1. Spirit Fanfics >
  2. Querido Professor >
  3. Me deixa cuidar de você?

História Querido Professor - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Oiie!! Eu tinha dito no Instagram ontem que hoje sairia um novo capítulo dessa história que encantou muitos de vocês.
Espero que gostem!

Capítulo 10 - Me deixa cuidar de você?


Fanfic / Fanfiction Querido Professor - Capítulo 10 - Me deixa cuidar de você?

Passamos horas conversando, Leonard estava tentando me acalmar e não pensar nas coisas ruins e sim, que eu poderia mudá-las, poderia ir falar com Francesca e contar o que está havendo. Por um lado estava estranhando essa proximidade dele, sem termos discutido em algum momento. Pra falar a verdade eu nem toquei no assunto que estávamos “discutindo” antes de chegarmos na minha casa. Mas por outro lado a conversa com o mesmo estava me fazendo bem e calma, o mesmo me perguntou com a conheci e contei a história desde o começo, seu sorriso de interessado no assunto me fazia esquecer dos problemas.

  — Apenas se conheceram na faculdade? Eu achei que iria me dizer “nos conhecemos estudando matemática” porque bem, é a sua cara né?.. — O mesmo brinca para me fazer rir.

  — Está me chamando de nerd? Ah! eu não acredito nisso...— Ergo a sobrancelha e sorrio de canto.

Leonard soltou uma risada baixa e voltou com seus olhos aos meus, mordendo seu lábio.

  — Obrigada por me fazer companhia.. — Murmurei olhando os lábios que o mesmo mordia. 

  — Não me agradeça, além de te fazer companhia eu quero te fazer sorrir, quero te animar e que volte a me xingar.."minha nossa Leonard você é um louco e blá blá blá.. — O mesmo continua me olhando firme, senti seu tom de deboche.

  — Muito engraçadinho.. — revirei os olhos soltando um sorriso.

Ele estava ali, disposto a me animar e me fazer esquecer daquela briga com a Fran, Leonard não é qualquer homem, ele é "o homem".

  — Viu, eu consegui..apenas disse a verdade, o que pensa sobre mim. — Ele sorriu acariciando meu rosto com a sua mão.

Senti seus dedos quentes e delicados em meu rosto, mordi meu lábio e inclinei a cabeça pro lado em direção ao seu toque.

  — Eu não penso isso de você… Não que é um louco. — Sorri de canto olhando seus lindos olhos verdes.

  — Me diz o que pensa.. — O mesmo sussurrou encostando sua testa na minha. 

 

Eu estava completamente louca por ele, de fato eu que estava "louca" desejando meu professor, desejando o carinho dele, do toque, do beijo, tudo. Leonard me passava confiança, me fazia delirar apenas com seus olhos me olhando fixo. 

  — Você sabe...— acaricio seu peito soltando um longo suspiro.

  — Eu quero que me diga, Castillo. — O mesmo agarrou minhas coxas me pondo sentada de frente em seu colo.

Senti um arrepio ao sentar em seu colo, apoiei as mãos em seu peito e balancei a cabeça sorrindo de canto. Inclinei o rosto em direção ao seu pescoço e começo a fazer uma trilha de beijos no mesmo lentamente.

  — Hum, interessante.. Me diga mais? — O mesmo sussurrou rouco sorrindo e debochando.

Sorri ao escutá-lo, sua voz estava rouca, o mesmo acariciava minhas coxas e tombava a cabeça pra trás mordendo o lábio enquanto beijava seu pescoço.

  — Até nesses momentos você brinca.. — sussurrei em seu ouvido.

  — Não estou brincando.. — O mesmo girou me pondo deitada no sofá ficando entre minhas pernas. — Deixa eu retribuir? 

Leonard me olhava com um sorriso galanteador enquanto acariciava meu queixo, seus olhos, sua boca, seu corpo, tudo eu desejava. Não no sentido de só sexo mas sim de estar com ele, cuidar do mesmo e visse e versa.

  — Vou pensar no seu caso...— Sussurrei sorrindo olhando para o mesmo.

  — Isso, vai pensando.. — Ele sussurrou beijando meu pescoço e acariciando minha cintura.

Soltei uma risada baixa com o seu deboche e pude sentir cada beijo, cada mordida e cada carícia que Leonard me dava, tombei a cabeça suspirando e abracei seu corpo contra o meu. Não me contive e logo em seguida estava beijando o mesmo. 

Nossas línguas ficaram minutos em uma batalha sensual, com carícias e mordidas, soltei um suspiro sem ar e separei do beijo sorrindo contra seus lábios.

  — Meu deus..— Ofeguei.

  — O que foi? — Leonard soltou uma risada baixa beijando meu queixo.

Balancei a cabeça e o puxei para um selinho demorado, enquanto seus braços envolveram meu corpo. Por que tão complicado? qualquer coisa ele se fecha comigo...Não quero que isso acabe. Meus pensamentos começaram a me perturbar novamente sobre Leonard.

  — Eu só não quero que isso acabe entende? Você tá me fazendo bem..admito, mas por outro lado você é bipolar, me confunde e eu não sei como agir, o que falar..Desde que chegamos não tocamos no assunto sobre o acontecido no estacionamento, não reclamo porque você me acalmou depois disso com a Fran e..agora estamos aqui.

Ele apenas balançou a cabeça em negação suspirando, dizendo que é complicado, o que eu esperava.

  — É complicado.. — Disse ao mesmo tempo que ele. — Viu? eu sabia que ia dizer isso, você não se abre comigo León..você..argh! Eu não quero alguém que esteja comigo só por ficar, eu quero uma família e se você não quiser isso e não quiser arriscar isso por nós..eu sinto muito, está “ficando” com a pessoa errada. Se é que me vê assim.. — Ironizei.

  — Castillo….— O mesmo me olhou ajeitando suas madeixas. — Não me chame assim..

  — Não me chame assim você!.. — Suspirei saindo do seu colo. — Que se dane, eu esqueci que não sou íntima o suficiente pra te chamar assim..ou pior, eu não sei porquê não posso.

Ao me levantar senti Leonard enlaçar minha cintura novamente pra ele pondo o rosto em minha cintura.

  — Eu não quero te prejudicar.. Ludmila é minha ex, está com fotos nossas e quero te proteger, por favor me entenda..Eu quero estar com você!

  — Quer? E não podemos resolver juntos? Me proteger? eu sou bem grandinha e isso não justifica o fato de não poder te chamar pelo nome, porque isso começou a acontecer bem antes, disse pra turma toda que só íntimos te chamavam assim...deve ter algum motivo, eu sei que tem.

O mesmo se levantou segurando em minha cintura me olhando nos olhos.

  — Você quer a verdade?...— Ele murmurou mordendo o lábio. — De tudo?

  — Quero.. Se você gosta de mim, nem que seja um pouco.. que sinta algo quando estamos juntos...Por nós..— Suspirei cansada desse mistério todo, olhando para ele.

Finalmente, ele iria me contar seus segredos, se abrir comigo nem que seja um pouco. Leonard tem esse jeito intimidador e seco que afasta as pessoas, mas sei que no fundo ele tem um ótimo coração e no momento está repleto de mágoas do passado.

 


Notas Finais


Qual é o segredo do León? o que acham?...Me contem! E me perdoem pela demora <3
Um beijo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...