História Quem é você?(Imagine CNCO) 2 temporada - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias CNCO
Personagens Christopher Vélez, Erick Brian Colón, Joel Pimentel, Personagens Originais, Richard Camacho, Zabdiel De Jesús
Tags Cnco
Visualizações 86
Palavras 677
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


💐Boa leitura💐

Capítulo 3 - Sonhos


Fanfic / Fanfiction Quem é você?(Imagine CNCO) 2 temporada - Capítulo 3 - Sonhos

-Como assim eu…

-Pediu pra chupa-la? E eu lá vou saber, Chris? Você era desorientado da cabeça, ninguém te entendia!

-Como vou olhar pra cara dela agora? Eu era um idiota Zabdiel! Que homem que por ciúmes chupa a mulher?

-Não sei, mas que ela gostou, ela gostou.

-O q… -É interrompido, pela porta que é aberta inesperadamente, pelo médico que faz uma pequena saudação e começa a explicar.

-Senhor Vélez, estávamos analisando o seu caso, como foi pedido e bem… Não há muito o que fazer aqui no hospital, sua perda de memória é considerada temporária e minha equipe concorda que em casa há probabilidades de que você se recupere mas rápido!

-Então poderei ir embora?

-Sim, seu amigo só terá que assinar alguns papéis, termos de responsabilidade e umas coisas e estarão liberados!

-Vai Zabdiel, por favor assina rápido! Não aguento mais ficar deitado e ah, branco se tornou a cor que eu mais odeio.

[…]

Depois de toda uma burocracia e vários xingamentos por parte de Zabdiel. Eles conseguiram sair do hospital e ir em direção a casa de Christopher.

Enquanto isso, ______________ recebia uma ligação da polícia, acharam pistas suspeitas na cena do acidente. Grãos de arroz!

Ela estava confusa, grãos de arroz? O que tem haver com quem cometeu o crime? Seus pensamentos foram interrompidos pelo barulho da porta da sala, a mesma estava no antigo escritório de Chris. Ela encerrou a ligação e correu em direção sala se jogando aos braços de Christopher, o abraçando devidamente, já que no hospital não era possível.

—CHRISTOPHER! -Gritou Samuel, que saiu correndo em direção aos mais velhos, o pequeno acordou com a movimentação no andar de baixo.

-É… Pensei que você me chamasse de pai.-Falou Chris entre o abraço.

-É só quando você merece cricri! -Diz se afastando.

-Eu me sinto ofendido…-Sorri derretendo ____________, por completa, que apenas observava a interação dos dois.

-O tio merece um abraço também, né? Pois ele trouxe o confuso aí !-Zabdiel diz divertido.

-Cala boca, eu te dou um abraço, mas par…-Ela iria em direção ao Zabd mais foi interrompida, por Christopher que colocou o braço na frente.

-Eu acho melhor não…-Chris sorri sem graça.

-Ele tá recuperando a memória, já está até voltando a ser possessivo… Meu Deus…-Zabdiel ri.

-Eu só t… Desculpe, algo em mim não aceita a ideia dele dar um abraço em você.

-Tudo bem…

[…]

Eram apenas onze horas, a casa já se encontrava silênciosa pois todos já haviam dormido, bom… Nem todos.

-Mãe…-Samuel cutucava _______ baixinho, em uma tentativa completamente falha de não acordar Chris que estava ao lado.

-Pequeno? Aconteceu alguma coisa? Você está bem?

-Eu não consigo dormir, venho tendo sonhos esquisitos…

-Esquisitos, como exatamente?

-Não sei explicar… Toda vez que fecho os olhos vejo um menino.

-E isso não é legal? Sonhar com um amiguinho?

-Mas ele… está morto.

[Flashback on]

-Tem certeza que tá pronta, amor?

-Eu não tenho, mas eu quero… A casa fica tão vazia, e…

-Eu te entendo, anjo.

-Vamos então?

[…]

Chegando ao orfanato, já podia se ouvir as risadas e os gritos das crianças, que aconchegam o coração de qualquer um que passa ao redor.

_________ abre um lindo sorriso ao adentrar o lugar com dezenas de crianças correndo de um lado para o outro alegrando o lugar. Até Christopher é contagiado pela alegria do lugar mas… Nada e nem ninguém é perfeito.

Eles andavam acompanhados da diretora do local, quando ouvem um barulho estranho vindo de um dos quartos. A diretora diz que é comum, mas ainda sim não deixava de despertar a curiosidade nos dois.

Sem pensar nas consequências ele adentram o suposto quarto e… Encontram um menino amoadinho, tristonho e tremendo.

Christopher olha para diretora, que lhes acompanhava, tentando buscar respostas. Enquanto ________ saia correndo em direção ao mesmo lhe abraçando, um abraço que foi retribuído de uma forma tão intensa que quase a fez chorar.

-Porque está chorando aqui sozinho pequeno? -Ela pergunta fixando o olhar, no do garotinho amedrontado.

-Venho tendo sonhos esquisitos…

[Flashback off]

-Você já teve esse tipo de sonho, né?- Chris pergunta abrindo um espaço na cama.

-Sim… Como sabe Cricri?

-Intuição… Deite aqui comigo, okay! Aqui não a nada a temer…-Diz trazendo Samuel ao peito e o aconchegando.

-Eu te amo tanto, papai! -Abraça fortemente Christopher que abre um sorriso casto.


Notas Finais


“Grãos de arroz essa autora tá louca!"
Um pouquinho mais tudo vai fazer sentido ;-;
Samuel e esses sonhos estranhos... Teorias?
Tenham um bom dia, amores💞✨


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...