1. Spirit Fanfics >
  2. Quem canta seus males espanta. >
  3. Não ouse

História Quem canta seus males espanta. - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem

Capítulo 4 - Não ouse


Sasuke

Até hoje eu não sei mas tem alguém que não gosta muito de min nessa escola, pois tem um certo alguém aqui que bate nos alunos, sobota as coisas ,passaa notícias falsas e outros, e depois coloca a culpa em mim mas até hoje eu não sei quem é.

Mas ano passado foi o ápice pois alguém jogo cola e em seguida penas nas seguintes pessoas Kiba, Lee, Gaara, Neji, Ino , Sakura e Hinata e eles já não gostavam de min mas depois disso eles desejam a minha morte.

A minutos atrás eu queria ajudar aquele tal de Naruto mas por causa dessa minha fama alguém recuso no lugar dele e eu só não fiquei muitotriste por causa que fazem direto comigo.

Falta alguns minutos para o intervalo e como eu sei disso é que eu olho pela janela e vejo se o morador da casa do lado da escola começou a brincar com os cachorros.

O sinal do intervalo toca e eu como sempre espero todos saírem pra eu sair.

Quando eu saiu logo eu vou pro lugar onde não tem ninguém que é o jardim atrás da escola tem um muro logo atrás da quadra e atrás do muro tem um jardim.

Quando chego lá eu pego o meu caderno e um lápis e começo a rabiscar.

Naruto

Quando toca o sinal da hora do lanchinho toca e sim eu falo hora do lanchinho, eles me puxam pra sentar com eles.

Quando agente vai comecar ? – a rosada indaga.

Começa oque ? – eu pergunto curisoso.

A vingança contra o Sasuke , Naruto – Shikamaru lembra.

E o que vocês vão fazer ? – eu falo.

Descobrir um segredo que ele quer que ninguém descubra – Ino fala empolgada.

E depois ele terá que implora por perdão – Hinata completa.

Mas se ele não quiser implora por perdão ? – eu falo.

Nos podemos sonhar – as duas berram.

Certo... e onde ele tá? – eu pergunto.

Ninguém sabe – o ruivo se pronuncia e eu o olho de “explique" – é que ele é sempre o último a sir da sala então ninguém vê ele – ele explica.

Vou pegar um ar - eu me levanto saiu dali o mais rápido possível.

Não gosto nada disso, isso não uma coisa legal e o próprio ditado diz “ a vingança nunca é plena mata a alma e envenena" e não é legal guarda ranco das pessoas mas eu entendo eles pois eles tem raiva pois ele machucou eles.

Agora que eu percebi que eu vim para num lugar que parece um jardim mas não tem ninguém.

Então eu começo a analisar o local e deduzo que logo mas até eu dá de cara cOm a pessoa qie tkdos evitam.

Ahahahhah – eu grito de susto e caiu de susto.

Desculpe eu não queria te machucar – ele se aproxima mas eu me arrasto pra trás.

Não bate em min – eu fecho os olhos mas não acontece nada.

Eu abro os olhos e vejo ele desenhando num caderno em cima de um banco.

Ei – ele olha pra min – você tem uma borracha ? – ele me pergunta e eu faço um não com a cabeça – tudo bem.

Eu estranho por que segundo os meus novos amigos ele não deixaria assim.

Então eu me levanto e vou me aproximando devagar dele e quando estou um pouco perto dele eu vejo que ele está deesenhando.

Você não tem cara de quem desenha – eu digo admirando o desenho.

E você não tem cara de que acredita em mentiras – ele diz e eu não entendo.

Eu continuo a olhar a pintura e nesse momento eu sinto um pouco de inveja dele pois até hoje eu tento fazer um desenho a base do lápis bonito só que eu não consigo mas ele faz isso com uma facilidade.

Que se sentar ? – eu assinto.

Ele se afasta pro lado e eu sento.

Mas eu percebo uma coisa que ele esta usando um moletom e ta tão quente.

Você não ta com calor ? – eu pergunto o fitando.

Não- ele responde seco.

Você não parece com que os outros alunos dizem – eu falo na expectativa de acontecer algo.

O que os olhos não vêem o coração na sente – ele se vira pra min.

Quando ele olha no meu olho eu sinto .eu rosto esquentar e logo sinto as famosas borboletas na barriga.

Você é legal – dou um sorriso.

Você nem me conhece – ele fala desenhando.

E que eu faço pra te conhecer melhor ? – eu pergunto esperançoso.

Seja meu amigo – ele diz simple.

E como eu posso ser seu amigo ? – eu pergunto empolgado.

Aí você para porque eu não tenho amigos – ele diz normalmente.

Mas porque você não tem amigos – eu falo como um superior a ele.

Porque se você tem amigos eles podem te fazer sofrer ou Você pode fazer eles sofrerem – ele se levanta E vejo ele me olhar profundamente- e eu não quero que as pessoas sofram como eu sofro – Ele vai embora e eu o sigo.

Mas você já tentou ter um ? – eu pergunto.

Não – ele continua.

E por que não ? - eu pergunto e penso" isso Naruto agora ele não tem escapatoria".

Por medo – ele entra na sala

Mas não adianta tenta né? - eu entro na sala e vejo todo mundo olhar pra gente.

E Sasuke e está olhando pro Sasuke pro quadro e eu me sinto mal pois está escrito no quadro.

“Loiro burro

Ass: Sasukezinho”

Mas quem fazeria isso pois Sasuke estava comigo. E mesmo se vira pra min

E deve ser também por que todos e todas me odeiam – ele diz e sorri triste.

Por que voce fez isso seu Maldito – era Neji.

Mal começo o ano e você já comecou com isso – era Sakura.

E assim comecaram a vaia com a cara de Sasuke.

Então o mesmo vai e pega sua mochila e vem até min.

E do que adianta você ter um amigo se ele te julga mal – ele saí da sala.

Naruto você está bem ? Ele fez alguma coisa com você? – Hinata vem Até min.

Não, apenas conversamos. – eu digo sério.

Serio ? – Ino pergunta confusa.

(...)

Existem coisas que nunca mudam e entre elas e eu não consegui terminar a tarefa e ele não me deixou saí mais que injustiça.

Como eu sou um esfomeado quando termino saiu correndo mais escuto uma coisa.

I'm a phoenix in the water

A fish that's learnt to fly

And i've always been a daughter

But feathers are meant for the sky

So I'm wishing, wishing further

For the excitement to arrive

It's just I'd rather be causing the chaos

Than laying at the sharp end of this knife

With every small disaster

I'll let the waters still

Take me away to some place real

E parece uma voz de garoto acompanhado de um piano e então eu vou atrás de onde está vindo.

Cause they say home is where your heart is set in stone

Where you go when you're alone

Is where you go to rest your bones

It's not just where you lay your head

It's not just where you make your bed

As long as we're together, does it matter where we go?

Home

Home

Então eu chego numa sala que eu nunca tinha visto antes então eu abro a porta.

So when I'm ready to be bolder,

And my cuts have healed with time

Comfort will rest on my shoulder

And I'll bury my future behind

I'll always keep you with me

You'll be always on my mind

But there's a shining in the shadows

I'll never know unless I try

With every small disaster

I'll let the waters still

Take me away to some place real

'Cause they say home is where your heart is set in stone

Is where you go when you're alone

Is where you go to rest your bones

It's not just where you lay your head

It's not just where you make your bed

As long as we're together, does it matter where we go?

Home

(Repeated)

Era Sasuke e ele ta tão fofinho cantando assim de olhinhos fechados, ESSA NÃO!!! EU TO APAIXONADO!!

'Cause they say home is where your heart is set in stone

Where you go when you're alone

Is where you go to rest your bones

It's not just where you lay your head

It's not just where you make your bed

As long as we're together, does it matter where we go?

Home

(Repeated)

Ele terminar de toca e como eu sou logo falo.

Você toca e canta super bem – ele aregala os olhos.

Naruto ? – ele diz surpreso.

Por que vo- recebo um soco dele.

Não ouse contar sobre oquw você ouviu e viu – ele diz e saí correndo.

Agora é oficial... ele tem algum segredo e eu vou descobrir o que é - eu digo pra min mesmo.


Notas Finais


1. E tivemos novamente o Naruto filosófico

2. E ele ta todo apaixonado

3. E maldito seja esse alguém


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...