História Quem me quer morta ? - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 1
Palavras 575
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Policial, Romance e Novela, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Agora o clima de felicidade vai acabar eu irei madrugar para escrever, lindo preciso estudar mas estou aqui por você! Meu parceiro me disse uma vez que bilhete com ameaça não é uma coisa muito boa.

Capítulo 3 - De quem é esse bilhete ?


Era um diário bonito, abracei minha amiga e logo eu, meu paquera e Julia ficamos conversando sobre como seria nosso dia, tudo se relacionava a mim, a festa que iria ser no boliche da cidade o único que não faliu por sinal.

Eu estava animada mas alguma coisa em mim me perturbava, o que será? Deixei a casa com a porta aberta como na última vez e minha mãe brigou bastante comigo ? Não eu sinto que é outra coisa.

--Ei acorda bonitinha, ele falou rindo em minha direção eu estava presa em meus pensamentos e mau percebi para onde iria o rumo da conversa andava, antes de responder o sinal tocou.

E Julia disse --Mas tarde combinamos tudo, me abraçou mais uma vez e os dois saíram e disseram ao mesmo tempo -- Feliz Aniversário, nossa que rápido eles se foram pensei porém mesmo assim eu estava bem.

Meu coração saltava de felicidade, era bom se sentir amada assim, porém será o suficiente ? Talvez eu deva experimentar o amor de namorado, como será ter alguém que te ame.

Peguei minhas coisas e fui em direção a minha aula de matemática detesto por sinal, no caminho observando o ambiente notei que as pessoas estavam um pouco mais agitadas que o normal.

Perguntei a Meg uma garota que faz aula de arte comigo muito boa por sinal o que estava acontecendo.

Ela me respondeu, -- Vasaram os nudes da líder de torcida em seguida murmurou talvez ela mesma tenha feito isso é saiu rapidamente.

Incrível como uma simples foto te faz ser julgada por todos, tenho pena dela apesar de nunca ter conversado com ela,  Olivia deve estar em prantos.

Me aproximo mais da multidão e consigo ver ela correndo em lágrimas em direção ao mural que estava as fotos ela retira todas rapidamente enquanto coloca na mochila. Deveria ajuda lá? Não provavelmente suas amigas irão fazer isso, é não é que acertei, duas líderes de torcidas se aproximaram e abraçaram ela é arrastaram pro banheiro, a cena era deprimenté porém o que acontecéu depois  mais ainda.

Um coral de meninos começaram a falar: Puta, Puta Puta a medida que ela andava o corredor gritava mais alto, eu sabia que os garotos daqui não eram flor que se cheire mas chegar a esse ponto, a garota já está traumatizada com certeza vai se mudar de escola, termina o namoro, e fazer terapia por um bom tempo, se ela não se matar ainda vai estar no lucro incrível como me surpreendo negativamente com a humanidade.

O silêncio reinou quando o diretor chegou e perguntou o que estava acontecendo.

Eu sai dali antes de ouvir suas palavras e fui para minha aula, consegui ouvir fofocas que a amante do namorado de Olivia viu as fotos no celular dele e vazou, depois de presenciar esse ocorrido talvez não namorar seja uma boa idéia.

Eu esqueci  meu livro por causa daquela confusão toda pedi ao professor para deixar eu pegar no meu armário, ele disse que sim com uma cara meio brava, fui sem olhar para atraz.

Os corredores estavam vazios parece que o diretor conseguio controlar a situação abri meu armário e surpreendetemente encontrei uma carta, buguei meu cérebro por alguns segundos ai me lembrei deve ser por causa do meu niver abri a carta e lá estava escrito isso é um bilhete, rir com a ironia porém meu riso se desfez quando li o resto do conteudo.


Notas Finais


Tenso, isso na vida real acontece muito não julguem pois assim as coisas podem serem menos ruins para seu amiguinho ou amiguinha


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...