História Queridos amigos- Harry Potter - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Harry Potter, Hermione Granger, Ronald Weasley
Visualizações 25
Palavras 1.030
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpem pelos erros.

Capítulo 2 - Feitiços proibidos- Cap2


Fanfic / Fanfiction Queridos amigos- Harry Potter - Capítulo 2 - Feitiços proibidos- Cap2

Ron narrando-

Ainda anoite me deitei na cama avistando Harry lendo um livro de magia com usando o feitiço Maxima. E então ele pergunta:

- O que aconteceu?- el pergunta sem menos olhar para mim.

- A Hermione me viu beija a garota da outra casa.- eu falo sendo tranquilo por fora.

- E vocês brigaram de novo?- ele pergunta novamente como se fosse um psicologo.

- Não. Bem, quase. Não chegamos a descutir, quando ia falar com ela seus olhos estavam vermelhos igual a ponta do nariz. Você acha que ela me ama de verdade?- Eu falo me sentando na cama.

- Quem sabe...- Harry diz ainda concentrado no livro.

- Mas agora ela esta com raiva de mim...- Eu falo me Deitando novamente.- Boa noite...- digo pensativo.

- Boa noite Ron.- ele responde.

[...]- no outro dia. 

Eu e Harry estavamos indo para a aula de poções, há que acabamos de chegar atrasados e tomamos uma porrada do professor Snape. Nos sentamos e na outra mesa avistei Hermione sentada sozinha. E sussurei para o Harry:

- vou me sentar ao lado da Hermione.- quando estava reconhecendo minhas coisas para me mudar de mesa, Snape usou sua magis para me obrigar a ficar sentado. E quem eu menos esperava se sentou ao lado dela, Draco Malfoy. 

Ela deu um sorriso forçado pra ele e começaram a sussurrar alguma coisa. Então Snape tira o feitiço de mim deixando meus musculos relaxarem.

- Harry.- eu sussurrro.

- O que foi?- ele responde.

- Você acha que o Malfoy esta...- Fui interrompido quando Snape segurou nossas cabeças, nos abrigando a manter a atenção no livro. 

Após o termino da aula, todos os alunos estavam euforicos, quando fomos ver havia um grande papel com a rela dos nomes que irão para as outras escolas fazer o evento.

Procurei pelo meu nome e achei, tanto o meu, quanto o do Harry, Hermione e Luna.

 Escuto a voz suave de Hermione, olho para trás vejo a mesma falando com Harry, não queria me intrometer, mas queria falar com ela. Mas a mesma logo sai andando.

Fomos a biblioteca onde Harry queria me mostrar um livro sobre feitiços proibidos que achou escondido, ou melhor, camuflado no armário. Nos abrimos o livro que tinha uma capa preta com detalhes prateados. E ali havia feitiços que nunca aprendemos a fazer em Hogwarts, deve ter motivos para isso.

Folhamos o livro a procura de algo interessante, ate encontrarmos uma folha rasgada, tinha apenas vestigos do rasgado, não sabemos qual é o feitiço exato. Harry me olhou com uma cara de preocupação.

O de óculos logo coloca o livro no armário, e a cor do mesmo fica exatamente igual a do armário. Tomamos um susto quando alguem nos chama a atenção:

- O que estão fazendo?- olhamos para tras e vemos Luna perguntando segurando uma xícara de chá.

- Ha, nada. Apenas observando a prateleira.- Harry diz para desfarçar o que estavamos fazendo.

- Temos que ir!- Eu falo e saio andando e Harry vem junto comigo.

E fomos andando rapido, bem rapido ate a casa de Hagrid. Ao chegar lá, batemos ate o proprio Hagrid abrir para nos, entramos igual ao um foguete.

- O que há com você?- Hagrid pergunta fechando a porta.

- Hagrid, queria te perguntar uma coisa. Mas promete que não ira contar para ninguém.- Harry diz se sentando no sofa igual a mim. E logo hagrid tambem se senta.

- Ha, claro. Prometo!- O barbudo diz.

- Queremos saber sobre o livro de feitiços proibidos.- Eu e Harry falamos juntos, em harmonia.

Hagrid então coça a barba e olha para os lados e finalmente responde:

- O livro de feitiços proibidos não existe mais. Foi destruido pelos quatro fundadores de Hogwarts a muitos anos atrás.- Hagrid diz com tranquilidade.

- E se ele ainda existisse? O que fariamos?- Eu pergunto preocupado.

- Bom, sabemos que Não existe mais. Porém, se ele não fosse extinto concerteza muitos bruxos iriam vir atrás dele. Para fazer tanto o bem, quanto o mal.- Hagrid diz com um tom assustador.

- o livro tem como, de alguma maneira ter se renerado em algumas décadas ou ano?- Harry pergunta.

- Sim, ele pode. Talvez. Não. Eu não deveria ter dito isso, eu não deveria...- Hagrid fala e nos nos levantamos, indo em direção a porta falamos:

- Obrigada Hagrid!- e saimos.

Voltando para a escola o Harry animado com a nova descoberta foi correndo de volta para a biblioteca. Eu fiquei para trás, e fui caminhando pelo patio em direção da biblioteca, avistando sentada no banco estava Hermione ao lado do Malfoy, usando magia ela fazia o livro flutuar enquanto leiam. Me escondi atrás da pilastra para observar. 

Uma mecha cacheado de seu cabelo acabou aindo de trás de sua orelha, e então Draco olhando para ela com um sorriso o ponhe a mecha no mesmo lugar onde estava.

Com raiva sai de trás da pilastra e fui na direção deles.

- Ron?- Hermione pergunta.

- Malfoy poderia me dar licença?!- Eu falo e loiro Não fez o que eu mandei.

- Porque eu faria isso?- ele pergunta.

- Por que eu quero falar com a Hermione.- Eu falo com as mãos fechadas, pronto para dar um soco na cara dele.

- Ela esta bem aqui, né Hermione!?- Ele fala colocando a mão encima da dela.

Eu segurei no pulso do outro braço dela e a puxei a fazendo se levantar, Malfoy então a segura pela mão.

- Draco, pode deixar.- Ela fala e o Draco a solta e eu continua a puxa-la para longe da li.

- O que pensa que esta fazendo Hermione?- Eu falo quase expludindo.

- Socializando?!- Ela fala a toda calma do mundo.

- Hermione, me escute!  Fique longe dele, ele é uma má influência para você.- Eu falo a segurando nos ombros para ve-la mais de perto.

- Ron, escute você! Eu faço amizade om qiem eu bem entender. E quer saber?...- Ela é interrompida pelo Harry.

- Ron. Hermione. Desculpe atrapalhar mas, achei uma coisa bem interessante.- ele diz e nos leva a biblioteca...

Ao chegar lá, ele abre o livro de feitiços proibidos e ponhem em uma página que dizia " Abertura do feixo" e então Haery com sua varinha disse as palavras escritas no livro. E uma pequena porta atrás do armário se abre. 

- Vamos?- Harry pergunta ja sabendo da resposta.

- Vamos!- Eu e Hermione dizemos juntos.

..





































Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...