História Quem Sou Eu?-História Evangélica - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


...Oiin gente,a paz do Senhor.Me perdoa a pela a demora,mas estou de volta!
Espero que curta esse epi <3
Fica com Deus e tenha uma boa leitura!!

Capítulo 6 - ...Nunca mais serei a mesma,pois será eu,você e...


Fanfic / Fanfiction Quem Sou Eu?-História Evangélica - Capítulo 6 - ...Nunca mais serei a mesma,pois será eu,você e...

 

 

...Sim,aconteceu algo diferente comigo, que ainda não contei pra ninguém,onde estou tentando lutar contra as minhas próprias forças,mas está sendo muito dificil de decidir, o que eu irei fazer daqui pra frente!

Já faz um tempo que estava orando com um rapaz da minha igreja,onde os meus pais super amaram ele e tipo assim,através da vida dele os meus pais, conseguiram superar aquele rancor e ódio que tinha sobre os seus corações. 

Eu com os meus 19 anos de ideia e esse rapaz com os seus 21 anos, deixamos se levado pela a carne...Entende?Não é algo que eu diria a qualquer um e nem tão menos com pessoas que não confio,mas com vocês que estão lendo,eu tenho uma certa confiança e a liberdade de dizer qualquer coisa.Mas tudo com ordem e decência.Enfim, eu dei uma vacilada sim,e não soube vigiar e ele também,infelizmente tinha acabado dado uma afasta de Deus e até mesmo da igreja,não sei por que, mas estava me sentindo mal dentro de uma igreja, e ele também passou pela a mesma situação,mas um pouquinha pior por conta de sua familia que está passando por problemas e tals!

Entretanto,o Fernando chegou a dormir aqui em casa, por que ele não estava mais suportando ficar dentro da própria casa e os meus pais como sempre, com o bom coração ofereceu a nossa casa pra ele dormir e passar alguns dias,até a puera abaixar. Então, tempo passou e eu e ele saimos da igreja, e confesso que rolou,mas não vou entrar em detalhes,pois todos já sabemos o que estou falando.Mas por tanto,infelizmente ou felizmente,não sei ao certo,mas sei que estou gravida e não sei como contar para a minha familia e nem para o Fernando!

E não,vocês não sabe da pior,a minha barriga está crescendo e por conta disso,eu irei ser muito humilhada entre as pessoas do meu antigo ministério e vocês sabem bem como são os "crentes" de hoje em dia!

...

 

 

O dia em que resolvo contar para os meus pais...

 

O sol brilhou sobre a janela do meu quarto de uma forma diferente,dava para ver os raios de sol ao chão e aquele calor desejava um belo pote de sorvete bem grandão. Mas algo em mim dizia que seria hoje que iria contar para os meus pais,mas o meu maior medo era a reação deles,e a do meu namorado também. E poxa, eu e o Fernando,nunca tinha feito nada na vida e logo na nossa primeira vez,acabou acontecendo isso.E foi uma bela mare de sorte,não é mesmo?

[...]

Pude então, sentir aquela criança que estava dentro do meu ventre se mexer pela a primeira vez,pois tudo aquilo era novo,e a sensação era boa e ao mesmo tempo estranha.Doía um pouco,mas acho que era falta de costume, ou sei lá.Mas enfim, estava gostando dessa fase. 

Peguei o meu celular e mandei mensagem, pros meus pais dizendo que queria conversar com eles sobre algo muito sério e quando eles chegasse do mercado,era pra mandar mensagem a visitando,pois eu ia na casa da minha benção primeiro.
O tempo passou os meus pais confirmaram aquilo que outrora falei e pude então ir em paz para a casa do Nando!

 

Chegando lá,ele estava meio que aflito e angustiado,e perguntei:
- O que houve,meu amor?

Me encarando,disse:
-Ahh,nada não...

Insistir na resposta:
-Eu te conheço e sei bem,que tem algo acontecendo contigo. Então me conte,pois sou sua namorada e namorada é pra isso, para ouvir e ajudar aquela pessoa que tanto ama!

Ele abaixou sua cabeça e sentou no sofá,respirou fundo e respondeu:
-Tá bom,quem eu quero enganar?Aconteceu algo aqui em casa e dessa vez foi ao extremo, a minha irmã,aquela que tem 19 anos,ela fugiu de casa pra ficar com um cara,e o meu padrasto disse algo,e a minha mãe assinou em baixo,se por acaso minha irmã pisasse o pé aqui mais uma vez, iria jogar as coisas dela que sobrou na rua e dizer coisas horriveis que ela vai escutar!!

Eu sem saber o que dizer,tentei acalma-lo:
-Entendo,e te compreendo como esteja.Mas o devemos fazer agora é, orar pela a vida dela e deixar Deus trabalhar, na vida de sua mãe e daquele zé pamonha de seu padrasto,que ao meu ponto de vista,ele está super errado,pois não tem nada que opinar na vida de vocês,e a sua mãe deveria demonstrar um pouco de amor pela a alma de sua irmã,e não fazer isso. Por que ela precisa de oração para ser liberta de tudo isso e não passar por essa situação para não acabar se afundando completamente no fundo do poço!

Começou a chorar ao deitar com a cabeça no meu colo,e em soluços, falou:
-Sim verdade,e você acha que a minha mãe me ouve?Pelo amor de Deus!

Logos minutos ele continuou,dizendo:
-Amor, me desculpa por falar tudo isso,mas eu precisava desabafar com alguém e você como sempre está sendo uma benção em minha vida,nunca me sentir tão bem perto de alguém como sinto! E só queria uma noticia boa para alegrar o meu dia,pois disso,acho que nada vai me fazer feliz novamente,por que a minha familia é importante para mim,assim como você também!!
 

Pensei bem antes de responder. Será que falo, o que está acontecendo e digo que estou gravida dele?Ah não sei,mas acho que isso seria uma noticia ruim,não né?Ou boa?Ou sei lá,tô perdida,o que faço?

Depois de um tempo pensando,resolvo dizer a verdade,com todas as palavras,em um belo bom tom:
-AMOR,ESTOU GRAVIDA!

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...