História Quem não tem poder, não pode sobreviver - Capítulo 3


Escrita por:

Visualizações 51
Palavras 1.571
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


3 capítulos em 3 dias, quem diria em? Enfim.. já que estamos voltando e eu estou praticamente ''RUSHANDO'' os capítulos que estão salvos e apenas revisando um de cada vez, vamos acalmar as coisas.

O capítulo 4 será adiado para domingo ou sábado por dois motivos.
1: Pra vocês se situarem na história com mais calma. Eu acho que estou apressando demais e também a grande maioria voltou ás aulas nessa semana então terá uma pausa para todos lerem os capítulos com mais calma.
2: Nessa sexta vou ter que apresentar um seminário no colégio, valendo como a 1° parcial. Hehe.. eu estou bem sobrecarregado também então vamos deixar essa semana agitada passar.

Boa leitura..

Capítulo 3 - Uma proposta irrecusável.


Fanfic / Fanfiction Quem não tem poder, não pode sobreviver - Capítulo 3 - Uma proposta irrecusável.

Amanhecer - Dia seguinte: Horário desconhecido..

- ''Merda, acabei acordando cedo demais ou o horário está diferente do normal?''

Percebo que acordei no meio da noite mas é quase 6 horas da manhã quando olho para o relógio de parede no quarto, acho que acabei dormindo não tão bem quanto eu queria mas não vou reclamar desse conforto. 

- ''Uff ele está aqui, melhor leva-lo comigo caso algo aconteça e também.. não quero que ele seja achado por um engraçadinho e espalhe tudo, privacidade é bom não é?''

Merda acabei pensando alto demais e espero que ninguém tenha ouvido isso. Enfim.. melhor pegar meu caderno e nossa, ele tem folhas pra CARALHO!! Parece que vou amar escrever sobre todos os meus dias mas... é melhor me levantar e pegar um ar agora, isso vai ser bom para se livrar da preguiça.

- (''Caramba esses corredores são exageradamente grandes!'') - Pensei enquanto percorria o colégio, o sol já estava nascendo e os alunos provavelmente vão ter aula somente á partir de 7 horas da manhã. Eu preciso resolver isso logo com o diretor desse colégio, não quero que alguém me reconheça aqui e eu acabe me fodendo depois.

- ''Será que ele está nessa sala?'' - Paro em uma enorme sala, ela parecia está em destaque entre todas as outras no corredor e parece ser a maior entre elas. - ''Com licença..'' - Abro devagar a porta e tive uma pergunta respondida enquanto outra aparece.

A primeira coisa é que sim, isso é a diretoria principal da escola. Tenho certeza absoluta porque é bem parecida com os dos animes escolares clichês que me lembro ter visto nos comerciais das vitrines quando andei pela primeira vez na cidade e segunda, tem um cara de cabelo branco sentado na cadeira e o sol nem apareceu ainda e isso, deixa a coisa mais sinistra. Tem uma atmosfera pesando nas minhas costas enquanto estou parado na porta.

- ''Entre. Eu estava esperando por você, Mike Sato.''

COMO DIABOS ELE SABE O MEU NOME?! Melhor não deixa-lo esperando - ''Aqui é a diretoria da escola? Onde está o diretor? Por acaso você é filho dele ou algo assim?'' - Pergunto e o cara acaba caindo na gargalhada, aquilo está me irritando e me fazendo ter vontade de dar meia-volta e sair dessa merda mas ele finalmente se acalma e fala sua resposta.

- ''Porra, você é engraçado pra caralho! Todos os alunos me dirigem com bastante respeito sabia?''

- ''Respeito?'' - Oh merda.. será que ele ouviu meu pensamento alto? Eu preciso me controlar.

- ''Sim e você é o tipo que pensa alto né? Legal, mostra sua sinceridade e eu gosto disso na minha escola.''

ESCOLA?!?! NÃO QUER ME DIZER QUE ELE É... É... É... 

- ''O..O..O''

- ''O.. O.. O que mesmo mike? O gato mordeu sua língua?''

CLARO, VOCÊ ACABOU DE AFIRMAR QUE É O MESMO VELHO DE ONTEM!!

- ''Calma garoto. Sim, eu sou o diretor e tem um motivo para eu está com essa aparência. Oh, venha ver isso!!''

Ele me chama para perto da grande janela atrás da mesa principal, o sol parece está finalmente nascendo. Ele abre a janela com bastante felicidade em sua expressão facial. Ele parece ter literalmente ''renascido'' se comparado á ontem mas percebo uma coisa.

- ''O inverno... ele...''

- ''Sim garoto, é o primeiro dia da primavera se você quer dizer.''

Chega de gelo. Concluir meu raciocínio ao ver as flores congeladas que estavam entre a neve nas árvores percorrer todo o campus do colégio, era realmente uma cena incrível de se admirar.

- ''Adeus. Até logo, meu companheiro gelado.'' (Foto inicial)

Disse o car-- o diretor ao soltar uma pétala congelada entre o vento quente da primavera, aquilo foi... era como se ele... era como se ele entendesse e fosse parte da própria natureza.

- ''Vamos logo! Você precisa me explicar algumas coisas como o seu pai, e o que você é... mike, desc--''

Hã? Por que ele parou no ''mike, desc...'' eu realmente não entendi isso e ele parece ter deixado pra lá ao olhar para mim depois.

- ''Enfim, apenas se sente e te explicarei algumas coisas também..''

- ''Lá vamos nós..''

 

 

Um tempo depois..

A nossa conversa durou bastante tempo e descobrir várias coisas que resolvo anotar no meu caderno, já que ele me deixou fazer isso sem reclamações. Ele é filho da natureza e sim, isso não me convenceu ao escutar isso pela primeira vez mas com uma breve explicação tudo ficou claro. Ele é filho da mãe natureza e seu pai é um jovem renomado no rumo na tecnologia. Seu pai não é um humano quando pensei que era, ele tem o dom da inteligência quântica e isso me fez quase cair da cadeira.

Basicamente, o pai dele é descendente da família ''Einstein'' e sim, eu me lembro quem são os ''Einsteins'' graças ás aulas que eu tive quando era mais novo com o meu pai que estava ali do meu lado, eu entendi o básico da situação. O pai desse diretor é a reencarnação viva da inteligência armazenada em décadas, séculos e até milênios da humanidade.

Isso foi bastante confuso mas ele explicou do modo mais simples que um mané como eu possa entender: O pai dele é o próprio tempo, com isso ele tem adquirido inteligência até que conheceu seu grande amor, a mãe natureza. Sim, eu entendi que os poderes não são apenas os de clichês de animes como força, alguns ganham o dom de várias coisas ao nosso redor como o tempo, inteligência, natureza, tempestade e tudo o que o mundo tinha antes da queda do meteorito.

O pai dele se apaixonou quando estava no bosque buscando ampliar seu conhecimento, foi ai que ele viu uma bela mulher ao lado de um casal de cervos com seu filhote. Ele se encantou com a beleza daquela mulher, ele se encantou com a beleza da própria natureza.

Sim, esse cara que é o diretor mais JOVEM que já vi em toda minha vida é filho da reencarnação do tempo e da natureza, sortudo filho de uma puta. Pelo menos ele não é um dos otários que vestem capas longas ou fazem aqueles de discursos sobre justiça não, ele era diferente e tinha nojo da sociedade ser controlada por heróis babacas, e foi por isso que resolveu fundar seu próprio colégio para ensinar não apenas o modo correto de usar as habilidades, mas ensinar os princípios básicos da humanidade: Respeito, educação, bom senso e todas as outras coisas que meu pai me ensinou.

Seu motivo de está novo é porque o inverno acabou e a primavera chegou. Basicamente é como uma árvore no ciclo das estações entende? Como seu pai é o ''tempo'' e ''jovem'' você já sabe o que aconteceu né? Ele se tornou a reencarnação do tempo das estações do ano. Sim ele é imortal, pelo menos eu acho que é..

- ''Mas como soube meu nome? Como sabia do meu pai? Do meu passado?'' - Eu perguntei e a resposta venho serena.

- ''Eu te disse que sou filho do tempo e da natureza né? Eu adquirir todo o conhecimento do mundo que meu pai coletou na vida dele e que ainda está coletando em suas viagens temporais e quânticas. Eu sei o perfil de todas as pessoas na terra e seus passados graças ao meu pai e sua habilidade do tempo.''

Sim, ele disse que o pai dele pode viajar no tempo e adquirir mais conhecimento de várias épocas simultâneas, sem quebrar a sua linha temporal de origem. Isso é bem maneiro mas.. ele sabe de tudo, ou seja, não existe a palavra ''privacidade'' no dicionário da família desse cara. Isso me deixa um pouco com ciúmes desse poder.

- ''Então você sabe da minha história certo?''

- ''Sim, eu sei sobre seu pai e da sua jornada até aqui.''

Então ele sabe de todas as coisas que passei até aqui. Não sei se ele pode prever o que irá acontecer caso ele me force ficar aqui mais uma noite, provavelmente sim porque eu planejei ontem á noite, sorte que ele não sabe o futuro de ninguém ou será que..

- ''Você sabe o que acontecerá comigo em seguida?''

- ''Não.''

Q?

- ''Meu poder do tempo e conhecimento do meu pai tem um limite para ser passado para mim. Eu sei os fatos que ocorreram nas últimas 12 horas atrás mas leva mais 1 hora para ter tudo armazenado em minha mente quando acordo.''

- ''E qual horário você geralmente acorda?''

- ''6 horas em ponto, eu durmo nessa sala mesmo.''

Olho para o relógio e são 6:55. Se ele acordou ás 6 horas em ponto quando cheguei aqui então ele não sabe do meu plano B. Certo, eu preciso decidir isso agora ou não terei garantias de fuga nos próximos 5 minutos a seguir.

- ''O que você fará em seguida então?'' - Pergunto me preparando mentalmente para dar um salto pela janela.

- ''Eu te pergunto, você vai viver aqui? Posso ser o seu novo.. pai.''

- ''.....Q..u..e..?''

Eu travo. Dar 7 horas e o sino do colégio toca, os alunos saem de seus dormitórios e vão em grupos para um lugar específico. Parece que as aulas recomeçam hoje e a rotina de um estudante comum recomeçar. Tudo de novo, tudo do início, como um ciclo eterno.

 

 

Fim do capítulo 3...


Notas Finais


Pra quem estiver com dúvidas sobre a história me pergunte no privado ou por aqui mesmo. É isso e até sábado meus caros amigos/amigas.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...