História Querida Estranha - Chaelisa - Capítulo 1


Escrita por: e Le_la


Notas do Autor


Vai flopar, como todas minhas fics.

Essa é a primeira que escrevo de algum shipp do Blackpink, sejam gentis ;-;

Se tiver erros, avisem. Se estiver uma bosta, avisem. E comentem mds, força para a idiota escritora que sou.

Capítulo 1 - Príncipe, não princesa


Fanfic / Fanfiction Querida Estranha - Chaelisa - Capítulo 1 - Príncipe, não princesa

 Querido Estanho 

 

 

Acordei mais uma noite com meus pensamentos em você, eu literalmente não entendo esses sentimentos. Como eu consigo amar um total desconhecido?

 

Todos esses anos me imaginei namorando, mas não qualquer pessoa. E sim uma 'perfeita', como sempre imaginei.

 

Mas até agora nada disto aconteceu, só consigo me imaginar ao seu lado, mínimos minutos com você. Já te amo mesmo não sabendo suas feições, seu jeitinho, sua voz e sua aparência, tolice da minha parte.

 

Talvez um dia nós iremos nós conhecer, ou talvez não. Mas se um dia você ler isso, saiba que mesmo antes de te conhecer já lhe amava.

 

Te amo e te amarei, meu 'querido estranho'.

 

…♡…

 

 

- Já acabou de ler minha consagrada? - A loira cutucava sua amiga enquanto ela se remexeu um pouco na cama, com uma expressão pensativa. A morena olhou para o papel e voltou seu olhar para sua amiga, ali estava um mini poema como a Park chamava, para um total desconhecido. Sim, desconhecido.

 

- Bem… Não está ruim, mas está bem clichê. O que esperar vindo de uma garota que dorme em todas as aulas na escola - A mais nova revirou os olhos com essa resposta. As duas estavam no quarto de Jisoo, elas deveriam estar fazendo um trabalho da escola, mas ao invés disso, estavam lendo as baboseiras que Chaeyoung escreve.

 

Park Chaeyoung era uma completa garota clichê que vive no mundo da lua, única coisa que ela sabe falar sobre. Amor e mais amor. Não que seja algo ruim, mas amar alguém que ela nem sabe quem é, já é um pouco demais até para ela.

 

Kim Jisoo o tipo de amiga responsável, mas desorganizada. Ela é como carne e unha da Park, andam juntas para cima e para baixo, mas mesmo assim, Kim não entende metade das coisas que a amiga fala. Para ela são coisas com zero sentido. Ela não entende sobre amar.

 

Duas completas informadas sobre o assunto, a diferença é que uma tenta entender e procurava ter os sentimentos. Já a outra, foge do amor como o diabo fuge da cruz.

 

- Eu pensei agora, a senhorita nunca falou, mas você procura um 'princeso, né? - Jisso rolou na cama, para ficar mais perto de Chae que estava sentada no carpete do quarto.

 

- Sim. Eu quero um p-r-i-n-c-i-p-e, não uma princesa - Falou quase soletrado.

 

- Sei não hein... Fica dizendo isso, mas uma hora vai aparecer dizendo que meteu a língua na boca de alguma menina - Jisso pulou da cama tentando correr em direção à porta, estava quase conseguindo sair para escapar da fúria de Park, mas acabou escorregando nos cadernos que estavam espalhados no chão.

 

Lerda.

 

- Bem feito, quem mandou ficar falando idiotice. Agora fica aí no chão, idiota - A mais velha ficou caída no chão tentando ficar em pé sem cair.

 

 

 

 

 

*


Notas Finais


Pior que esse poema da Rosé eu que escrevi na escola, aiai. Eu sou uma total garota clichê, mesmo odiando ser.

Beijinhos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...