1. Spirit Fanfics >
  2. Querido Diário, ... - Taekook!Kid - Vkook!Kid >
  3. IX (Nine)

História Querido Diário, ... - Taekook!Kid - Vkook!Kid - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


m u s i c: TOUCH - (안다) ANDA [sapatão q eh sapatão entendeu do q vai ser o cap]
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
Bebam bastante água, lavem as mãos sempre, apreciem a música e a leitura.

Capítulo 9 - IX (Nine)


Fanfic / Fanfiction Querido Diário, ... - Taekook!Kid - Vkook!Kid - Capítulo 9 - IX (Nine)

-Não sei, TaeHa..

A mãe de Jeon estava na casa de TaeHa, mãe de Taehyung, novamente aquela semana. Elas estavam pouco ofegantes. O quarto estava quente e cheirava a sexo. Junghwa estava enrolada no lençol amarelo claro da amante. Elas se encaravam.

-Vamos, Junghwa...-Fez um bico.-

A menina á sua frente estava nua, a olhando, inocentemente, querendo um sim daquela boca que beijara e abusara muito.

-Okay...Mas...Deixe eu conversar com Jungkook.-Assentiu.-

TaeHa ia morar, agora, á 102km dela. Ela iria para Daegu, iria sair de Busan. Ela queria que Junghwa fosse com ela, não queria deixá-la. Elas eram melhores amigas, amantes, colegas, vizinhas...

-Eu não sei se vou ter dinheiro o suficiente para ir..-Começou.-Eu já estou estabilizada aqui, já tenho casa, emprego, Jungkook já tem escola, Jin já tem faculdade em Seul..E seul fica á mais de 8 mil quilômetros de Daegu...Não sei, Haha...

Quanto tempo TaeHa não ouvia seu apelido saindo daquela convidativa boca. Ela se aproximou da mulher á sua frente e pôs sua mão em seu rosto, selando seus lábios. Ela invadiu a boca da menina e começou a brincar com suas línguas. TaeHa gostava muito dela, e consequentemente, não queria deixá-la. As mãos de Junghwa pousaram naquela cintura fina, alva e nua a sua frente. Ela a puxou e a garota caiu ao seu lado. 

Elas entrelaçaram as pernas e seus corpos se aproximaram. O seio desnudo de TaeHa bateu com os delas, cobertos pelo lençol. Um arfar inocente saiu da boca da garota nua, que logo parou o beijo.

-Não querendo estragar...Mas a quinta vez?-A olhou maliciosa.-Sério?

-Não quis estragar, já estragando, né?-Riu da garota.-

Junghwa se levantou e o lençol caiu de seu corpo.

Seus cabelos negros desciam até os seios, redondos e brancos. Sua silhueta na frente daquela cortina era linda. Sua barriga chapada, seu bumbum redondo, suas coxas distanciadas e poucos grossas. Ela pegou nos cabelos e prendeu em um coque desarrumado, enquanto andava pelo quarto, que não estava diferente. Roupas, lençóis, travesseiros e alguns brinquedos usado por ambas estavam espalhados.

A cena era incrível. Duas mulheres amantes, num quarto branco, ambas nuas admirando discretamente o corpo da outra. Junghwa se abaixou para pegar Seu vestido e sutiã. O vestido era um preto e o sutiã era de mesma cor. A porta do quarto estava aberta. Ela colocou o sutiã e logo pôs o vestido preto. 

-Como pode ser tão, tão, tão linda?-TaeHa ajoelhou na cama com o lençol em seu corpo.-

-Eu ia dizer algo tão clichê agora..

-Diga..-Pediu.-

-Lhe pergunto o mesmo.-Se aproximou e sentou na ponta da cama.-

Elas se olharam e TaeHa não se conteve em sorrir boba e tombar a cabeça.

-Amigas...-A mesma pronunciou e Junghwa sorriu.-

-Amigas.

Logo um serzinho apareceu na porta do quarto e TaeHa arregalou os olhos.

-Ma-mãe?-Indagou na porta do quarto.-

Junghwa levantou correndo e ficou na frente dos brinquedos que haviam no chão. Ela tentava esconder com seus pés. Ele a olhou e sorriu.

-O que está havendo?-Sorriu malicioso e apenas quem não percebeu foi a mãe dele.-

-Err..É-É que mamãe está doent...-Viu o sorriso malicioso nos lábios dele logo tacou um travesseiro nele.-

Ele saiu correndo risonho e ela boquiaberta olhou para Junghwa.

-Meu filho tá pervertido!-Abriu mais a boca.-

-É a idade..-Disse sorridente e saindo.-Beijo..

-Volta aqui e se despedi direito...-Pediu manhosa.-

TaeHa esticou os braços até ela e ela revirou os olhos brincando. Ao se sentar na cama de novo, deu um selinho demorado na mulher.

 

[...]

 

Junghwa só pensava no corpo de TaeHa. Ela estava no quarto, sentada na cama e arrastando suas pernas. Essa mulher havia entrado em sua mente. Ela não parava de pensar nos seios, na barriga, boca, beijo, coxa...Ela já estava mordendo os lábios. Entre suas pernas havia algo pulsante e que a incomodava demais. 

-Arh-rh..-Gemeu arrastado quando movimentou mais rápido as pernas.-

Ela precisava se aliviar o mais rápido, aquilo doía, e TaeHa não ajudava em sua mente. El abriu os olhos, que estavam doendo de tanto forçá-los e logo se levantou. Ela caminhou até seu armário e abriu a última gaveta. Embaixo de suas roupas intimas havia um vibrador borboleta. Ela o pegou e colocou dentro se sua calcinha, atravessando o short de malha fina.

-Uhn...-Reclamou pois estava doendo.-

Aquilo era tortura, e era não iria bater na casa da vizinha amante dela para simplesmente falar: "Usa essa boca para algo." Ela se sentou de volta na cama e pegou o controle rosa. Ela ligou o controle no 3, velocidade mediana. Ela gemeu baixinho e sentiu aquilo vibrar e relaxar seu clitóris. Ela mordeu os lábios e deitou na cama.

-Ah meu deus..

Ela gemeu contraindo as pernas. Ela juntou as duas e sentiu automaticamente seu dedo apertar na velocidade 5, o que fez ela ter que morder o lábio muito forte. Ela queria gemer alto o nome de TaeHa, mas as paredes tinham ouvidos. Ela sentiu a onda de prazer percorrer no seu corpo e o calor aumentar fortemente. Aquilo vibrava e se movia mais rápido do que qualquer dedo ou língua por ai. Óbvio que não era TaeHa, mas era tão rápido quanto.

-Arh!-Não aguentou e gemeu alto.-

Seu clitóris já estava inchado e muito pulsante. Ela criou coragem e colocou na última velocidade. Ela sentiu aquilo vibrar como nunca. Se virou para o lado e largou o controle. Ela pôs suas mãos por cima da intimidade procurando mais contato com aquilo. Afundou seu rosto no colchão e ali pode gemer a vontade, o som se abafava. 

-Ah, meu deus! Tae-ha-a...-Ela estava vindo.-

O brinquedo tinha uma bateria potente e era a prova d'água. Perfeito para qualquer mulher. Ela se contorceu e sentiu sua intimidade molhar. Seu orgasmos estava longo. Ela gemeu arrastado por 4 segundos e sentiu aquilo escorrer por toda extensão de sua vagina, o que fez se arrepiar.

Ela pôs a mão por dentro do short e sentiu seus dedos melarem. Ela sorriu ladino e tirou o brinquedo molhado dali. 

 

[...]

 

JungHwa <3: Taeha...

JungHwa<3: Eu não aguentei

JungHwa <3: [Mídia]

TaeHaha: Ahn...Só de ver..

JungHwa<3: Você não saí da minha cabeça, mulher..aish

 

[...]

 

Jungkook estava no quintal, brincando com Taehyung. Eles estavam jogando um jogo de tabuleiro antigo, que achara em seu quarto.

-Sabe o que eu vi hoje?-Taehyung olhava para o tabuleiro.-

Jungkook tirou suas mãos dos lábios, ainda pensativo e o encarou.

-Eu vi e ouvi algo que não queria...-Levou seu olhar ao dele.-

-O que houve?

-Sua mãe estava na cama com minha mãe, e estavam conversando..-Ele queria chorar.-Minha mãe chamou a sua para ir para Daegu com a gente..mas...ela não vai.-Ele abraçou seus joelhos ao pensar que ficaria longe de Jeon.-Eu não quero ficar longe de você...Não quero!

Taehyung chorou pouco mas o suficiente para tentar acalmar seu coração.

-Ei, ei..-Jungkook pisou no tabuleiro e foi correndo abraçá-lo.-Calma...Vamos se ver.

-Mas vai ser difícil ficar sem você..Acho que vou amanhã.-Disse cabisbaixo

Eles se abraçaram forte e inalaram o cheirinho um do outro. Eles iam sentir muita falta um do outro mesmo...Os momentos, beijos, brincadeiras, abraços, cafuné, companhia..Tudo..

 


Notas Finais


Mídia: https://thumb-p8.xhcdn.com/a/Kd1geGwkhYNe_Y6OWtxllg/000/059/311/298_1000.jpg

Penúltimo cap ein...

.
.
.
.
.
comentem o que acharam e não fiquem ansiosos com a 2° temporada


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...