História QUERIDA esposa - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias A Dona (Soy Tu Dueña)
Visualizações 6
Palavras 296
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero muito conseguir acabar essa história. Não pensei em tudo que vai ter, será desenrolado com calma.

Capítulo 1 - Prólogo


Peguei a mão de meu noivo. Sorrindo para tratar de ser convincente. 

 — Vovô — comecei. — Esse é Fernando Brown, o homem com quem quero me casar. Ele é o cara que desejo passar toda a minha vida ao seu lado. Ter meus sonhados filhos. E tenho certeza que serei amada. — Apontei nossas mãos entrelaçadas, vendo meu velho olhar o anel de brilhante. — O senhor tem razão, o que é uma mulher sozinha sem a proteção de um homem? Eu o amo tanto — Olhei para Fernando e sorri. 

 — Senhor Evans, eu prometo cuidar de sua neta. A amo muito e espero que o senhor seja a favor de nossa união. Pode parecer meio cedo para nos casarmos, mas ela e eu decidimos e pensamos: por que esperar? 

 Meu avô olhou de mim para meu noivo, tirando suas próprias conclusões. 

 — Achei que não quisesse casar. 

 Limpei a garganta. 

 — Ai vovô eu tive medo da precipitação. E também, depois que ele me pediu em casamento, eu não vi motivos para não aceitar.  

— Sabe como ela é teimosa, senhor — agregou Fernando, sorrindo amarelo. — Não foi fácil convencê-la… — ele tocou a ponta do meu nariz e apertou minha mão. 

 Vovô começou a se convencer. 

 Virei pra Fernando, o olhando.   

— Eu te amo — lentamente me inclinei e pousei meus lábios aos dele, segurando seus ombros. Ele pôs as mãos ao redor de minha cintura enquanto me beijava devagar. 

 — Vocês parecem muito apaixonados. — Olhei de relance e sorri vitoriosa. 

 Eu nunca me senti tão mentirosa em toda a minha vida. 

Fora do quarto, meu noivinho pôs um braço em cima dos meus ombros e se inclinou até a minha orelha. 

 — Daria uma ótima atriz, querida esposa.        


Notas Finais


O que achou?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...