1. Spirit Fanfics >
  2. Quero arruinar nossa amizade. >
  3. Tibba passa-te a bufa, aceitas?

História Quero arruinar nossa amizade. - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


olá, aproveite a leitura.

Capítulo 7 - Tibba passa-te a bufa, aceitas?


-Eae chefe, está de seu agrado?

Perguntava nosso sarrador profissional esperando uma resposta impaciente, queria ganhar logo o dinheiro para finalmente comprar monster para seu macaco indie.

-Realmente, fiquei sabendo que ele e Carteiro estão brigados, hãn?

-Sei lá, dá logo o dinheiro pra gente.

-Feito, toma logo essa merda e sumam daqui antes que um funkeiro me veja com vocês.

Disse ele entregando uma certa quantia de dinheiro na mão dos dois e sumindo nas sombras.

-Agora o que a gente faz?

-Espera o Pedro falar algo sobre ou alguém desses canais de opinião. Vai ser legal ver eles brigarem entre si.

-Realmente, vamos?
-Vamos.

                                                                           ...

“ligando....”

“chamando...”

“chamada recusada”

Isso matava Victor por dentro.

Ele amava e se preocupava com Jean, mas aonde diabos ele foi parar? Será que foi algo que ele disse? Ele fez algo de errado?

Não importa a resposta, aos poucos ele está aceitando que finalmente ele realmente precisa de algo melhor, de alguém que realmente se preocupa se ele morresse ou não. Jean não fazia isso, o tratava como nada.

Será que um dia ele volta?

“trum trum”

Antes que essa pergunta fosse respondida, uma mensagem de chamada perdida veio ao seu celular. Era Saiko querendo jogar uma partida com Victor e uma galera.

-Pode ser legal.

Pensou consigo mesmo.

Foi e ligou o computador ligando o discord e falando com os mesmos.

-Eae seus viados.

-Eae filha da puta, bora jogar?

-Não tô muito afim não, foi mal.

Um clima se formou, eles sabiam o motivo daquilo. Mas seria inconveniente perguntar?

-Quer falar sobre?

Pergunta Calango.

-Não, tô de boa. Vocês sabem o motivo.

Um silêncio de novo.

-...

-Bora jogar o jogo do Jaison lá, bora?

-Vamo.

                                                                                                                   ...

-Pode me contar o que aconteceu?

Tibba apesar de ter dominar a arte japoneza de bolar um, ele era um bom ouvinte. Aquela carinha de bolinho de arroz bem fofinho escondia um grande sábio e gentil ouvinte e conselheiro.

-Porra tibba, sei lá, sabe? Eu... ele namora e se eu tentar algo ele vai ficar confuso.

-Hum...

Tibba gesticulava para continuar, apesar de quase não enxergar ele por causa da bufa, ele entendeu e continuou.

-Eu deveria chegar nele?

-Meu caro, ele está muito confuso no momento. Deixe ele superar ele primeiro pra depois tentar algo. Como sabe, ele ainda tem sentimentos pelo carteiro, não seria uma boa ideia tentar algo nesse tempo. Senão ele vai jogar tudo em você e te usar como apoio emocional.

-Então tá me dizendo pra esperar e dar apoio pra ele durante esse tempo?

-Exatamente.

-Mas ele tá sofrendo, deveríamos fazer algo!

-Deixe ele, ele precisa de tempo e Jean já tomou dele o suficiente. Ele irá superar.

-Hah....

Suspiro cansado de Raposito.

-Obrigada por me ouvir.

-Não há de quê meu caro, mais alguma coisa?

-Não, era só isso que me atormentava.

Tibba chega mais perto e passa a bufa para raposito.

-Aceitas?

Raposito fuma bem fundo a bufa, sentindo o gosto forte do trago indo dentro de sua cabeça e soltando logo em seguida. A fumaça cobria tudo naquele lugar, os gatos de tibba já dormiram com a fumaça e estavam sonhando de maneira lúcida com a vibe.

 


Notas Finais


obrigada por ler e se quiser, comente


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...