1. Spirit Fanfics >
  2. Querido desconhecido -VMin- >
  3. Querido confiderno

História Querido desconhecido -VMin- - Capítulo 24


Escrita por:


Notas do Autor


~ BYE JAM's...

Capítulo 24 - Querido confiderno


Querido confiderno,


Já faz um tempo que não escrevo aqui...


A última coisa que falei, foi sobre não precisar mais escrever em você por já ter descoberto quem era o "desconhecido". Não é de hoje que eu sou lerdo e você sabe. Na primeira vez que escrevi aqui, não me lembro o porquê de eu ter tido essa ideia, K. Foi no mesmo dia em que eu recebi o primeiro bilhete, então eu usava você para falar sobre o desconhecido, mas esse não era o principal motivo de eu ter "criado" você.


Enfim!


Eu te encontrei debaixo de umas HQ's minhas e tava com um tempinho livre, por isso resolvi ler as coisas que escrevi antes.


Foram meses realmente ótimos os que passei no meio tempo em que tentava descobrir quem era o desconhecido. Consegui desencanar da ideia de que eu era o que mais sofria com a morte do meu pai e meu irmão; conheci o Jungkook, fui beijado por ele e o ajudei a dar uns amassos no Yoongi hyung; perdi o medo de fazer merda no meu cabelo - que está preto agora e grande também. Acho que preciso ir ao cabeleireiro, K. -; fui idiota o bastante para magoar o Jiminnie; me sentí traído quando vi Jimin e Hoseok se beijando; fui socado pelo Hoseok, mas resolvemos as nossas diferenças, joguei na cara dele que Yoongi nunca iria ficar com ele e agora somos amiguinhos; entendi que está tudo bem se minha mãe quiser ser feliz com o Jong - sim, não o chamei de cacatua, nem de tio e nem de Jonghyun, pode trazer o Nobel da paz - e que ele não vai substituir o meu pai, vai só ser um tipo de amigo - um amigo de quarenta anos que namora a minha mãe. Okay -. Fora que eu descobri estar apaixonado pelo meu melhor amigo, que consequentemente era o desconhecido que me mandava bilhetes e também está apaixonado por mim.


Jimin e eu estamos namorando há quase quatro meses já. Nossos pais aceitaram numa boa.


Jungkook está "voltando ao normal" aos poucos, estamos todos sempre atentos quando se trata dele e da sua saúde, principalmente o Yoongi. O Yoon comentou comigo e com Jimin que assim que acabasse o nosso ano letivo, ele alugaria um apartamento e levaria Jungkook para morar consigo. Ficamos preocupados por causa dos pais do Jungkook, mas Yoongi disse que daria um jeitinho.


Minha mãe e Jong se casaram! É, fazem dois meses. Taehyn e eu fomos obrigados a sermos "noivinhos". Dona Yang pediu que eu entrasse com o Jimin e Taehyn arranjou o Jungkook para entrar com ela. Yoongi não gostou muito de ficar suportando Yuto cantar o Hoseok e Hoseok cantar os outros garotos que estavam na festa, mas ele aguentou e logo Jungkook estava ao seu lado. Jimin e eu demos uma fugidinha na metade do casamento e voltamos no momento em que Nama estava entrando com as alianças. Estava estilosa como sempre. SunHe gritou que ela estava arrasando e os Jeon's - exceto o Jungkook - ficaram um pouco envergonhados por causa da garotinha. Para apoiá-la, eu dei assobio alto, Jimin e Yoongi também entraram na onda e gritaram elogios para minha irmã. Jungkook ficou quieto, não queria arranjar problemas com a família. Isso até que minha mãe  e Jong resolveram se juntar a nós. Ai, aquele dia foi louco.


Tsuyu, SunHe e Nama não se desgrudam, vivem aqui em casa. Não que eu esteja reclamando, pelo contrário. Se Tsuyu vem, Jimin vem junto. Se SunHe vem, Jungkook vem junto. Se Jungkook vem, Yoongi vem junto. Ou seja, se as crianças vêm, todos meus amigos vêm junto. Hoseok e Yuto é só uma questão de conversa e logo eles estão aqui também.


Mas é claro que em meio a tantas coisas boas, há alguma coisa ruim.


O ruim, meus consagrados, é que logo mais, não vou mais ter tanto tempo com meus amigos como eu tive nos últimos tempos...


-Tae? - parei de escrever e encarei Jimin - Vamos?


-Claro, vai na frente.


-Okay, te espero na varanda. - meu deu um selinho rápido e se retirou do quarto


Bom, eu tenho que ir. Tenho apenas cinco ou seis horas como aluno do terceiro ano.


É, gente, hoje é a minha formatura!


(...)


-Cadê você, seu merda?! - Yoongi praticamente gritava ao telefone. Jungkook ainda não havia chegado - Logo mais é a vez da nossa turma. Se eu subir lá e não te ver, saiba que você tá no sal!


"Viu como está chovendo, hyung? Quero sair, mas meu pai ainda não chegou. Mamãe já está pronta, só falta o meu pai vir. Espera só um pouquinho mais, huh?", podemos escutar Jungkook dizendo.


-Olha meu filho, eu fui no seu aniversário, que resolveram fazer lá na puta que pariu que era aquele sítio, arrumei dinheiro para ir de táxi e ainda consegui te dar um presente. Então, ou você dá o seu jeito ou eu entro em greve!


"O quê? Hyung! Isso é tortura, cara! Você não vai fazer isso, não vai mesmo!"


-Quer apostar?! - disse e desligou a chamada


-Você acha mesmo que ele vai querer morar contigo depois de você ameaçar deixá-lo sem sexo? - Jimin perguntou


-Claro que vai. E não se preocupem, não dou nem dez minutos para ele chegar aqui.


Jimin e eu nos entreolhamos e demos de ombro.


-Ei, Hos. Está tão quietinho. - falei


-Como ele consegue ser tão sem vergonha? - Hoseok estava olhando fixamente em uma direção


Segui seu olhar. Em uma das pilastras da escola, Yuto estava aos beijos com um garoto que eu não consegui reconhecer.


-O Yuto?


-É! Ele tem que se dar o respeito!


-Você tá reclamando de quê? - Yoongi começou - Ele tava morrendo de amores por você e você só queria saber de enfiar essa sua língua na boca de outros. Agora que já tá sentado, é só chorar.


-Credo, Yoongi. Você não tem dó?


-Quem tem dó é piano, meu filho. Eu ein.


-Não liga, Hoseok. Ele tá assim porque o Jungkook ainda não chegou. - Jimin disse


-Olha, Hos, se você tá incomodado, vai lá e bota moral, oras.


-E se ele ficar bravo?


-Acho que ele não vai ficar bravo.


Hoseok ficou pensativo.


Após dois minutos, ele se levantou, indo decidido até Yuto.


-Acha que ele vai se dar bem?


-Vai sim.


-Também acho. Vamos tirar fotos? Não é todo dia que a gente se forma no ensino médio.


-Tá. Você quer tirar também, Yoon?


-É melhor do que ficar surtando.


-Ótimo!! - Jimin disse


Como eu estava na beirada, fui eu quem tirou as fotos.


-E agora, iniciando os discursos da turma de formandos do período vespertino, quero chamar o terceiro ano "D"!


Yoongi olhou para trás em busca do Jungkook. Mordeu o lábio inferior, em sinal de nervosismo.


-Vamos, Yoon. - Jimin estendeu a mão para o pálido


Ele suspirou, segurando a mão de Jimin e se levantando.


Subimos  em fila no palco do auditório. Éramos os quatro últimos da fila. Por eu ser o líder da turma, tive que ficar no final da fila.


-Hyung! - olhamos para trás


Jungkook estava com uma capa de chuva, totalmente encharcado.


-Jungkook! - Yoongi sorriu, mas ficou sério em seguida - Idiota! Quase me mata de raiva!


-Olha, pode me bater, me xingar, faz qualquer coisa, mas por favor, NADA de greve. Sem greve, huh? Eu cheguei, não cheguei? Você nem subiu no palco.


Yoongi estava boquiaberto. Sorriu e correu para abraçar o mais novo.


-Yoon, a fila está andando. - Hoseok disse


-Eu não ia te deixar passando vontade, tá? Eu só queria ver você antes de subir ali... Porque é você quem tira meu nervosismo. Tive que apelar...


-Golpe baixo que eu vou fingir que não aconteceu, okay? Agora eu tô aqui, vai dar tudo certo. Vai lá, antes que sua bata fique molhada.


Yoongi assentiu, se separando do Jeon e voltando para a fila.


-Eu começaria dando boa noite, mas prefiro evitar o vácuo de vocês. - ouvi alguns risinhos - Eu sou Kim Taehyung, o líder de turma do terceiro "D", mas as outras turmas me conhecem como "irmão da Taehyn" ou, graças ao meu amigo Yoongi, alguns me chamam de "avatar". Então, estamos nos formando hoje, para quem duvidou, aqui vai o meu "chupa sociedade, não somos tão inúteis assim". Bom, foram três anos aqui...


-Alguns passaram mais do que três. - algum aluninho gritou da platéia


-Deixa isso baixo, figurante... Todos nós vivenciamos coisas legais, algumas nem tanto, mas vida que segue e eu tenho o orgulho de dizer que o terceiro "D" entrou para a história dessa escola. Fizemos parte da maioria das mudanças que ocorreram na escola esse ano, reivindicando os direitos não só dos alunos, mas dos funcionários também. No recesso, enquanto tinha gente em casa, dormindo, jogando ou fazendo nada, nós ajudamos na pintura das salas e limpamos as carteiras que alguns 'badecos tinham sujado no primeiro semestre... Enfim, esperamos que nos próximos anos, vocês também tenham a oportunidade de jogar na cara das outras turmas os seus feitos. - algumas risadas e indignações se fizeram presentes - Brincadeiras a parte! Estudar aqui sempre foi bom, e estar aqui hoje, representando meus amigos é uma experiência incrível apesar de triste. Nós vamos sentir falta de todos da escola, por cuidarem da gente, mesmo que seja só para receber um salário bacana no final do mês. Vocês sempre foram e sempre serão ótimos para os alunos daqui, obrigado. - sorri ao ouvir as palmas - Agora, eu queria chamar o Yoongi, para que ele fale de uma das melhorias que conseguimos obter esse ano aqui na escola...


-E aí, eu sou Min Yoongi, e o Taehyung praticamente me obrigou a aceitar falar isso... Bom, como todo mundo aqui deve saber, nossa sociedade é preconceituosa quanto a alguns conceitos. Isso influencia muito nas instituições sociais, que nesse caso, é a escola. A homossexualidade não é bem aceita na sociedade. E nesse ano, fizemos uma pesquisa com alunos e pais, essa pesquisa nos mostrou que metade dos alunos da escola se rotulam como homossexuais, mas não se abrem com seus progenitores. Sobre os pais, descobrimos que a maioria está disposta a aceitar as sexualidade de seus filhos, caso eles um dia resolvam se assumir. Graças à exposição dessa pesquisa, o preconceito aqui na escola diminuiu num nível estrondoso, porque alguns pais tiraram seus filhos daqui. Mas nos meses seguintes, a escola registrou o dobro de alunos sendo matriculados após os pais verem a nossa pesquisa. - encarou Jungkook - Graças a nossa pesquisa, nossa escola se tornou um lugar muito melhor para alguns alunos que viviam sob pressão e com medo de rejeição. E acho que é isso.


As pessoas bateram palmas. Olhei para a diretora. Ela parecia estar satisfeita com o que falamos.


Descemos do palco, voltando para nossos lugares.


-Vocês estavam ótimos! -minha mãe, Jong e os pais de Jimin, Yoongi, Jungkook e Hoseok vieram até nós


-Valeu.


Jimin abraçou minha cintura e eu passei meu braço ao redor de seu pescoço.


-E agora, como vai ser o futuro de vocês? - minha mãe perguntou


-Não sei. Eu sempre fui o garoto impulsivo, certo? - sorri


-Taehyung e eu, assim como Yoongi e Jungkook, vamos alugar um apartamento e vamos morar juntos.


-O quê?? - acho que minha mãe ficou surpresa - Mas nem me disseram nada! Você não pode sair assim, Taehyung!


-Daqui a vinte dias eu completarei dezoito aninhos. Ficarei em casa nesse meio tempo e depois vou morar com o Jimin, sinto muito dizer isso, mas sua opinião não vai me segurar na sua casa.


-E eu vou ficar sozinha?!


-Jong e Nama estão lá. E nós vamos visitá-los, oras.


-Como assim "Nama e Jong"? Taehyn também vai sair de casa??


-Olha, melhor você resolver com ela, huh? - beijei sua bochecha - Jimin e eu vamos dar uma volta. Voltamos na hora da entrega de certificados.


Chamamos os outros meninos e fomos para o pátio da escola. Nos sentamos nos bancos.


Observando aqueles cinco garotos ali, rindo e falando besteiras, eu tive a certeza de que por mais que a vida adulta esteja finalmente ocupando a minha mente, eles serão o motivo pela minha sensação de eterna juventude.


Principalmente o meu querido desconhecido - nem tão desconhecido assim -.




Notas Finais


Não tá betado, K

Finalzinho mei blé

Então, não é de hoje que vocês tão sabendo que esse bagulho aqui ia acabar, certo? Certo. Desculpe pelo final. Eu queria algo melhor, mas minha inspiração falou para eu me virar.

Valeu por acompanharem isso aqui! Espero "ver" vocês nos comentários das minhas outras obras de arte :3

Témais ♥

I PURPLE YOU♥♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...