História Querido chefe - Capítulo 32


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin)
Tags Baby Jin, Chefe, Daddy Namjoon, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Lemon Namjin, Namjin, Otp, Yaoi Namjin
Visualizações 158
Palavras 1.090
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Nigga onde eu dei
Tá no luga de quem
Menti to gata ooow - sou retardada ou só eu canto assim a parte do Jin na música Danger ?

Capítulo 32 - Uma nova amiga


J: to pronto!! - ele desceu todo saltitante como uma criança quando acaba de se arrumar pra ir no parquinho, ele é tão fofo e angelical, acho que não poderia ter achado alguém melhor pra mim.

~então vamos - levantei e peguei a mochila que tava no sofá, só tinha que tomar cuidado pra não estragar tudo, estou tão feliz que poderia sair saltitando por aí, mas não posso desmanchar o que já to pronto, é o bolinho que comprei é tão bonitinho... sé eu estragar ele não me perdoarei.

Sai pra fora da casa e ele saiu depois e trancou a porta, depois veio até mim pegou na minha mão e eu corei, eu estou acostumado com isso, não entendo por que corei.

J: onde vamos? - perguntou curioso

~vc vai descobrir 

[QUEBRA DE TEMPO]


Chegamos ao portão e eu passei o sinal pro Jungkook, ele saiu e encontrou com Jimin e Taehyung no final da rua, aquele idiotas quese estragar tudo se não fosse por Jimin o tapando a boca do Taehyung por trás e o jungkook que empurrou os dois pra trás de um prédio qualquer, se o Jin tivesse visto tudo estaria estragado! Por sorte ele é meio lerdo.

J: Veio a pé é?  

~é... - Eu queria que fosse tudo muito simples então não quis ir de carro e também, há um tempo não ando de trem, por que não...

~Iremos de trem 

J: huum o senhor ricão vai andar de trem? Haha.

~não sou metido a rico, eu gosto de coisas simples.

J: eu também!


Chegamos até a estação, ele não ficava longe dali, compromos as passagens e esperamos o trem sentados em um banco vazio. Sentei mas perto dele e ele virou o rosto pra mim, coloquei uma mão em seu rosto e trouxe pra mais perto até rosarmos os lábios um no outro. Já sentia sua respiração quente na minha pele, era bom, estar com ele era bom. 

Emfim nos beijamos mais uma vez de muitas outras, mas sempre como se tivesse descobrindo aquilo ali pela primeira vez de tão incrível que era. Pedi passagem com a língua que foi cedida, a dança de nossas línguas se entrelaçando, aquela sincronia única me enlouquece toda vez.

Paramos pela falta de ar e eu fiquei ofegante, ele estava com a testa colada na minha, com as bochechas rosadas por termos feito isso pela primeira vez em público, eu sorri bobo e ele também, me sinto como se fosse um adolescente cheio de energia, me sinto como quem nasceu e descobriu o mundo depois que ele chegou, sinto que só preciso dele e só ele basta.

~Nosso trem chegou - larguei e levantei, peguei em sua mão e entrei no primeiro vagão que parou na minha frente, o trem estava cheio, pegamos um bom vagão, aqui não tem tanta gente e... por tivemos a sorte de encontrar dois acentos vázios um ao lado do outro.

Sentamos e ficamos ali abraçados, era engraçado o olhar das pessoas alguns olhavam "aaaw que fofooo!" É outras olhavam /ooow que nojoo!!" Mas eu não ligo pra isso, alguma pessoas me reconheceu, eu sou chefe da empresa mas sou reservado, não gosto muito de me monstrar ao público, por isso são poucos os que me reconhecem e alguns olham estranho pra ver se reconhece o rosto ķkkk mas no fim não conseguem e desistem.

O trem partiu finalmente, a paisagem do lado de fora passava tão rápido que não dava nem pra ver direito. Jin estava deitado no meu ombro, ele estava com os olhinhos fechando mas o balanço e o barulho não deixavam ele dormir.

O trem parou e entrou várias pessoas, entre elas uma mulher grávida, vi muitos fingir que dormia, outros fingia que não viu, e alguns ficou no celular pra não ver, senti o peso no meu ombro ir todo embora e Jin levantou.

J: pode-se sentar - ele deu seu lugar a mulher e ela sorriu, ele retribuiu o sorriso. Eu tenho a certeza que dessa vez escolhi a pessoa certa para mim.

...: Obrigada Jovem, meu nome é Hyuna.

J: prazer sou Seokjin, ele é o Namjoon 

HN: Senhor Kim? Uma celebridade dentro do trem haha.

~nem sou famoso

HN: sua empresa é, adorei a revista do mês passado, o estilo de roupa estava incrível.

~obrigado

Bati na minha coxa para o Jin sentar em meu colo, ele negou com a cabeça. Fiz de novo e Hyuna viu, sorriu pro garoto e ele mais uma vez negou, desta vez corado. Fiz mas uma vez e ele novamente negou, perdi a paciência e puxei ele pelo braço e o sentei em meu colo. Ele estava corado, ele estava tão vermelhinho ķkkk, hyuna sorriu e eu também 

J: vc é muito teimoso Namjoon!

~huum, eu sou é? 

J: é

HN: desculpa atrapalhar o momento mais vcs são tão fofos juntos, não quero perder contato podem me dar seus números?

~a claro - anotei meu número no celular dela e Jin pediu pra mim anotar o dele, eu sei o número dele de cabeça, é pior que eu só sei o dele e o meu, quando eu era fanático pelo Jin eu consegui gravar seu número de celular na cabeça até achar o meu e anotar, dês de então nunca esqueci ķkkk.

HN: Obrigada,vcs são um casal? Acompanho vc é os modelos nas redes sociais, nunca vi algo sobre vcs dois.

~Sim... Ainda não assumimos - cheguei perto do ouvido da mulher e susurrei pra eia "ei vou pedir ele hoje" ela deu um gritinho e eu ri, na verdade por medo dele poder estragar tudo.

J: o que estão susurrando, estou ficando com ciúmes - fingiu uma raiva.

~Estava falando pra ela o quanto vc é gostoso - ele corou fortemente e eu e ela rimos, ele ria estranho, era muito escandalosa e o pessoas estava ficando puto ja kkkk.

~não tem graça idiota - deu um de seus famosos tapinhas doloridos em mim. 

HN: olha eu não duvido que seja não em - ela falou maliciosa, Jin estava como um pimentão como sempre e eu apenas ria

~esse tem dono em, tira o olho hum

HS: nesse eu sei que não posso mexer.

J: aish parem com isso, está incomodando os outros.

HS: valeu gente, eu desço aqui - folou se levantado antes do trem parar

NJ: nós também - Jin levantou então eu levantei também é peguei a mochila que estava até o momento esquecida ali. sinto como se tivesse nascido com Jin sentado no meu colo, quando ele levantou eu me sinti como se parte de mim faltasse,  como se algo fosse tirado de mim.

O trem parou, eu Hyuna e Meu futuro namorado descemos, finalmente estamos quase chegando....


Continua...




Notas Finais


Fassam perguntas de eu ja ou eu nunca para os personagens da fic, pode fazer quantas quiser, todas deram respondidas nos comentários. Quero que tenha mais interação com o publico com os leitores


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...