História Quem matou Naruto Uzumaki? - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Izumi Uchiha, Kakashi Hatake, Kiba Inuzuka, Konohamaru, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Personagens Originais, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasuke Uchiha, Shino Aburame, Shisui Uchiha, TenTen Mitsashi
Tags Quem Matou?
Visualizações 27
Palavras 1.157
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, LGBT, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Projetinho novo, fruto de uma das melhores aulas que já tive na minha vida, no qual nunca esqueci. Cada capítulo será na visão de uma pessoa presente na festa.

Espero que gostem e vamos ver quem adivinha quem é o assassino primeiro. Hahaha!

Boa leitura ❤️

Capítulo 1 - Sasuke Uchiha




Sasuke.


A roupa elegante e sob medida coube perfeitamente em seu corpo. Seu cabelo penteado para trás e fixo com a ajuda de um gel, adicionava ainda mais elegância em sua imagem, procurando estar a altura do evento que estava prestes a ir. E não era qualquer evento...

Era aniversário de seu melhor amigo, Naruto Uzumaki.

O presidente dos Estados Unidos da América.


.

.

.


A primeira coisa que viu quando passou pela rígida barreira de segurança, foi Kushina Uzumaki, impecavelmente elegante, dizendo para os empregados onde colocar cada petisco, e quando ela estava prestes a dar uma bronca em um, lhe viu.

Ela logo aprumou a postura, colocando um sorriso em seu rosto, e se aproximou ajeitando o decote no vestido prata.

- Uchiha-kun, quanto tempo! – Era evidente a falsidade no sorriso nos dentes tratados e incrivelmente brancos, lhe cumprimentando numa simpatia simulada que lhe dava asco.

- Kushina. – A cumprimentou sério, ignorando a mão estendida.

- Simpático como sempre. – A viu bebericar champanhe na taça de cristal.

- Só com quem merece. – Um dos empregados passou, e pegou uma taça, com a mesma bebida da mulher.

Pensava que ela nunca iria mudar. Nunca iria mudar aquele comportamento adolescente esfregando o decote em sua cara, mesmo sendo uma mulher de quarenta e dois anos, na casa do filho e do falecido marido. Mas visto o que ela já havia feito com seu irmão, não duvidava de mais nada vindo daquela mulher.

Iria perguntar onde estava Naruto, mas o viu entrar no ambiente, ao lado da esposa, Hinata, grávida de sete meses de um menino no qual eles dariam um nome que na sua opinião, era ridículo.

- Achei que não viria. – O loiro o cumprimentou com um sorriso no rosto.

A amizade se formou quando Sasuke foi chamado para fazer parte da equipe de seguranças da casa Branca, e uma espécie de guarda-costas, o acompanhando em todos os lugares e com isso, a amizade nasceu, já durando quatro anos.

- Sim, eu também. Mas como meu chefe resolveu me dar folga hoje e como não queria ficar em casa sem ter o que fazer, aqui estou. – Disse bem humorado, vendo Hinata sorrir junto.

- Como está Shizune? – O sorriso se desfez e bebeu um grande gole de seu champanhe.

- Nós terminamos. – Hinata o olhou surpresa. – Tem uns meses e ela se mudou para o Alabama. – Um silêncio perdurou o trio, mas logo Naruto lhe dá um toque em seu ombro.

- Foi melhor assim. – Sabia como era relação deles e poderia falar sem medo de que aquela mulher era no mínimo, louca.

Sasuke apenas concordou com a cabeça e logo o casal foi cumprimentar os outros convidados que estavam chegando e se dirigiu a uma mesa não muito longe de onde estava conversando com Naruto, e viu por cima do pequeno aglomerado de cabeças de que se tratava de uma mesa de poker.

Algumas pessoas já estavam sentadas e concentradas jogando e resolveu assistir, já que era um dos hobbys que mais gostava de fazer em seu tempo livre.

O champanhe de seu copo havia acabado, e só se deu conta de quando foi levar o copo a boca, se dando conta da ausência da bebida. Olhou em volta e ao seu lado, uma garçonete servia Bourbon a um senhor. Uma garçonete muito bonita ao seus olhos.

Segurava a bandeja com maestria, servia a bebida com elegância e por Deus, o bumbum naquele Short era perfeito. Os fios róseos eram num tom suave, mas mostrava que ela tinha uma certa ousadia, já que além do cabelo, tinha alargadores e uma tatuagem no antebraço.

Levantou a mão quase que de forma automática, vendo olhos no tom de verde mais lindos que já viu na vida, caminhar até onde estava e lhe oferecer a variedade de bebidas que ela estava servindo.

Optou por um whisky escocês, vendo agora mais de perto, ela servindo seu copo. O rosto era simétrico, sardas na região das maçãs, lábios finos e olhos lindos. Sabia que estava na festa do presidente dos Estados unidos, mas assim como ele, era um ser humano e bom... Estava interessado naquela mulher.

- Sei que deve ouvir muita porcaria de muitos caras babacas por aí, mas eu poderia saber pelo menos o seu nome? – Viu as esmeraldas lhe olharem com surpresa após encher seu copo, enquanto ela pegava uma espécie de pinça e colocava um cubo de gelo em seu copo.

- Porquê?

- Porque você chamou minha atenção. – Gostava de sinseridade. – Fiquei interessado em você. – Confessou após um gole da bebida recém servida.

- Interessado em me conhecer primeiro ou só quer me levar pro canto mais quieto da casa e transar escondido? – Sorriu, pensando que aquela menina apenas ganhava pontos em seu conceito.

- Prefiro uma coisa de cada vez. – Ousou dizer, entrando no jogo dela.

- Por enquanto pra você eu sou cereja, mas vou voltar e aí, até o fim da festa, vamos ver se você será digno de saber meu nome. – E com isso, ela saiu, se unindo aos outros funcionários responsáveis pelos comes e bebes da festa, que já estava lotada.

Voltou a sua atenção ao jogo de poker, onde um senhor com um charuto nos lábios sorria, mostrando a jogada na mesa; Royal flush.

O perdedor não sorria, mas cumprimentou o ganhador que havia acabado de ganhar dez mil dólares.

Quatro anos com Naruto foi o suficiente para ver que pessoas com alto poder aquisitivo pareciam não se importar em gastar ou apostar altas quantias de dinheiro. O que o espantou um pouco no começo, mas agora, já acostumado, viu o homem apenas dar as costas para a mesa e partir para outra, onde acontecia o jogo da roleta e algumas pessoas estavam lá, algumas perdendo, outras ganhando muito dinheiro.

E ainda ali,vendo outras pessoas ocuparem o lugar das que tinham saído, um grito ecoou o local, alto o suficiente para ultrapassar o lounge suave que tocava, fazendo todos se olharem em dúvida, mas assim que ouviu o grito, correu em direção da onde veio, correndo com outros seguranças que estavam a paisana na festa e de forma bruta, abriu a porta de mogno pesada do escritório de Naruto, que se encontrava no local, caído e rodeado pelo próprio sangue, com o pescoço cortado.

O choque em seu corpo o fez ficar paralisado diante da cena que estava vendo na sua frente. Hinata ajoelhada, sacudindo o corpo do marido, sendo amparada por um segurança que a ajudou levantar, mas recebendo unhadas e tapas de uma mulher em choque, gritando que tinham que salvá-lo.

Um outro segurança, que deveria ser novo na equipe de Naruto, a ajudou a sair dali, deixando-o só com o corpo, onde tentava entender como diabos aquilo havia acontecido sem ninguém ter visto nada dentro de uma fortaleza como a casa branca, o lugar que supostamente era o mais seguro do mundo. E principalmente...

Quem matou Naruto Uzumaki?


Notas Finais


Kushina já mostrando que não é a melhor pessoa do mundo e Sasuke já querendo dar uns pegas na Sakura XD

Naruto mortinho da silva. Quem será que foi?

Que comecem as apostas!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...