História Querido Açúcar- Suga,BTS - Capítulo 66


Escrita por: , maname e hongwooseok

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7, TWICE
Personagens BamBam, Dahyun, Jinyoung, Mark, Min Yoongi (Suga), Rosé
Tags Aventura, Drama, Romance
Visualizações 162
Palavras 816
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura meus amores 💕

Capítulo 66 - Conversinha - Capítulo 66


Fanfic / Fanfiction Querido Açúcar- Suga,BTS - Capítulo 66 - Conversinha - Capítulo 66

Bárbara: Obrigada meu anjo! Você também está linda! ANDRÉ?? JÁ ESTÁ PRONTO?

André: Tô,calma.A Jessie também.

Esperamos o Suga chegar pra poder sentar na mesa.

Bianca: Calma.-Falo baixo-

Suga: Tô quase tendo um infarto aqui.

Renato: Então Suga.É um cantor muito talentoso.

Suga:Ah, obrigado.

Renato:Espero que faça minha filha feliz,mas tomem cuidado em tudo!

Suga:Claro!

•Conversaram várias coisas de pais e essas coisas e tals até que...•

Renato:Sobre a virgindade de minha filha.

Suga tava tomando água e se engasgou na hora.

Suga:Uh,S-Sim.

Renato: Está tudo bem?

Suga: tô ótimo.

Jessie e André estavam prendendo o riso, até vermelhos estavam.

Renato: Então,desejo que se conheçam melhor depois que se casarem,isso pode demorar um pouco.

Suga:Claro,eu entendo.

Bianca: Tá tudo bem pai, isso não vai acontecer antes do... casamento?!-Falo pra tentar disfarçar-

{Quebra de tempo}

Depois do jantar,troquei de roupa e ficamos no quarto Conversando por bastante tempo.Até que minha mãe entra no quarto e olhou cada cantinho do quarto antes de falar.

Bárbara:Eu e seu pai vamos dormir ok?!Tomem cuidado aí.E quando o Suga for sair feche a porta direito filha.

Suga: Eu vou embora agora, já está um pouco tarde.-Ele fala levantando da cama-

Bianca: Não Suga,eu quero te falar uma coisa antes.-Falo empurrando ele de volta pra cama-

Bárbara:Ok,e boa noite pra vocês.Cuidado.A chave tá na comoda.-Ela fala e sai do quarto-

Suga: O que quer me falar?

Bianca: Ah amor,fica aqui comigo.

Suga:Dormir com você?Com seus pais em casa?Eles podem interpretar de outra forma.

Bianca:Dormir?

Suga entende e logo muda o olhar.

Suga: Interessante.Mas seus pais estão em casa.

Subo em cima dele e sussurro em seu ouvido..

Bianca:Esqueça que meus pais estão em casa...

Ele dá um sorrisinho e morde o lábio inferior.

Ele sela nossos lábios que deu início a um beijo caloroso e demorado.

Ele passa suas mãos por minhas coxas enquanto me beija novamente.Depois fico levantada olhando pra ele, tão perfeito...Mas logo ele me puxa pela cintura fazendo com que junte nossas intimidades.Começando um beijo quente.Ele passa suas mãos por dentro de minha blusa tirando meu sutiã e voltando a me beijar rapidamente.Depois fico sentada novamente e ele tira minha blusa,e ficou encarando meus seios por um tempinho,mas logo dou início a outro beijo.Paramos por falta de ar e eu fico beijando o seu pescoço e fazendo pequenas marcas enquanto uma de suas mãos estava em minha nuca enquanto a outra tira meu short.Do nada ele me levanta e me encara assustado.

Bianca:O que foi??

Suga: Você trancou a porta?

Bianca:Ah suga! Quebrou o clima.

Levanto e tranco a porta,pra garantir,dou três voltas.

Bianca:Agora não estou mais com clima.

Suga:Vai ficar.

Ele levanta e começa a me beijar de novo,mas me joga na cama novamente continuando o beijo, depois trocamos de posição fazendo eu ficar por cima do mesmo.Passo minha mão por seu abdômen e tento tirar sua camisa,mas ele segura minha mão e nega com a cabeça,ele guia minha mão até sua calça e aí eu entendo o recado. Desabotoei sua calça e tirei com sua ajuda.Continuamos o beijo e finalmente eu tiro sua camisa.Passo minha língua por todo aquele abdômen sarado e mordo o lábio inferior dele que logo continua a me beijar,dessa vez com suas mãos bobas em minha bunda.

Suga:Como é bom ter esse corpo pra mim de novo.

Bianca: É um prazer te deixar com prazer..-Falo com uma voz sexy-

Ele não resistiu e logo me joga de cima dele na cama e começa a marcar meu pescoço e vai descendo até minha coxa,logo depois sobe um pouco até minha calcinha e me olha molhando seus lábios.Ele começa a tirar minha calcinha.

{eu não preciso detalhar mais que isso,pensem o que quiserem,se é que me entendem}

Acordei Suga às quatro da manhã pra ele ir embora.

Bianca:Amor levanta!Vai logo.

Suga:Calma porra.

Bianca:Vai!-Eu empurro ele pra fora do quarto-

Abro a porta,ele me dá um selinho e sai.

Volto pro meu quarto e durmo novamente.

Acordei às nove.Tomei banho,vesti um short preto e um moletom que cobria o short,isso pra esconder as manchas da coxa e do pescoço.Seco o cabelo e saio,vejo meu pai sentado no sofá.

Bianca:Bom dia pai.

Renato: Bom dia meu amor.

Me direciono até a cozinha e sento na mesa, percebi que minha mãe estava desconfiada.

Comi normalmente e quando fui colocar o prato na pia, esqueci de cobrir as manchas.Ela tira meu cabelo do pescoço e fala baixo..

Bárbara:Bianca o que são essas marcas vermelhas no seu pescoço??Eu nem devia estar perguntando.

Bianca:Shh!!! Mãe não fala pro papai por favor.

Bárbara:Isso foi quando?

Bianca:Ontem...

Bárbara:Ele não foi embora?

Bianca:Antes de ir,mas não aconteceu nada,calma.

Bárbara:Espero!

Ia voltar pro meu quarto e meu pai ainda estava sentado no sofá.

Renato:Filha vem me dar um beijo.

André:Aish quanta frescura.

Vou até ele e dou um beijo em sua bochecha.Quando ele ia beijar a minha também,se assusta e eu logo penso..

To fudida,cacete eu sou muito burra,aaaaah Caraca!!

Ele segura meus braços e puxa meu casaco mais pra baixo e vê que as marcas não são apenas no pescoço,estavam descendo.

Renato:Que porra é essa aqui Bia??-Ele fala com um tom autoritário fazendo minha mãe vir até a sala-

_AH MANO fudeu._

Bianca:...Ele não foi embora ontem...-Falo cabisbaixa-

Renato: EU NÃO ACREDITO BIANCA, EMBAIXO DO MEU NARIZ,QUE RESPEITO VOCÊ TEM BIANCA? OQUE PORRA VOCÊ PENSOU? NÃO TEM CONSCIÊNCIA??



Notas Finais


Até o próximo capítulo 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...