História Querido TATA! - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Jungkook!beta, Jungkook!top, Kooktae, Kookv, Taehyung!bottom, Taehyung!ômega, Taehyung!powerbottom, Taekook, Taeuke, Vkook, Vottom
Visualizações 48
Palavras 2.329
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura!


E me desculpem a demora...

Capítulo 4 - Ele me admira


Fanfic / Fanfiction Querido TATA! - Capítulo 4 - Ele me admira

-Jinnie, posso te fazer uma pergunta? - Pedi para meu amigo pausando o filme que estávamos assistindo.

-Tecnicamente você já está fazendo uma Taehy, mas pode sim.

-Hyung eu fedo?

-Feder? Não Tae, pelo ao contrário você cheira muito bem, que tipo de pergunta é essa? - Falou rindo.

-Não ri de mim Hyung, é só que o Jungkook, um tempo atrás falou que gostava do meu cheiro, só que os betas na maioria das vezes não conseguem sentir o cheiro dos ômegas e dos alfas, só se o cheiro for realmente muito forte. Eu não fedo não né?

-Não Tae! Seu cheiro é realmente bem forte, então deve ser por isso que ele conseguiu sentir, mas isso não quer dizer que você fede, e sim que você é cheiroso. E o bom disso é que muitos alfas podem se atrair pelo seu cheiro- Sorriu maliciosamente com sua última frase me fazendo corar e desviar do seu olhar- Imagina no seu primeiro cio vai atrair todos os alfas de todos os luga-

-CHEGA!- Gritei completamente vermelho, meu Hyung era muito estranho credo- Eu vou botar o filme, e você sabe que eu odeio alfas- Falei despausando o filme e me ajeitando novamente no meu sofá.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Já havia passado um tempo desde que o filme que eu e o Jin estávamos assistindo tinha acabado, e agora estávamos pensando no que fazer.

Já que, eu e meu Hyung estamos sozinhos em casa, não sabemos que horas minha mãe vai chegar aqui, e o pior de tudo é que estamos sem comida.

Então, estamos pensando, as opções são as seguintes:

. Ou morremos de fome e esperamos minha mãe chegar com comida, por que ela sempre trás

. Ou saímos de casa para ir na lojinha de conveniência que tem aqui perto de casa pra comprar miojo

Eu quero ir comprar meu miojo, só que o problema é que meu amiguinho aqui está dizendo que é muito perigoso sair de noite. Eu já falei com ele um milhão de vezes que eu tenho um spray de pimenta e que sempre levo pra todo lugar como defesa.

Mas nãooo ele insiste que é muito perigoso.

-Eu não ligo mais Jinnie, eu estou indo - Dei as costas para o mais velho e fui pegar minhas coisas.

-Não vai não Kim Taehyung! - Jin gritou me seguindo.

-Já estou saindo!

-Então eu vou com você espera!

-Anda logo tô esperando- Falei me encostando na porta da entrada da minha casa.

-Pronto vamos- Falou e eu assenti.

Abri a porta para nós dois e nos primeiros passos que demos na rua meu Hyung já começou a reclamar...

-Tae acho melhor a gente voltar, eu soube de um homem que anda sequestrando ômegas nessa rua!- Falou balançando meu braço repetidas vezes.

-Hyung para de falar essas coisas! Sabia que você atraí o que fala? Se não quer que nenhum homem te sequestre vamos rápido e em silêncio, comprar nossa comida.

-Tá tá, é só porque me dá medo Taehy- Falou segurando minha mão enquanto andávamos.

-Não precisa ter estamos quase chegando- Me virei para meu Hyung e sorri para o mesmo, mas ao invés dele sorrir de volta ele ficou olhando assustado para trás de mim.

Fui voltado meu corpo lentamente para ver o que estava causando tanto medo ao meu amigo, e assim acabei dando de cara com um homem alto de roupas pretas olhando para nós sorrindo.

-Jin é vo-

-AAAAAAAAAH- Eu e Jin gritamos ao mesmo tempo e então eu sai correndo puxando meu amigo comigo.

 

Corremos muito rápido deixando o cara estranho para trás e acabamos que chegamos na lojinha.

-E-Eu nunca mais saio com você Tae- Jin falou colocando a mão no peito de modo dramático.

-Pelo menos chegamos Jinnie, não seja mal comigo, sim?- Fiz um biquinho que eu sabia que ele não poderia resistir e peguei na sua mão.

-Tá bom- Falou revirando os olhos, mas logo depois sorriu pra mim.

-Por isso que somos melhores amigos- Falei alegre e logo o puxei para onde estava os miojos- Qual você vai querer? Eu vou pegar o de frango.

-Eu vou pegar o de carne, vou pegar dois porque estou com muita fome, e você me fez correr.

-Então era você mesmo Jin...- Uma voz atrás de nós falou.

Assim que me virei dei de cara com o cara estranho da rua, só que ele era meio que familiar?

-Namjoon?- Jin perguntou para o moço. Namjoon, eu conhecia esse nome, esse rosto...

Namjoon, Namjoon, NAMJOON!

-Saí de perto do meu amigo seu bruto! - Gritei para o mais alto e então ele olhou pra mim com uma cara de surpresa e também raiva. Hehehe eu acabei com ele eu sei.

-Você é aquele ômega que trouxe aquele beta pra bater nos meus amigos e em mim! - Falou hahahhahhah, isso mesmo eu sou, calma que?

-Na verdade, você é o alfa amigo do ridículo do Jimin que queria me bater só que eu acabei com vocês- Falei e ele riu.

-Na verdade aquele beta que fez quase todo o trabalho, se só você estivesse lá ômega- Fez uma breve pausa para segurar a gola da minha blusa- Estaria morto.

-Ui que medo, meu filho vai arrumar o que fazer- Tirei sua mão da minha roupa e então simplesmente chutei suas partes- Nunca mais encosta em mim.

Peguei na mão de Jin, paguei os miojos na velocidade da luz e antes de sair da lojinha pude ouvir uma voz falando:

‘Namjoon você tá bem?’

 

Namjoon estava com seus amigos, eu merecia meu deus!

 

-Taehyung porque você fez aquilo?- Não pude nem responder a pergunta do meu Hyung por que assim que saímos, nada mais nada menos que Park Jimin estava encostado na porta da porra da lojinha!

-Taehyung...-O loiro falou se aproximando de mim- Quanto tempo, sim?- Perguntou sorrindo.

-Como se você não me visse na escola Jimin- Sorri de volta me afastando do baixinho- Se me der licença eu preciso ir embora.

-Tão rápido assim Tae?- Jimin perguntou pegando no meu pulso- Nós precisamos conversar esqueceu?

-JIMIN ESSE ÔMEGA DE MERDA ME BATEU- Namjoon gritou surgindo do inferno, fazendo com que Jimin sorrisse mais ainda pra mim e apertasse meu braço.

-Olha só ou você me larga ou eu vou ter que tomar medidas drásticas- Ameacei pegando meu spray de pimenta e mostrando pro mais baixo. Na mesma hora ele soltou meu braço.

-SAI COM ESSE NEGOCIO DE PERTO DE MIM? - Gritou se afastando e indo pra perto de seus amigos.

-Jin corre.

-O que?

-CORRE.

 E novamente puxei meu amigo e começamos a correr que nem doidos, só que dessa vez com 4 garotos correndo atrás de nós.

-PEGUEI- Um deles puxou meus cabelos e eu acabei indo pra trás soltando a mão do meu Hyung.

-JIN CORRE E NÃO PARA, CHAMA..., CHAMA O JUNGKOOK! - Essa foi a última coisa que eu gritei antes que meu amigo saísse correndo me deixando pra trás com os quatro alfas.

O que eu podia esperar, eles são alfas, são mais fortes e mais rápidos.

-Taehyung temos umas contas pra acertar- Jimin falou chegando perto de mim e então puxou meus cabelos me fazendo olhá-lo.

-Eu acho que não temos não- Falei e antes que eu pudesse tacar meu spray em seus olhos ele o pegou e jogou no chão.

-Isso pode ter funcionado uma vez, mas duas, não- Disse rindo e socando meu estômago me fazendo cair ajoelhado.

-Você me machucou Taehyung e meu amigo também, ninguém saí ileso depois disso, você quis bancar o ômega idiota e isso teve que acontecer- Falou segurando meu rosto com uma mão, essa que foi mordida por mim bem forte.

-ME LARGA SEU CACHORRO DE MERDA- Falou tentando tirar a mão da minha mordida, mas não conseguia. Assim que eu senti o sabor de sangue na minha boca soltei sua mão e cuspi em seu rosto.

-VOCÊ É LOUCO, GENTE ME AJUDEM PORRA! – Gritou pros três alfas que vieram pra cima de mim com chutes e socos, e eu? Bom, eu me defendia como podia, mas mesmo assim já sabemos quem ganhou essa luta.

 

E não fui eu dessa vez.

 

-Já podem parar, ele já entendeu o recado, não é Tae?- Jimin perguntou sorrindo pra mim.

-S-Sim claro que eu entendi que você é tão baixo Jimin que chega a bater nos mais fracos se eles não fazem favores ridículos pra você, e sim eu entendi também que você tem que é melhorar esse jeito de pensar se quiser ser alguém na vida, deixa de ser um alfa ridículo- Falei sorrindo de volta para o loiro.

-...-

-Um dia Jimin, se você mudar, talvez eu aceite suas desculpas, mas é claro só depois de socar sua cara.

-Só nos seus sonhos ômega, vamos embora!

 

E foi assim que eu acabei sozinho, jogado no chão, todo machucado e com as pessoas passando do meu lado pensando que eu era um mendigo :/

‘Você perdeu uma luta Taehyung, mas veja pelo lado bom, você fez aquele alfa sangrar’

-Não Tae isso não é nada bom você só sabe trazer mais e mais proble-

 

-TAE! - A suave voz do beta atingiu meus ouvidos e meu coração acelerou.

-Taehyung o que fizeram com você...- Jungkook falou outra vez só que eu realmente não queria olhar pra ele.

Então eu senti braços fortes me levantarem e me carregarem estilo noiva, Jungkook começou a andar comigo em seus braços e não falou mais nada por um tempo.

-Eu perdi Jungkook...- Falei quase em um sussurro quebrando todo aquele silêncio enquanto escondia meu rosto no peito do beta.

-E isso importa? Você tá todo machucado Tae, você realmente não devia ter feito isso- Falou nervoso e então um nó se formou na minha garganta e a grande vontade de chorar me atingiu em cheio –Nada disso importa Taehyung, você não pode se machucar assim, você não gosta do seu corpo não?

-N-não é n-nada d-disso seu insensível! – Falei soluçando junto com as lágrimas que agora rodavam pelas minhas bochechas.

-M-Meu corpo inteiro d-doí, e-eu q-quero morrerrr Jungkookie! E-Eu n-não queria ser um p-perdedor- Gritei apertando a blusa do mais novo nas minha mãos- V-Você realmente não s-sabe pelo o que eu p-passei, as humilhações, t-tudo! M-Mamãe sempre diz que e-eu devo me d-defender, mas nem i-isso eu c-consigo f-fazer. E-Eu sou tão i-inútil que até m-meu p-pai me d-deixou, em fingo não lingar m-mas não d-dá mais!

-Sabe quem é um perdedor Tae? Aquele que bate em mais fracos, quem fez isso com você, esse sim é um perdedor- Jungkook falou olhando nos meus olhos- Você não é inútil Hyung, pelo o que eu vi, você é um ômega muito forte. Eu realmente não sei pelo o que você passou, mas sei que não foi nada fácil. Eu admiro você Taehyung, porque você é um ômega diferente, você é um ômega que tem a coragem de enfrentar alfas que são muito mais fortes que você, e mesmo que todos estejam contra você, você continua tentando impor respeito mesmo que isso te machuque, tanto psicologicamente quanto fisicamente- Continuou, enquanto da minha boca só saiam soluços.

-Tae no dia que eu te conheci e vi todos aqueles alfas indo pra cima de você eu soube que alguma coisa estava errada, que você não era igual aos outros, também gritando daquele jeito para um alfa, ninguém ia te achar normal- Falou me fazendo soltar um pequeno riso- Mesmo te conhecendo em tão pouco tempo eu fiquei admirado, quero te conhecer melhor Tae, e saber mais sobre você, por que eu Jeon Jungkook, te admiro Kim Taehyung, você sendo um perdedor ou não.

-...-

-...-

-P-PORQUE VOCÊ T-TEM QUE F-FALAR C-COISAS T-TÃO B-BONITAS?- Gritei começando a chorar novamente, eu estou sensível tá! Jungkook olhou para mim mas uma vez e então começou a rir, suas risadas eram tão boas de ouvir, elas me acalmavam. Acabei deitando com a cabeça no peito do mais novo de novo e ouvindo o som do seu coração.

‘tum tum’ tum tum’ ‘tum tum’

-Estamos chegando escravo? - Perguntei para Jungkook que me olhou incrédulo pelo apelido que eu o chamei.

-Estamos quase lá, não sou seu escravo...- Falou sorrindo divertido.

-Claro que não...- Falei sorrindo e bocejando logo depois.

-Tá com sono? - Perguntou.

-Sim- Respondi fechando meus olhos e continuando a ouvir seu coração.

‘tum tum’ ‘tum tum’ ‘tum tum’

Era esse o barulho que ele fazia, cada vez mais rápido, seu coração estava acelerado.

 

-Seu coração está batendo tão rápido Jungkook... Por que será?- Só bastou essa frase pra que eu caísse no sono e não ouvisse a resposta do mais novo.

 

 

 

-É sua culpa.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

‘Querido TATA,

Aconteceram muitas coisas hoje, algumas boas outras ruins, não estou escrevendo agora em você só pensando no que vou escrever, porque eu realmente estou muito cansado para escrever hoje, talvez amanhã...

Você acredita que eu levei uma surra hoje dos Jimin e seus capangas? Pois é dessa vez eu perdi muito feio, mas eles roubaram.

Jin ficou muito preocupado comigo quando cheguei em casa, ele estava chorando muito e disse que a gente nunca mais ia sair pra comprar miojo. A e eu também exigi saber da onde ele conhecia aquele Namjoon lá, só que ele me disse que ia me contar depois :’)

Amanhã eu vou ter que esconder os roxos do meu rosto com maquiagem para que minha mãe não descubra nada, não quero dar preocupações a mais pra ela, qualquer coisa eu falo que caí da escada, ela vai acreditar...

Mas hoje também uma pessoa me disse muitas coisas bonitas, essa pessoa foi Jungkook, ele me deixou feliz enquanto eu estava triste, ele disse que me admira, ele me resgatou também e me levou pra casa carregado.

Jungkook realmente me deixou muito feliz hoje, muito mesmo.

Isso aumentou muito mais minha vontade de ser seu amigo.

 

Amigos.

 

É isso que vamos ser, bons amigos.’


Notas Finais


Me desculpem pela demoraaa, é que eu realmene tinha que estudar por que minhas aulas voltaram :(
e essa semana mesmo eu teno prova aaaaa.

Então se eu sumir um pouco não me culpem, culpem a escola.

Bom foi isso espero que tenham gostado e até a próxima!
Besotos de luz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...