História Quem é Você? ( Park Jimin ) - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Momoland
Personagens Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Nancy, Park Jimin (Jimin), Rosé, Yeonwoo
Visualizações 27
Palavras 1.358
Terminada Não
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello pessoas! 😜

Estou aqui com mais um capítulo pra vocês! 😁

Me desculpem pelo atraso! Mas, agora eu estou aqui novamente. 😻

Boa leitura! 📖❤

Capítulo 7 - Priminho!


Fanfic / Fanfiction Quem é Você? ( Park Jimin ) - Capítulo 7 - Priminho!

-Tchau bolinho! -Disse e sai. 

~S/n


Adoro passar o tempo com Jimin. Hoje ele tem compromisso, mas amanhã vamos aproveitar e muito. 

Agora eu só queria achar Nancy. Mas, ela já deve estar em sua casa. Acho que eu deveria fazer o mesmo, não é? 

Comecei a andar lentamente pelas ruas, olhava cada detalhe do dia. O vento ainda estava forte, as folhas das árvores voavam por aí. O que fazia a calçada ficar toda suja. A maioria das pessoas, andavam para ir ao trabalho. Como eu sabia disso? Quase todos estavam com uma roupa social, e andavam com um olhar autoritário. Eu poderia dizer, que era a única pessoa naquela rua, da minha idade. 

Quando senti alguma coisa no meu bolso vibrar. Peguei o meu celular que estava vibrando, era uma ligaçao. 


Ligaçao iniciada


-Alô? 


Oi filha! É a mamãe!-



-Oi mãe! Como você está? 



Estou bem. E você? -


-Também estou ótima. 



S/n, aonde você está? -



-Indo pra casa. Por que? 


Te encontro là-


-Tabom. Mas... 


Ligaçao encerrada


É claro! Não fico tão surpresa por minha mãe, desligar na minha cara. Mas, tudo bem. 

Comecei a correr em direção a minha casa. Pois, sei que minha mãe é rápida e não gosta muito de atrasos. 


 [...]


Tirei a chave da minha mochila a abri a porta. Fechei a mesma e joguei a minha mochila no sofá. 

-Umm... Então, é isso que você faz? -Sim, a minha mãe já havia chegado. - Você deixou essa casa uma bagunça.

-Ah... Mãe, chegou cedo. 

-Não, você que chegou atrasada. Deu até pra fazer um cafézinho. -Disse a mesma dando um gole no seu café que estava em cima da mesa de estar. -Ainda está de uniforme? 

-Sim, é que depois das aulas eu fui comer com a Nancy. -Disse pegando a minha mochila em cima do sofá. 

-Então, vá tomar banho. Troque de roupa, e não demore. -Disse se sentando. 

-Ta bom. Eu volto daqui a uns dez minutos. -A mesma assentiu. 


[...]


Tomei um banho, coloquei uma roupa confortável, e por fim guardei a minha mochila no meu quarto.

-Cheguei! -Disse indo até a sala de estar. 

-Finalmente. -Escutei sua voz na cozinha. 

Fui até a mesma, e me deparei com uma mesa cheia da comida. Minha mãe, estava sentada em uma das cadeiras. 

-Sente-se. -Disse a mesma. E eu fiz o que foi pedido. 

-Uau! Como conseguiu fazer tudo isso em tão pouco tempo? -Disse começando a saborear. 

-Um mágico nunca revela seus segredos. -Disse com um sorriso no rosto. 

-Se você diz...

-Bom, eu estou aqui por que precisamos conversar. -Ela disse, e rapidamente olhei para a mesma. 

-Aish... O que foi que eu fiz desta vez? -Disse terminando de mastigar. 

-É o que você vai fazer. -Fiz um olhar confuso. -Lembra do seu primo? 

-Um.... Qual deles? 

-O seu preferido, o Jeon. -Disse e rapidamente fiquei animada. 

-O Jeon! Como ele está? -Disse ainda comendo. 

-Ele está bem. Mas, precisa de ajuda. - eu prestava atenção em cada palavra da mesma.-O Jeon vai se mudar para a cidade. Mas, ainda não sabe aonde vai ficar. Então, como vocês são bem próximos, achei que ele poderia ficar aqui com você. Mas, é temporário. 

-Eu adoraria! Mas, aonde ele iria ficar? Eu só tenho um quarto. -Disse num tom preocupado

-Ele pode dormir na sala, ou até mesmo pode pegar aquele colchão reserva.-Disse minha mãe, tranquila. 

-Ta bom. Então, fale pro Jeon que ele é sempre bem vindo! -Disse animada. 

-Arrume a casa. Daqui a pouco ele chega! -Disse a mesma se levantando e tirando um bolo do forno. 

-Nossa! É hoje?-Disse de boca aberta. 

-Sim, é hoje. Tem alguma coisa pra fazer a tarde? 

-Sim! Ficar com o Jungkook! -Disse rindo. 

-Apenas vá S/n.-Disse rindo e eu me levantei indo até a sala. 

Pensando bem, acho que o apartamento estava mesmo bem bagunçado. Arrumei as almofadas no sofá, limpei o chão, passei um pano na mesa de estar, lavei o banheiro, entre outras coisas... 

Quando finalmente havia acabado, me deitei no sofá. Eu estava sem fôlego, fiquei pensando no Jeon. Faz quanto tempo que não nos vemos? 

Jeon é meu primo preferido, como disse minha mãe. Nós passamos praticamente a Infância todinha juntos. Mas, a família de Jeon, decidiu se mudar para muito longe. Assim, nós nunca mais nos vimos. É claro, que as vezes conversamos pelo celular. Mas, não é a mesma coisa. Pra falar a verdade, estou bem nervosa. Um frio na barriga e anciedade. 

Só de pensar que vou ver aquele garoto todos os dias, meu coração dispara. Bom, não são todos os dias, pois, infelizmente vai ser temporario. Eu não me importo de ter Jeon morando aqui todos os dias. Talvez seja mais fácil, assim, ele não teria que procurar outro lugar. 

O barulho da campainha toca me tirando dos meus pensamentos. A única coisa que vinha na minha cabeça era Jungkook. Ele havia chegando? Era ele mesmo? 

Rapidamente vou até o corredor do meu quarto. Me olho dando uma pequena arrumada no espelho que havia ali. Quando percebo que já estou bem, Corro até a porta, respiro e coloco a mão na maçaneta a abrindo lentamente. 

Meus olhos brilharam aos ver o garoto a minha frente. Estava quase irreconhecível. Tão bonito! Seus cabelos castanhos estavam maiores, seus olhos... Nem tenho palavras para explicar. Jungkook sorria, e quando me viu parace que aquele sorriso aumentou - O que me deixou mais feliz ainda. - Eu estava sorrindo, mas ao mesmo tempo estava de boca aberta não acreditando no que eu estava vendo. 

-Jungkook! - Gritei - É você, mesmo?-Ainda estava inacreditada. 

-Sim. Aqui é o Jeon Jungkook, o seu priminho Kookie! -Disse rindo. 

Eu não aguentei e o abracei imediatamente. Estavamos rindo, e uma lágrima se escorreu do meu rosto de alegria. Aquele era mesmo o Kookie, o meu priminho mais velho. O brincalhão! Nos separamos do abraço. 

-Você não sabe o tamanho da minha saudade! -Disse praticamente chorando na frente do mesmo. 

-Eu também! -Disse limpando minhas lágrimas- Mas, não se preocupe. Vamos aproveitar muito de agora em diante! -Disse sorrindo. 

Dei espaço para o mesmo entrar. Fechei a porta trancando a mesma novamente. E fui seguindo o mesmo que estava olhando em volta do apartamento. 

-Gostou? Não é tão chique e bonito mas... 

-É perfeito! - Me intenrropeu e virou-se pra mim o que me fez sorrir. -Aliás, temos muitos coisas para conversar, mocinha. 

-Por exemplo? 

-Como você mudou! Desde a última vez que a vi, estava nessa altura. -Disse demostrando o tamanho bem pequeno com suas mãos. -E era mais feinha. 

-Aish! -Disse dando um pequeno soco no seu ombro.-Não era tão feia assim. -Disse e o garoto a minha frente começou a rir.

-Tabom. - Levantou suas mãos em sinal de rendição. -Você não vai mudar de ideia mesmo. 

-Ta pedindo pra morrer, né? -Disse brincando é o mesmo riu. 

-S/n, não fale essas coisas pro Jungkook. -Minha mãe apareceu do nada. 

-Tia! Que saudades da senhora. -Jungkook disse comprimentando a mesma. 

-Também estou com saudades Jungkook! Como estão seus pais? 

-Estão trabalhando muito. Mas, estão bem. 

-Que bom! Quando falar com eles novamente, fale que eu mandei um beijo. 

-Eu também! Mandei um beijo, um abraço e diga que eu quero muito vê-los novamente. -Eu disse. 

-Pode deixar! Vou dizer tudo. -Disse Jungkook gentilmente. 

-Sente-Se Jungkook. Você deve estar cansado. -Disse minha mãe pegando as várias malas de Jungkook, e me entregando. -S/n, eu vou ali na cozinha. Ajude Jungkook. -Disse saindo e fui fazer o que ela havia dito. 

-Não precisa. -Disse Jungkook pegando suas malas da minha mão. 

-Precisa sim! Eu vou coloca-las no meu quarto enquanto você senta ai. -Disse com um sorriso no rosto. Peguei as malas, e fui levando as mesmas para o quarto. 

Abri a porta, e comecei a procurar um lugar para colocar as mesmas. Quando finalmente achei, fui andando quando apenas senti o impacto no chão. Por algum motivo, eu havia Tropeçado em uma almofada, e caido. Como alguém tropeça em algo tão grande? Aish... Me levantei dali e percebi que as malas de Jungkook estavam abertas. Fui colocando dentro as coisas que haviam caído, quando vi uma coisa que não esperava. 




Notas Finais


Espero que tenham gostado do nosso novo personagem! ❤

O que será que a S/n achou? 🤔

Bom, eu não sei quando vou postar de novo. Mas, saibam que eu vou continuar a fanfic! ( Óbvio! ) 😝

Até o próximo capítulo! 😹


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...