História Querem que nós venhamos a existir - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Pokémon
Personagens Eevee, Riolu
Tags Drama Eugenia
Visualizações 1
Palavras 655
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Ficção Científica, Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Cap 2


Fanfic / Fanfiction Querem que nós venhamos a existir - Capítulo 2 - Cap 2

Miguel teve uma ideia, 

pesamento de Miguel: que tal ser assim, tera partes do pelo que serão bioluminescentes, essas partes serão amarelas, e o ser vivo ativará essas partes quando estiver escuro, produzindo luz propria, a luz propria sera amarela.

então miguel contou oque pensou para o Augusto, ele gostou da ideia, na hora que ele terminou de falar entrou na sala a cientista Lara e falou

-eu tenho um programa de criação de seres vivos mais avançado, alem de mostrar o ser vivo, simula um ambiente, para que o ser vivo seje testado, tem 99% de precisão, 

Augusto:- otima ideia, assim testaremos sem precisar fazer certos procedimentos

e então a Lara instalou o programada dela no computador do laboratório, e os três estavam trabalhando em criar o umbreon, mas sem superpoderes,estavam utilizando o dna dos seres bioluminescentes para aplicar no pelo para ser bioluminescente, o Miguel criou pelo bioluminescente utilizando o dna dos seres biolumineecentes e do ser vivo de teste com essa tecnologia , o Augusto definiu a parte que nascera esses pelos, a Lara criou o ambiente para o ser vivo ser simulado, os tres definiram os nervos ligados ao cerebro que iam mandar um sinal para os pelos bioluminecentes ligarem

Augusto:-agora vou testar, Bruna, deixe o ambiente escuro

e então o ser vivo começou a brilhar, exatamente naquelas partes definidas, a luz é amarela,

-agora liga a luz do ambiente

o ser simulado parou de brilhar, as partes com os pelos luminosos eram amarelas e mandavam luz dessa mesma cor

-exatamente nas partes do pokemon, agora é o teste final, vou fazer o material genético da simulação ser imprimido e aplicarei no ovulo artificial da maquina de gestação

-bem sucedido

a máquina de gestação é uma máquina que dá nutrientes para o ser vivo se desenvolver, pode ser usado para fazer uma gestação sem usar o corpo das mulheres e para aquilo que esses cientista doido tão fazendo

-o pokémon simulado era macho, preciso do dna de uma versão feminina

e então Lara e Miguel começaram a criar a versão femea e fazer simulações

as simulações demoraram 1 mes, porque dava bugs, mas conseguiram corrigir

Lara- da bugs porque o ser vivo é grande

eles testaram o ser vivo, vendo as capacidades em diferentes ambientes, vendo oque conseguia comer, eles aplicaram dna de doenças transmitidas por micro organismos de uma forma para ficar imune a essas doenças, simularam os micro organismo e o umbreon, e deu certo,

no dia seguinte

-Miguel: vou colocar os DNA's nas maquinas de gestação, cada maquina um ser vivo, 2 machos e 2 femeas

apos 1,5 meses os seres vivos estavam prontos, (a versão teste anterior sem pelo bioluminescente demorou menos pois o ser era menor doque esse) e então os seres vivos foram retirados da maquina de gestação, e colocados em um vigilância,

-ainda bem que só modificamos o formato do corpo, o tamanho e colocamos pelos biolumineecentes, e fizemos simulaçoes da maquina de gestação, com os erros das simulações nos fomos acertando cada vez mais

Lara: eu preparei leite materno de cachorro, é compatível, testei nas simulações, pois isso são cachorros com pelo bioluminescente, utilizei uma outra maquina para fabricar, essa maquina leu o gene responsavel pela substâncias do leite materno de cachorro, leu e fabricou, a maquina pediu as substâncias necessárias para a fabricação

e então os umbreons beberam o leite materno artificial

-faremos mais umbreons em maquinas de gestação, depois venderemos, vai dar grana, pois iluminam o ambiente

2 semanas apos, os umbreons começaram a iluminar o ambiente

-essa maquina é precisa, foi fruto de varios erros criando aberrações

com o passar dos erros, a inteligência artificial aprendeu a ler DNA e mostrar o ser vivo, e simular ambientes tambem

-Augusto: temos que ver se são capazes de reproduzir nós só modificamos algumas coisas, não modificamos os sistemas reprodutivos, acho que vai dar

2,2 anos depois os umbreons começaram a se reproduzir, e os dois cientistas se masturbaram vendo isso

os dois:isso fodam vou gozar, gozei

Miguel: a minha gozada foi mais longe

Augusto: eu gozei em maior quantidade.



Notas Finais


e então, começou a melhorar a historia?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...