1. Spirit Fanfics >
  2. Querido diário, >
  3. Selinho,

História Querido diário, - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


CAVETOWN - CUT MY HAIR

Capítulo 6 - Selinho,


21/06/2010


Querido diário,


Hoje eu fiquei bem feliz pois o papai me levou para a escola de carro, já que tinha uma entrevista de emprego no caminho (seja lá o que "entrevista de emprego" significa). Eu fiz questão de ir bem bonita por que não é todo dia que se chega na escola de carro, certo?


Cheguei lá e entrei, me despedindo do papai. Fui para a sala e vi que Beth havia mudado de lugar com Jeniffer, então assim que me sentei a questionei disso.


- É que eu quero ficar perto de você.- Foi o que ela disse. Não entendi muito bem, mas não liguei muito também.


Logo a professora chegou, fez todos ficarem quietos e começou a aula. Não tenho muito o que falar da escola hoje, diário, apenas coisas sobre Beth, que está agindo muito estranho! Ela disse que pediu para a mãe não buscá-la hoje e que queria passar um dia comigo. Além de ficar perguntando muito sobre mim o tempo todo e até me convidar para a casa dela.


Enfim a aula acabou e eu e ela esperamos o tio Caio no portão. Ele demorou um pouquinho para chegar, mas assim que estacionou o carro nós entramos. Apresentei Beth para ele e eles se cumprimentaram. Ele começou a dirigir e nós ficamos conversando até chegarmos na casa dele. Você acredita que a Beth nem se impressionou ao ver a casa e meu quarto de brinquedos? Ela é rica mesmo.


Nós ficamos brincando de casinha no quarto de brinquedos e logo o tio trouxe todinho e biscoitos para mim e para ela. Quando acabamos de comer, ele pediu para fecharmos os olhos. Fechamos e ele entregou uma caixa de presente para ambas. Beth nem se surpreendeu, mas eu fiquei muito feliz!


Como sempre, dei um abraço nele, mas Beth me puxou para ela, me agarrando. Fiquei um pouco feliz com isso. Eu não entendi muito, mas meu coração começou a palpitar muito alto e eu não pude conter um sorrisinho. Ela olhou brava para o tio Caio e ele retribuiu, dizendo que logo meu pai e a mãe de Beth chegariam e indo embora do quarto.


- O que houve? - Perguntei.


Ela me deu um selinho e disse irritada:


- Ele quer fazer isso com você, mas você não pode fazer isso com ninguém! Só comigo!


- Mas garotas não podem fazer isso! - Disse um pouco surpresa.


- Por que não? - Ela perguntou, segurando minhas mãos e as beijando.


- Por que papai do céu não gosta. - Respondi.


- Se papai do céu não gosta que eu fique com você, eu não gosto dele também! - Ela disse ainda mais irritada, me dando outro selinho. - Você não vai abrir seu presente?


Nos soltamos e começamos a abrir os presentes. Eu ganhei um kit de desenho da moranguinho e ela ganhou uma Barbie Fairytopia igual a que eu tinha. Ela gostou da boneca e nós ficamos brincando de desenhar e de casinha até a mamãe dela chegar. Eu gostei muito de brincar com ela!


Rapidamente meu papai chegou e eu sentei no banco de trás do carro como sempre. Fiquei feliz pois a Maria Eduarda estava no banco do passageiro! Ela me deu oi e um beijinho na bochecha! O titio Caio perguntou pela janela do carro se papai não ia mais comprar dele, e o papai disse que não. Será que agora o papai não vai mais comprar pózinho mágico?


Enfim o papai começou a dirigir para casa. Eu estava bem incomodada com o beijo que Beth me deu, então resolvi perguntar para Maria Eduarda:


- Maria, tem problema se eu gostar de uma menina?


Ela olhou para mim, olhou para o papai, e me respondeu:


- Não, meu amor!


Fiquei feliz por que não vou precisar me preocupar! Chegamos em casa e eu vim direto escrever em você! Agora vou ir tomar banho, tchau, diário! 


Notas Finais


Ficou curtinho por que eu não estou com criatividade hoje, ok?! Desculpe!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...