1. Spirit Fanfics >
  2. Quero Você Comigo (ABO) VKOOK (Namjin, Yoonmin, Sope) >
  3. Fugir para destrair

História Quero Você Comigo (ABO) VKOOK (Namjin, Yoonmin, Sope) - Capítulo 20


Escrita por:


Notas do Autor


Opaa olha quem seguiu o que falou Kkkkk

Tudo bom gente? Estão se cuidando né???
Nesse capítulo eu me superei de grande, então eu cortei ele em dois, pq a leitura poderia ficar cansativa né???

Eu tava olhando aqui os primeiros capítulos e eu desenvolvi mais minha escrita e tô tentando cada dia mais melhorar rsrs

É isso se tu é um leitor que lê esse aviso comenta "Água com gás é ruim" Só pra eu saber quem lê alguns avisos que as vezes eu deixo aqui kkkkKKK

Boa leituraa💜💜

Capítulo 20 - Fugir para destrair


Fanfic / Fanfiction Quero Você Comigo (ABO) VKOOK (Namjin, Yoonmin, Sope) - Capítulo 20 - Fugir para destrair

Fazia um tempo em que eu estava na cama mexendo no celular, não que tivesse algo realmente interesante, mas eu só não queria sair daquele quarto e acabar encontrando com alguém indesejado né?

- Jeongguk? - Ouvi batidas na porta e logo em seguida alguém me chamar, olhei na direção e era Taehyung.

- Sim? - Falei me sentando na cama e o encarando.

- Sua tia chegou. - Ele falou e logo em seguida saiu, talvez estivesse me evitando? Então por que veio ele me chamar?

Enfim, mesmo com isso me encomodando me levantei e fui até o andar de baixo... Chegando lá pude observar que todos estavam na cozinha, respirei fundo, já estava ali iria ficar evitando todos?

- Tia... - Chamei a atenção assim que entrei na cozinha, minha tia me olhou e veio até mim.

- Ó céus! Como ousa ter saído daquele jeito de casa? - Ela me revistava a procura de algum machucado. - Você está bem? - Eu concordei e acabei deixando uma risada escapar, ela realmente se lembra do que aconteceu ontem?

- Bom, agora acho que está tudo resolvido entre vocês não? - Hoseok comentou.

- Não... - Minha tia falou segurando minhas duas mãos. - Me desculpe, desculpe por ontem, sei que fui rude, mas percebi que tudo que falei está no passado. E essa sua personalidade me lembra muitoo alguém... - Eu sorri grande, meu pai sempre me falava isso;

- Minha mãe... - Eu falei e ela concordou sorrindo. Desviamos o olhar para Hoseok assim que ele fez questão de nos chamar atenção coçando a garganta.

- Que? - Minha tia falou encarando ele, e assim ele jogou o seu olhar para Bogum, o alfa que estava com uma cara nada boa. - Ah sim! Bogum. - Minha tia largou minha mão e o encarou.

- Sim sra.Jung? - Bogum falou dando total atenção para minha tia.

- Por favor, você foi muito indelicado logo no primeiro dia em que conheceu a família de sua namorada... - Minha tia começou a falar e já vi a feição do alfa mudar para uma 'cara de taxo'. - Peça desculpas para o meu sobrinho, que faz mais parte dessa família do que você! - Uau isso soou como uma ordem.

- O que!? - Ele perguntou ainda com sua 'cara de taxo' e desviou seu olhar para mim, eu não consegue me segurar e dei um sorriso vitorioso o encarando de volta. - Você!!! - Ele falou apontando o dedo para mim.

- EI!!! NÃO ME ESCUTOU? - Minha tia gritou, o que foi algo inesperado e todos naquele cômodo tiveram um sustinho.

- A-an sim, sim, claro! - Bogum falou engolindo em seco e me encarando novamente. - Me des-desculpe Jeongguk! - Eu sorri maior..

- É difícil para o seu ego de "alfa" pedir desculpas a um ômega não? - Fiz aspas com os dedos e o vi rosnar baixinho, de relance olhei para Taehyung e ele estava sorrindo me olhando, quando nossos olhos se cruzaram percebi que ele desviou e isso fez com que o meu sorriso sumisse.

- Não abuse Jeongguk! - Minha tia falou me olhando.

- É tudo bem, você está desculpado Bogum! - Falei já convencido, olhei novamente para Taehyung e vi que agora ele encarava o chão.

- Tudoo bem... - Dawon falou mansa. - Agora que está tudo certo, vamos almoçar? - Falou dando um sorriso amarelo e puxando Bogum para se sentar ao seu lado.

- Vamos! - Minha tia falou animada.

Todos nós nos sentamos e nos servimos, eu me perguntava por que Taehyung estava assim, ainda seria pelo mesmo motivo de antes? Mas agora metade das coisas se resolveram não? Aish, por que eu estou pensando nele agora? Eu poderia apenas comer não?

- Então Taehyung... - Sai dos meus pensamentos com minha tia chamando Taehyung e a olhei. - O que te trás aqui? - Eu desviei meu olhar para Taehyung e ele olhava para minha tia.

- É então, eu ainda não falei com a senhora... - Voltei comer assim que percebi que ele ai contar sobre o "plano" que falou no carro, até me desliguei da conversa e fiquei em meus pensamentos...

- Jeongguk??? - Eu olhei para Hoseok que me chamava alto.

- Hm? - Ele revirou os olhos.

- Não é verdade que você chamou Taehyung? - Eu entercalei meu olhar entre ele e Taehyung que também me encarava.

- S-sim, sim... - Falei olhando para minha tia.

- Você tá bem Gukkie? - Dawon me perguntou.

- Sim estou... - Falei rápido. - É na verdade estou sem fome.. É isso! - Falei me levantando

- Que? Onde você vai? - Hoseok me perguntou.

- Vou dá uma passada no estúdio, quero aliviar um pouco a cabeça. - Olhei novamente para Taehyung e ele me encarava com as sobrancelhas franzidas, apenas me virei e sai da cozinha.

Fui até meu quarto peguei a chave da moto e minha mochila, sai de casa sem nem avisar... Isso tudo por causa de um alfa? Subi na moto e comecei a dirigir até o estúdio, por que eu estava assim por causa de Taehyung? Por que eu me importava tanto em ele estar bravo comigo? Eu nunca liguei para isso!

[.....]

- Ah!! Que droga! Você não pode Jeongguk, não seja enganado de novo! - Falei para mim mesmo sentindo meus olhos lacrimejar, estacionei a moto em frente ao estúdio e tirei o capacete.. - Merda! - falei enquanto bagunçava meu cabelo. - Eu não permito você a cair mais uma vez nesse negócio de se apaixonar Jeon Jeongguk! - Falei para mim mesmo secando as lágrimas que insistiram em cair.

Sai da moto e fui até a porta do estúdio abri tudo e caminhei até minha mesa, isso tudo estava me deixando frustado, não estava dando certo essa merda de tatuador, nada estava dando certo.

- O que queria? Que tudo começasse a dá certo em sua vida como em um mundo mágico?... Idiota! - Me sentei em minha cadeira e tentei relaxar fechando os olhos firme. - Droga! Agora não quero ir para aquela merda de casa por causa de dois alfas! - abri os olhos e acabei dando um murro na mesa em minha frente na intenção de descontar toda minha frustação. - Não posso chorar por outro alfa! Não vou chorar! Que e-ele se f-fod - Não adiantou, lágrimas já saiam dos meus olhos.

Eu nem conhecia ele direito! Por que ele já estava me machucando? Isso era tão bobo, ele apenas não quer falar com você Jeongguk! Isso é um direito dele, não? Então por que está chorando? por que? por que?

[.....]

É eu consegui me acalmar depois de um tempo, e como o esperado nenhum cliente, a parte boa foi que ninguém precisou ver minha cara de bobo chorão... já eram 5:39 dá tarde meu celular estava desligado não queria ver nem falar com ninguém, apenas queria pensar um pouco sozinho.

- Opa! - Vi Jimin adentrar o estúdio. - Até que enfim te achei! - Ele falou rindo e se sentando na mesa em minha frente. - Fui na casa de Taehyung e ninguém, depois na sua e ninguém, pensei que tinha fugindo. - ele riu e eu soltei um ri nazalmente. 

- Se bem que não seria ruim. - Falei me jogando contra a cadeira.

- O que? Fugir? - Ele me perguntou fazendo bico com a boca. 

- Sim! - Eu ri, Jimin era realmente um ômega legal e o que mais estava ao meu lado.

- Sério? - Ele se levantou em um pulo da mesa quando eu concordei. - Vamos?

- Que? Falei que seria uma boa, mas não posso... - Eu ri

- Ah qualé Jeongguk? - Ele falou vindo ao meu lado. - Voltamos a noite, hm? - Eu neguei, então ele afastou a cadeira da mesa e se sentou em meu colo estilo noiva.

- Que isso? Endoidou Jimin? - Eu falei rindo.

- Imagina a gente parar na ponte e de lá pula pro mar, curte e depois volta para casa... - Eu o olhei e até pensei na possibilidade, mas voltei a realidade.

- Não! - Falei rindo da cara que ele fez. - Por um minuto eu te levei a sério... - O empurrei do meu colo e gargalhei do bico que ele fez me olhando.

- Então vai ficar aqui até que horas chorando? - Meu sorriso saiu do meu rosto e eu o encarei. - O que? Pensou que não ia reparar depois de você chorar por horas? - Ele sorriu.

- Como sabe? - Falei passando minha mão pelo rosto.

- Não sei se você sabe mas, quando choramos por muito tempo é normal que nosso rosto fique um pouco enchado... - Ele falou rindo e apertando minhas bochechas.

- Aish! - Falei tirando suas mãos do meu rosto.

- Vamos fugir por algumas horas, sim? Ninguém vai perceber e você vai se destrair seja lá pelo o que você estava chorando. - Eu fiquei o encarando por um tempo, enfim me levantei, por que não? peguei apenas meu celular por mas que ele estivesse desligado.

- Tudo bem! Antes que eu desista.. - Jimin pulou e correu até a saída....

[......]

- Uhuuuuuuuuu - Já estávamos no meio da pista e Jimin gritou, eu gargalhei acho que eu não era o único que estava precisando me destrair, e esquecer os problemas.

Assim que chegamos na tal ponte eu parei a moto, a ponte tinha uns 2 metros e meio de altura e logo em baixo o mar.

- Vamos? - Jimin me perguntou, agora já eram umas 7hrs o lugar era um pouco distante.

- Acha que eu vim até aqui em vão? - Eu falei sorrindo, fui até a moto e tirei minha camisa e lá enrrolei meu celular.

- Você vai de calça? - Eu olhei para Jimin e ele já estava tirando sua calça, sim que lugar era pouco movimentando principalmente a essas horas então eu também nem liguei e tirei minha calça.

- Então tá... - Respirei fundo e corri - FODA-SE OS PROBLEMAS! - Gritei assim que pulei, e em segundos senti a água me cobrir, nadei para cima e vi Jimin lá na ponte. - Vamos pulee!

- Eu não achei que você pularia mesmo. - Ele falou rindo, então se afastou e o vi pular. - FODA-SE OS ALFAS! - Então a água se espalhou mais uma vez, o vi subir e me encarar. - Era disso que eu estava precisando. - Eu ri e ele também, estava mais aliviado, nós brincamos ficamos nadando para lá e para cá.

[.....]

Depois de tanto tempo na água brincando resolvemos sair, estava muito frio mas nós nos sentamos na areia e ficamos observando a lua refletir no mar, sim a lua já nos dava "oi".

- Estou mas leve... - Falei enquanto observava o mar.

- Também estou, mas não como eu queria... - Eu o olhei. - Eu preciso colocar tudo para fora... - Ele me olhou, então se levantou e foi até a beira do mar... - AAAAAAAAAAAAAAAAAH! - O ouvi gritar tão alto que parecia que tudo estava saindo do fundo do seu coração, então me levantei e fiquei ao seu lado, ele me olhou e então eu gritei, gritei muito alto e do fundo do meu coração eu queria esquecer Taehyung não queria ter chorado pensando nele.

- AAAAAAAAAAAAAAAAAAAH - Foi algo que me aliviou então mais uma vez eu corri para dentro do mar e mergulhei.

- Você é louco Jeongguk? A água está friaa. - Jimin gritou do lado de fora....

Acabou que ele entrou denovo e ficamos mais um bom tempo brincando na água....

[.....]

Agora já estávamos perto da moto nos vestindo, Jimin olhou as horas no celular e já eram 22hrs a gente curtiu tanto que nem percebermos a hora passar.

- O que rolou? - Eu perguntei a Jimin, por que me lembrei da frase que ele disse quando pulou.

- O Yoongi deu um tempo comigo. - Eu o olhava atento. - Não estávamos indo bem eu sei, mas não esperava que chegaria a esse ponto...

- Eu- Ele me interrompeu.

- Acho que ele tá gostando de outra pessoa... Mas tudo bem! Eu amava ele, na verdade eu amo ele, mas acho que estou criando sentimentos por outro alfa... Então foi o melhor a se fazer.... - Eu concordei. - E você? O que rolou?

- É... rolou tanta coisa.. - ele revirou os olhos.

- Anda conta logo! - Ele pegou o capacete na moto.

- Acho que estou gostando de alguém, mas não posso me apaixonar! - Falei rápido também pegando o meu capacete.

- Por que não pode? - Ele perguntou me olhando.

- Por que é perda de tempo. - Falei simplista.

- Aish! Que coisa Jeon, deixa eu adivinhar você já se relacionou e não deu certo? - Eu desviei o olhar e liguei a moto. - É isso não é? - Eu continuei calado.

- Não importa! Ele está me ignorando de qualquer maneira mesmo! - Falei esperando Jimin subir na moto. - Agora tanto faz, tanto fez! - Então dei partida.

[.....]

Enfim cheguei em casa depois de deixar Jimin na casa dele, desliguei a moto e tirei o capacete peguei meu celular e liguei eram 00:40..

Entrei em casa e estava Hoseok, Taehyung, e o casal assistindo alguma coisa na televisão.

- Oi gente... - Falei caminhando até a cozinha para pegar um copo de água.

- Onde Você tava? - Ouvi Hoseok dizer da sala...

- Andando pelo mundo... - Vi eles me encarando.

- Você se molhou? - Dawon falou se levantando e vindo até mim. - Você foi a praia? - Concordei.

- Sim! Fui aquela ponte onde não tem muito movimento e dei um pulão! - Falei ouvindo Bogum resmungar, infelizmente não entedi o que ele falou.

- Tomou banho assim? - Hoseok me questionou.

- Não! - Falei rindo.

- Como? - O até então que me ignorava perguntou.

- De cueca... - Falei simples, vi Taehyung se engasgar então resolvi arriscar. - Nós nos divertimos... - Falei indo até a cozinha para deixar o copo vazio.

- Nós? - Ouvi os três falar de uma só vez, então ri. 

- Eu e o Jimin ué? Eu ein.. - Falei e ri, eles pareceram aliviados.

Sem dá muita importância subi para o quarto antes que eu pegasse algum resfriado com aquelas roupas húmidas...

                CONTINUA......


Notas Finais


É isso!!! E quero que vocês saibam que na fic eu vou enaltecer SIM a amizade dos jikook e vai vim outras amizades ai né....

Meu twitter caso eu tenha algum problema eu aviso; Shnow_Euzinha (@EuzinhaShnow): https://twitter.com/EuzinhaShnow?s=09
E caso vcs queram interagir e ver as coisas aleatórias que eu posto lá kkkk

Até sábadoooo😗✌🏼💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...