História Quero além da amizade... - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 2
Palavras 1.175
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Dormir em casa


Fanfic / Fanfiction Quero além da amizade... - Capítulo 2 - Dormir em casa



..•°•..


Eu estava na sala de aula vazia, estava sem alunos e nem as carteiras... Estava na minha frente, eu... Estava beijando alguém, não consigo ver quem é... Mas... Por algum motivo sinto que n é a Lorena... Sinto... Que é outra pessoa...

Acordei, percebendo que o que estava a acontecer era um sonho... Olhei para o meu despertador e é 7:10 da manhã, me levanto correndo pois a aula começa às 7:00, troco de calça e coloco um tênis muito rápido, nem troquei de camisa de pijama apenas coloquei um casaco por cima e fui correndo pegar minha mochila, ao pega-la corro para escola. 



Cheguei na escola batendo na porta, cheguei no meio da primeira aula, a professora abriu a porta

-o pq você está atrasado??!_a professora disse_

-perdi o horário... Desculpa...

-ok, entre e sente-se! Se atrasar novamente na minha aula você não entrar!_a professora disse me dando uma bronca_

Fui para meu lugar, assim que me sentei na cadeira o Amarelo virou para trás me chamando pra conversar.

-eae, pq atrasou?

-eu tive um sonho estranho e sem querer não escutei o despertador...

-ata, então.... Como vai a vida?_ele falou tentando puxar assunto_

-bem, e a sua?

-mais ou menos como sempre estou.

-atenção! Façam duplas, teremos um trabalho, teram que escrever um livro, seu livro, terá que ser um romance, vocês criaram um drama, personagens e todo o resto._a professora era de português, então faz sentido ela nos passar este trabalho_ vocês teram 3 meses para fazer! Espero que vocês consigam acabar no tempo exigido.

-vamos fazer dupla??_ele disse animado pra mim_

-vamos! Mas você é bom em escrever romances?_perguntei dando uma risadinha, pq vi o intusiamo dele com o trabalho_

-não conta pra ninguém mas... Eu adoro romances! É muito bom ler eles, eu só tentei aprender a ler por conta deles!_ele falou sorridente_

-ok então, vamos fazer juntos o trabalho!_respondi_

-depois da aula posso ir na sua casa? Para começar o trabalho, estou realmente animado para fazê-lo!_ele perguntou_

-ok, por mim tá tudo bem, minha mãe vai estar trabalhando e meu pai não mora junto com a gente, entao você pode ir lá!

Ele mandou mensagem pro pai dele avisando que ele ia na minha casa.

Olhei ele mandando mensagens, e percebi que ele falou "vou na casa de uma amiga".

-oq você tá falando que sou menina pro seu pai?!

-eh... Ele não gosta que eu tenha amigos homens... Ele escolhe os amigos homens que eu vou ter.

-e... Pq disso?_perguntei muito confuso_

-coisas pessoais de mais para eu poder contar, desculpa._ele falava olhando para o lado enquanto abaixava a cabeça_

-ok... Então depois da escola você vai na minha casa, certo?_perguntei para ter certeza_

-sim!_ele respondeu sorridente_

Chegou no final da aula, não fizemos nada a aula inteira pq estávamos conversando.

Do lado de fora da escola, eu vi ele vindo correndo em minha direção.

-Desculpa a demora! Uns retardados tavam tentando me bater._ele falou cansado de tanto que correu para chegar aqui_

-você se machucou??_perguntei demonstrando minha preocupação no rosto_

-não, só minhas mãos, de tanto que soquei aqueles filhas da puta.

-ksks, vamos! Minha casa não é tão longe._falei enquanto começava a andar_

-ok!_ele começou a me seguir_

Chegamos em minha casa já fomos entrando, levei ele pro meu quarto, nos sentamos na cama e começamos a falar do trabalho.

-temos que colocar dois personagens, eles podem ser o que nós quisermos._ele falou_

-vamos colocar dois humanos mesmo._eu falei_

-hum... Que tal... Um humano e algo que não é um ser humano?_disse ele enquanto deitava na cama_

-Zoolifilia? Ksks._falei rindo enquanto deitava junto a ele_

-Não seu troxa! Kk._ele me deu um soquinho no braço_ tô falando tipo algo humanoide, só que não é humano!

-tipo... Uma criatura e um humano?_falei enquanto saia da posição de barriga para cima me virando para ele_

-sim! Um bicho da escuridão com um humano!_disse ele pensando em tudo enquanto virava para mim_

-hum, parece bom!

-eu tive mais uma ideia... Mas não sei se você vai querer colocar..._ele falo um pouco preocupado que eu não deixasse colocar_

-qual?

-um casal gay, o bicho da escuridão é homem e o humano também.

-pode ser!_falei enquanto abria um sorriso_

-ótimo! Como iremos começar?_ele falou se aproximando de mim_

-que tal tem estes bichos espalhados pela cidade, o nosso personagem acordo durante a madrugada e viu um deles na cozinha, depois de um tempo eles perceberam que um tava com medo do outro.

-perfeito!_ele se levantou pegou um papel um lápis e deitou com a barriga para cima apoiando a cabeça no meu braço_

Quando ele deito, senti algo entranho... Era estranho, meu coração acelerou um pouco, não sabia o que era aquilo.

-manda mais ideia para eu anotar tudo!_ele falou enquanto escrevia as ideias no papel_

-ok._continuei falando ideias e discutindo com ele até ficar bem tarde_

Era 11:34, eu já ia falar para ele ir para casa pois estava tarde, então ele me perguntou.

-posso dormir aqui?... Eu... Não tô afim de voltar para casa..._ele perguntou olhando pro lado_

-acho que pode, seu pai deixa?

-meu pai me mandou um vídeo que parece que ele gravou em casa._ele me mostrou o vídeo e viu o pai dele bebendo e cheirando cocaína, junto com os amigos, o vídeo era ele xingando o Amarelo o tempo inteiro de viadinho_

-nossa... Ok, você pode ficar!_falei preocupado com ele, ele estava com uma cara meio triste_

-obrigado!_ele me deu um abraço apertado enquanto abria um sorriso_

-de-de nada, agora para! Isso ta-ta me sufocando! Ksks.

-ok!_ele falou me soltando_ estou com sono, e você?

-não muito...

Ele tirou a camisa.

-Você se em porta se eu durmir sem camisa?_ele perguntou para mim_ esta camisa é muito desconfortável!

-não me em porto não.

Ele deitou e virou para mim, deitou num travesseiro tirando a cabeça do meu braço.

-boa noite!_disse ele fechando os olhos_

-boa noite._eu respondi apagando a luz do abajur_

Fechei meus olhos, logo depois de alguns minutos nós conseguimos durmir.

Voltei a sonhar com aquele sonho estranho, eu estava de costas para mim não dava para ver quem eu estava a beijar, me aproximei e fiquei confuso, quando eu vi... Era o Amarelo! Fiquei paralisado, mas me senti... Algo estranho, era a mesma sensação de antes... Acordei com o som do despertador, o amarelo não acordo, ele parecia ter sono pesado. Acordei, um dos braços dele estava debaixo de mim e outro por cima, ele estava meio que me abraçando, eu estava com a cara em seu peito. Fiquei corado, tentei sair de lá, mas quando tentei ele me abraçou como seu eu fosse um bixinho de pelúcia, ele se encolheu colocando a cara em meu ouvido e as coxas por cima das minhas, fiquei muito corado, eu estava soando e meu coração acelero a mil, não sei o que estava acontecendo no seu sonho, mas ele disse enquanto dormia no meu ouvido.

-te amo...

Quando escutei aquilo eu o acordei dando um grito.

-TA-TA NA HORA DE ACORDA!

Ele levou um susto, quando viu o que estava acontecendo me soutou e ficou corado gualmente a mim.

-de-desculpa! E-eu nã-não tinha a intenção de te abraçar enquanto dormia! 

-o-ok..._falei corado olhando para ele_




Notas Finais


Demoro para acabar isso, desde ontem tô fazendo! Espero que tenham gostado!
Acabo ai pq eu achei que já estava muito longo, e se eu continuasse poderia ficar com uma 1800 palavras.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...