo e correu para fora do quarto.

Seus pulsos estavam roxos, suas pernas doíam assim como sua intimidade. Precisava chegar em seu quarto. Precisava matar tom riddle.

── Natasa sumiu precisamos achar ela. - ouviu a voz da isabela virar o corredor a garota se virou vendo sua amiga ali. Stalk parecia surpresa ao ver o estado da garota. ── Diga a dumbledore que a achamos.

Theodore assustado mas concordou e saiu de vista, isabela seguiu a mesma até seu quarto, a dumbledore tinha lágrimas caindo sobre sua face e estava assustada, isabela podia ver aquilo claramente em na face da garota.

── Natasha... hey... - isabela tentou se aproximar mas a dumbledore se afastou assustada e isabela apenas concordou com a cabeça entendendo o recado. ── Aonde está voldemort? Você sabe?

Natasha pensou em cogitar a responder mas ele já devia ter se livrado da azaracão e fugido enquanto a mesma negou mexendo no pano da sua camisola.

── Ele entrou no castelo junto com os comensais. Foi quando ele...

Natasha se perdeu no meio da frase sentindo seu corpo doer junto a sua cabeça ao lembrar do ato. Isabela entendeu o que ela que dizer é novamente tentou se aproximar.

── Meu deus nataha...

── Não! Não. - Lady andou para o outro lado do quarto ficando perto da sua cama.

── O que ele fez com você?

── Voldemort me encontrou, nos duelamos e eu o azarei mas... - suas palavras se perderam novamente. Aquilo doía.

── Só vou perguntar uma vez, então estamos cientes sobre o que você passou essa noite. Você foi estrupada? - Perguntou a stalk olhando para a mesma, foi quando Natasha se desabou de chorar sentando no chão e se encolhendo no pé da cama. Seus soluços ficaram altos. Ela sentia tanta dor. ── Eu sei que não quer se e tocada, esta tudo bem. Mas você está segura. Não sei como conseguiu escapar, mas escapou. - Os soluços ficavam mais altos enquanto isabela se agachou no chão metros longe da mesma. ── Você está viva. Você sobreviveu a isso. Eu sei disso... Por que eu também sobrevivi e você sabe disso. Ele tentou destruí-la, tomando o seu orgulho e sua força, mas essas coisas não podem ser tomadas. Não dê você. Nunca. - Isabela sorriu tristemente vendo o estado da sua Lady. ── Vamos trocar sua roupa, arrumar seu cabelo, vamos sumir com qualquer marca de mão em você.

── Por favor, me deixe em paz. - pediu Natasha.

── Nos vamos fazer isso por você, por hogwrtas e toda sociedade bruxa. Eles tentaram diminuir uma rainha hoje. Mas eles não conseguirão, por que o mundo nunca saberá o que fizeram com você.

── Não é possível.

── É sim, pois você sairá daqui e enfrentará as perguntas e o profeta diário, como se nada tivesse acontecido.

── Não, eu não consigo! - Respondeu Natasha chorosa.

── Sim, você consegue. Você precisa Natasha, seus servos te viram. Você tem que acabar com os boatos, imediatamente. Estes próximos momentos de sua vida te definirão como uma vítima ou uma rainha poderosa intocada por uma tentativa fracassada de assassinato. Definirá o que reserva pra você ser. Seu lugar na história. Não deixe que aquele sem nariz ganhe. - ela entendeu a mão para Natasha. ── Confie em mim. Confie em mim e deixe-me ajudá-la. Eu posso te tira dessa eu juro que posso.

Natasha olhou bem para mão estendida de isabela. Seu destino. Recuosa ela aceitou e segurou a mão da amiga que a ajudou a levantar, ela tinha um discurso a fazer.

×××

As portas do salão principal se abriu e Natasha passou pela mesma com uma vestido vermelho escarlate, seu cetro na mão e uma linda coroa de ouro em sua cabeça, os alunos olharam em direção a ela que tinha um olhar determinado, os assistentes do profeta diário, ela caminhou até o a mesa dos professores e olhou para as quatro mesa de hogwrtas e os jornalistas.

── Meus súditos leais... posso asegura-los que sua rainha permanecem intocada. - Ouve uma grande salva de palmas ── Tom riddle e seus comensais da mortes que invadiram Hogwarts hoje não conseguiram nada, não alteraram nada, e morreram por nada.


Notas Finais


Eu realmente fiquei com muito medo de postar este capítulo, muito difícil escrever uma cena sobre abuso sexual e o pior é ainda fazer seu personagem passar por isso.

Bem em todo caso eu espero que vocês tenham gostado do "capítulo"

Denuncie qualquer tipo de abuso sexual. Isso é algo grave!!!

Até a próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...