História Querido Diario- Peter Parker - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Homem-Aranha
Personagens May Parker, Peter Parker (Homem-Aranha)
Tags Amor, Aranha, Diário, Holland, Homem Aranha, Parker, Peter, Peter Parker, Spiderman, Tom, Tom Holland
Visualizações 46
Palavras 461
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Poesias, Suspense
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hey everybory, só passei pra desejar uma ótima madrugs/noite/dia/manhã/tarde e etc pra todos sz

Capítulo 6 - VI


Fanfic / Fanfiction Querido Diario- Peter Parker - Capítulo 6 - VI

06/08/2016 - Sábado

Querido Diário, sabados são aqueles dias em que você não faz nada certo? ERRADO.

Hoje minha mãe mal deixou eu acordar pra falar que vamos jantar na casa de uma vizinha, se é que eu podemos chamá-la de vizinha pois a mesma mora a duas quadras de casa, não me pergunte onde ou como diabos minha mãe conheceu essa mulher, minha mãe é assim, conhece gente na fila do mercado, na outra cidade em que morávamos ela conhecia basicamente a cidade toda, e não, nos não morávamos no interior, minha mãe é o tipo de pessoa que se eu saio com ela ela passa mais tempo parando pra falar com pessoas na rua do que fazendo qualquer outra coisa, mas tudo bem.

O dia em si passou bem rápido e quando fui ver já estava na hora de me arrumar, é lá fui eu, juro que não demorei nem 10 minutos e minha mãe já tava gritando "VAMOS CHEGAR ATRASADAS", "É SO UM JANTAR NÃO PRECISA NASCER DE NOVO NAO SOPHIA", lembra que eu falei que a casa era longe? Era realmente um pouco longe mas não muito, porém fomos de carro pois minha mãe estava levando algum tipo de sobremesa que eu descobri depois que era mouse de maracujá.

Quando a gente chegou lá eu achei que quem ia abrir a porta era uma senhora já de idade, com uns 84 gatos, mas não, ela uma mulher que não aparentava ter mais de 45, com um sorriso lindo no rosto, ela comprimentos a gente, falou pra gente entrar e fomos todos pra cozinha, onde ficamos até a hora de ir embora, quando já estávamos comendo, Peter crush supremo Parker entrou na cozinha, eu até falaria que ele estava bonito porém o mesmo estava com calças da Hello Kitty e uma blusa que vende em lojas de lembrancinhas, ele até deu uma desculpa pra tia sobre porque estava com tais roupas mas eu não prestei atenção, estava mais focada em segurar o riso do que ouvir a explicação do mesmo, após um curto período de tempo ele sentou na mesa e comemos, depois eu e minha mãe fomos embora.

Eu deveria estar dormindo porque amanhã vou sair com Peter, culpa da tia dele e da minha mãe, elas simplesmente marcaram um "encontro" pra nós, não sei exatamente como, estava muito ocupada prestando atenção em como Peter come de um jeito fofo, porem nós vamos sair amanhã, 12:20, quando elas marcaram eu fiz a minha melhor cara de indignação porém eu estava dando internos gritos de felicidade.

E com o dia de hoje nós concluímos que:

1º-Parker fica gato até de calça da Hello Kitty
2º- minha mãe é incrível ao ponto de me arrumar um encontro
3º-sera que eu tô apaixonada pelo Parker? 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...