1. Spirit Fanfics >
  2. Quem Fez Karasuno >
  3. KageHina - Parte 2

História Quem Fez Karasuno - Capítulo 53


Escrita por:


Notas do Autor


Demorei? Eu tinha esquecido 👉👈
N foi por mal 😐

Tem uma coisinha p vcs nas notas finais 😘

Boa leitura!

Capítulo 53 - KageHina - Parte 2


A entrada repentina do desconhecido fez Hinata tremer na base pelo susto.

- É seu amigo Tobio? - perguntou com um sorriso.

- O que você é do Kageyama?

Ele vai mesmo perguntar isso? Oikawa sempre fala coisas incertas e confusas, tenho certeza que Hinata pode interpretar qualquer coisa que ele falar de outro jeito.

- Ah... Já jogamos na mesma equipe... E também... - falou se aproximando mais dos dois.

Ele e Hinata já estavam meio afastados por conta da pequena discussão de antes, tudo que Hinata mais queria era afastar Tobio daquelas mãos que insistentemente se aproximavam do levantador.

- Também o que? - perguntou sentindo a garganta fechar. Não! Shoyo não choraria de novo! Não tem nem porquê. Eles não tem nada, nada! Kageyama está comigo. Kageyama... Realmente está comigo?

- Tobio já foi meu primeir- - começou a dizer e apertou o levantador mais novo em um meio abraço, mas logo foi cortado por Hinata.

- Entendi! Não quero saber. - Hinata olhou uma última vez para Tobio e saiu de lá.

- Você não sabe segurar a porra da sua língua!?! - reclamou e empurrou o mais velho.

- O que eu fiz? Ele parecia irritado.

- Óbvio que ele iria estar irritado! Porque você fala tanto?! Eu estava quase me acertando com ele!

- Oh! É seu namorado? Não diga! Achei que seria sempre o rei egocêntrico que não pensa nos outros. Você mudou, Tobio.

- ISSO NÃO É DA SUA CONTA! Pare de se intrometer em minha vida, você é como uma praga!

- Ok, ok. Pegou pesado, Tobio. Quer que vá falar com ele? O que quer que ele tenha entendido eu notei que foi um engano.

- Como se ele fosse te escutar!

- Ei, Ei! O que está fazendo aqui? - outro apareceu. Tava brotando gente até do inferno! Tobio já tremia de raiva pelo ex parceiro de equipe.

-Iwa! Esse é o garoto que eu te falei. O primeiro que quase roubou meu lugar como levantador titular no passado.

- Hum... O que estavam fazendo aqui? - o de cabelos pretos perguntou se aproximando do namorado.

- Atrapalhei a briga com o namorado dele... Ou será ex? - disse/perguntou com deboche.

- Cala a porra da boca, Oikawa!

- Seu time está te esperando. - Kageyama apenas deu as costas e saiu dali - O que você fez, Tooru?

- Eu?! Porque acha que fui eu?

- Você sempre dá com a língua nos dentes, acha que eu não te conheço? - disse e beijou a nuca do outro.

- Mas eu tenho certeza que aquele garoto com pernas de mola que entendeu errado!

- O número dez?

- Esse mesmo.

- Seja o que for. Se resolvam logo. Você sempre faz um inimigo, não importa que escola esteja aqui. - começaram a andar de volta para o ginásio - Se seu corpo aparecer morto em qualquer beco, não vou estranhar.

- Você pensa muito mal de mim!

- Eu sei o namorado idiota que eu tenho. Agora vai lá e resolva esses maus entendidos.

Hinata estava com raiva, desde que saiu de lá Kageyama não havia ido atrás de si.

E que papo todo era aquele de Tobio ser o primeiro dele? Será que ele já foram... Até o fim? Por isso Kageyama não queria mais tocar no meu corpo...? Aquele é o tipo de pessoa que ele gosta? Então porque ele me beijou naquele dia? Porque ele quis começar tudo isso comigo? Eu sou tão... usável assim?

- Tá pensando na morte da bezerra?

- Antes fosse...

- Você está muito desanimado, Hinata!

- E você muito animado, Nishinoya.

- Claro! Acabamos de ganhar num amistoso de três sets. Óbvio que eu vou está animado!

Hinata tentou ignorar os pensamentos e começou a conversar sobre a partida com Yu e Ryu, que rapidamente fizeram o pequeno corvo voltar a sorrir e se divertir como antes.

A carranca de velho - popularmente conhecido como Kageyama - entrou e apenas arrumou a mochila. Indo se sentar e esperar que Ukai e o professor voltasse da conversa - nem tão animada - que estavam tendo com os treinadores da escola adversária.

Oikawa entrou acompanhado de Iwaizumi e tão rápido quanto entraram, se separaram.

O capitão da Aoba Johsai chamou Hinata com um aceno de mão, que a contragosto foi em sua direção.

- O que quer?

- Achei que seria mais legal, ruivo-chan!

Hinata suspirou e iria dar meia volta, se a mão de Tooru não o tivesse impedido.

- Olha, não sei o que você entendeu naquela hora, mas como você me interrompeu quando estava falando, acho que você achou que eu e Tobio já tivemos algo, não foi?

- Se vocês tiveram ou não, isso não é da minha conta! É problema de vocês!

- Me escuta. Eu disse que ele era o meu primeiro no levantamento, ele quase roubou meu posto de levantador uma vez e eu iria dizer que somos como... Rivais. - a face irritada de Shoyo deu lugar a um rosto surpreso - Eu sabia que você tinha entendido alguma coisa errada... Agora é com você, ruivo-chan!

- Shoyo Hinata. Meu nome não é ruivo.

- Certo, entendi.

- OIKAWA!

- HITOKA!

O ruivo saiu daquele meio de abraço forçado - que acabou participando - e se afastou, indo em direção à sua mochila e a pegando.

EU SOU UM IDIOTA! COMO PUDE ENTENDER TUDO ERRADO! O Kageyama parece estar com raiva... Droga! O que eu faço?

- Então vocês brigaram. - Suga perguntou em um sussurro

- O QUE?! Não! Já nos resolvemos. - tentou desconversar.

- Já se resolveram? Tá achando que engana quem? - a voz aterradora do mais velho fez Hinata sentir um frio percorrendo sua espinha.

- O que? Eu estava indo falar com ele agora mesmo!

- Ah, é?

- Sim! - afirmou rapidamente.

- Já estamos de saída! Vamos indo! - Ukai avisou

Kageyama andou mais na frente e Hinata mais atrás, com medo de avançar e ser recebido com um cascudo... Ou até um soco.

- Eu tô sentindo uma áurea negra do Kageyama daqui. Vocês brigaram?

- Não, Tanaka, não brigamos! Porque todo mundo acha isso?

- Porque você é o único com quem ele demonstra alguma coisa.

- Realmente, ele nos trata diferente de você. O que é bom, pois não tô afim de sempre ser recebido de forma violenta.

- Hinata Masoquista Shoyo. - Yu riu. É até irônico, já que o masoquista da rodinha é quem falou. Asahi se permitiu pensar.

- Isso é impossível! E ele trata vocês do mesmo jeito que me trata, ele até trata vocês melhor que eu!

- Olha Hinata, eu só acho que esse é o jeito dele de dizer que se importa. - Tanaka disse

- Kageyama é meio... - Ennoshita começou.

- Cabeça quente, carrancudo e tem uma língua afiada. - Yu completou.

- Mas se importa com você. - Asahi disse e Hinata sentiu as bochechas ficarem rubras

- Disso eu não discordo. Porque não vai lá falar com ele? - apenas assentiu e foi para o lado do outro.

- Já veio brigar de novo? - Kageyama perguntou assim que notou o ruivo ao seu lado.

- Você vai lá para casa hoje.

- Com base na decisão de quem? - Hinata pegou discretamente na mão do levantador e ficou a brincar com os dedos, este que não o afastou e nem puxou sua mão.

- Na minha... Me desculpa por ser infantil demais. Eu acho que... Tudo era... Ciúmes.

- Naquela hora você não acreditou em mim... Perguntou ao Oikawa sobre que tipo de relação tínhamos, tirou as próprias conclusões e não queria falar comigo.

- Eu já pedi desculpas. Vai ficar chateado de novo? Você também me deixou mal.

- Não... Eu nem queria ficar com raiva desde o início. - segurou a mão de Shoyo - Me desculpe também.

- FINALMENTE! EU ACHEI QUE IRIA TER QUE ASSASSINAR DUAS PESSOAS AINDA HOJE! - Sugawara gritou e arrancou risadas do restante do time.


Notas Finais


Bom, como eu sempre digo: resolva suas coisas na base da conversa, se não der certo, só sair no murro.
Até a próxima para mais dicas de um bom relacionamento!

Kklk

Brincadeira

Spoiler do próximo capítulo em uma palavra: TsukYama


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...