História Quem é o Idiota agora? (Kim seokjin) - Capítulo Único - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Seokjin (Jin), Personagens Originais
Tags Adolescente, Bangtan Boys (BTS), Briga, Cara De Bolacha, Chata, Jin, Kim Seokjin, Seokjin
Visualizações 23
Palavras 1.201
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Ficção Adolescente, Fluffy, Orange, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Escrevam oq vcs acharam ok?!


#happyseokjinday

Capítulo 1 - Escola do caralho


Quem é o idiota agora?

Kim SeokJin

Fanfic ✅ Imagine ❎

Capítulo Único

Estilo: Sexy, engraçado.

Aviso: erros ortograficos propositais, palavras de baixo calão, nudez.

0%

______50%

_________________100%


Lá tava eu, me levantanu pra maizun dia nakela iscola. Tenho 17 anos. Sou sempri a garota ki é esculaxada lá, fazem bulin com migo maz eu não ligu, ate porke tem um beninu la na iscola que eu sempri tiru onda cum a cara de bulaxa deli.

Enfim, eram 7h25min, possivilmente vu me atrasar pa aquela merda de iscola de novo. Sai de casa, arrumadinha, com o uniformi iscolar, sapatilha, uma saia, e uma camisa branca com uma gravata xadrez orriviel.

Peguei a minha bike e fui rumando direto pro inferno que chamam de "iscola". Chegando lá, o portão ja tava fechado. 

A fodase vu pular o muro, arrudiei a iscola e pulei o muro daquela poha, só que eu nau esperava uma coisa, o tal do garotu ki que eu ficu tiranu onda com a cara deli, tava lá na frente, eli tam beim tinha puladu o muro.

~ Uki ce ta fazenu poha? - pErguntei de intrometida.

~ Nada sua puta. - Senti o meu rosto esquentar di raiva.

~ RePETe SeU GAIzIn - Gritei escandoloza.

~ sUa P U T A - Falou eli com todas letras.

Pulei em sima deli e fiquei dando murros neli e puxois di cabelu, ele puxava u meu cabelu e dava tapas e mim.

~ tE FODE vADIA PUTA - Grito eli dinovu.

Eu so dava murros neli e bontapeis, estavamos atrais da kuadra da iscola. Ouvi passos vindo na nosa diresaum e depois um apitu sendo resoado: "priiiiiiiiiiu"

~ Alicia e Seokjin - Gritou a pessoa com o apitu, reconheci e logu vi ki era a prof di ed.fisica.

Senti duaz pessuas me puxano pelu braçu. Olhei pru lado e vi o diretor da iscola e a profesora, aquela cuzona.

~ oS Dois pra minha sala, JÁ!

Seguimos eli ate sua sala. Eli sentou naquela sua cadeira de vovô idiota e olhou para nois dois todos descabeladu e feridus por conta da briga.

~ Podem mi conta oke aconteseu? - O direto falo.

~ Ele mi Chamo de puta - Gritei.

~ Você que me provocou primeru.

~ FODASE VAU TUDIN PRA SALINHA DA DETENÇÃO JÁ, SÓ SAIRAO QUANDO SE ACERTAREM - Gritou o diretor, aquele velho pau no cu e filho da puta.

Eli nos levou ate a salinha da detenção, tinha uma mesa e duas cadeira, boto agenti la dento e trancou a porta. O cara de bulaxa sentou numa cadeira e fico olhando p me.

~ Pare de me olhar assim, ou vou furar teus olhos. - falei emburrada.

~ Voce pulo o muro

~ Voce tabeim seu cuzaum

~ Sua chata do kralho - Falou eli chegando perto jimin - purke ce mi odeia tantu? Nunca te fiz nada.

Fiquei sem oke responde, praticamente eu so fazia aquelas coisa por ke ele era bonito e popula na iscola, odiava isu neli e claro q eu nao ia falar que ESSE era o motivo.

~ Purke tu tem cara de bulaxa e eu odeio bulaxa - Ele arregalo os ôiu e começo a ri.

~ E vose tem cara de cu, sua demonia. - Ele mi encurralo na paredi.

Um botão da minha camisa estava solto, mas era logo o botão do meio que deixava visível o meu peito. Ele olhou a parte aberta da minha camisa e  deu um sorrisu safado.

~ ate q vose é bem gostosinha! - ele prendeu as mia mao na paredi e fico sigurano forte.

~ Sai de perto seu pauzin mixuruca - ele sorriu.

~ Bora V quem tem o pauzin mixuruca - Eli se afasto e tiro a roupa deli todinha.

~ Khe isu doido - falei, Eli se aprocimou jimin e me bejo.

A mão deli percorria o meu corpin todin e foi ate a minha saia a levantando e peganu no meu íntimo, eli ficava fazendo masaje no meu clitóris por de sima da calcinha enquanto beijava a mia boka.

Logo depoix eu abri a mia camisa joguei ela pa longe e fiquei so de camisa e sutiã, enlacei a mia perna na cintura deli e eli pegava na mia bunda, eli me jogo em cima da mesa me deixanu sentada em cima dela. Ele beijava o meu pescoso e dava chipois.

~ Deita ai que eu vu te usar sua puta - Ele foi decenu ate mais em baixo, tiro a mia calsinha e fico lanbendo e chupando o meu clitóris.

~ Ooown ai krl chupa direito - Botei a mia mão na cabeça dele, senti eli enfiando alguma coisa na mia vagina.

Eram doix dedu grande dele ki ele tinha colocado, ele me lanbia e me deixava exitada demaix. A sua lingua era uma loucura.

~ Aai papito ai sim, iso muy biem oown iso siem muy biem oooown papito do céu. - sotei ogarmos em ispanhol.

~ Tu é mo gotosa namoral - Eli falou voltando a beija a mia boca.

O gosto da mia buceta tava presente na boca deli, era maravilhoso. Se o gosto d todas as buceta fosse assim eu chupava variax. Tirei o meu sutiam e joguei fora, eli botou as mão dele no meu paitu e ficou masageanu. Sai de cima da mesa e ajoelhei na fenti deli.

~ Vu xupa teu pau krl - Falei pegando aquele sabre de luz e botanu eli na boca.

Fiquei chupanu aquele krl e ele ficou joganu poha na minha boca, eu engoli tudin. Lambi o pau dele, a cabecinha finginu que era um pirulito grandi. Eli gozo dinovo e eu engoli, fiquei de pé di novo e beijei eli, despois me sentei na mesa de novo e enlacei a mia perna na cintura dele sentindo o pau dele roçando na mia intimidadi.

~ Soca esse pau em me.

~ Pera ae ki que nao quero ter filho nao - eli se afasto e pego uma camisinha, abriu ela e boto no pau deli.

Eli se aproximo di mim e me beijo de novo, peguei o pau deli que parecia de borracha por conta da camisinha e botei dento de mim, fiquei sarrando nele ali mermo, eli apetava a mia bunda e dava tapas enquanto eu beijava eli.

~ Aaaawn papito, maiz fuerte aawn maiz fuerte ooown si papito - Falei em ispanhol di novo.

Eu e eli tavamo todo suado, o garoto solto alguns orgasmu e dps gozamo junto.

Deitamo em cima da mesa um do lado do outo.

~ Vamo si vesti logo. - Ele falo.

Me levantei e vesti a mia camisa a mia saia e a mia casinha da hellokit. Ele fez o mermo se vestindo tbm.

Ouvimo alguém abrino destrancando a porta e abrino depois.

~ Ja si acertaram? - o diretor pergunto

Nós dois falamo que sim e depois saimos da salinha da detençao e fui p mia sala, eli me paro na frente da sala.

~ khi foi cara de bulaxa - Eli riu d novo, ooh sorriso lindo da poha.

~ Da procima vai ser na minha casa sua puta.

~ Ta - eu entrei na sala e ele foi embora.

The end CARALHO




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...