1. Spirit Fanfics >
  2. Quintessential Class >
  3. It was my...last?

História Quintessential Class - Capítulo 26


Escrita por: FGCS

Capítulo 26 - It was my...last?


Flashback On

Pov Marsh

Era um dia ensolarado de verão , e era um dia especial pra mim pois era 10 de julho, meu aniversário

Eu estava com meus amigos de sempre: Stiles (Meu melhor amigo) , Claire, Skerker, Kane e Urabe , nesse dia eu era o primeiro de nós a completar 10 anos

Estávamos brincando em uma pracinha que tinha 2 balanços , 1 escorregador e algumas barras cravadas no chão que chamávamos de castelo, era um lugar com muita areia e era cercada por tocos de madeira

Decidimos brincar de "Reizinho mandou" e como era meu aniversario eu fui o primeiro rei

M- Vamos todos por aqui! - Gritei enquanto íamos por um beco que estava clareado pela luz do sol

Todos me seguiam sem questionar e nós saímos do outro lado da rua, Fizemos um longo trajeto até pararmos na frente da minha casa quando minha mãe apareceu

Flashback off

S- Loucura? loucura foi o que fizemos desde que chegamos aqui! - ele se sentou no chão de terra encostando na pedra que estava sentado antes - Olha, dentro desses 3 dias eu estive pensando em algumas coisas sabe, não sabemos como voltar pra casa e ninguém sabe de onde viemos então não podemos contar com ninguém então como caralhos iremos descobrir uma maneira de voltar?

M- Sendo sincero... eu não sei

S- Ehh, eu já esperava essa resposta

.

.

então- ele me chutou, me derrubando da pedra que estava sentado- ao menos começe a pensar!

M- Por que você - me levantei rápido usando as perna - não tenta no meu lugar? - chutei seu rosto mas ele defendeu

Tyle agarrou meu pé e me atirou em uma árvore que tinha próximas de nós se levantando , me recuperei ainda no ar e agarrei ao tronco da arvore pulando e formando um soco voltado ao seu rosto e usei minha habilidade nele

Ele não conseguiu defender e caiu ao tropeçar na pedra atrás dele, mas ele se levantou rápido atirando a pedra em mim, enquanto a fiz parar no ar

Ele socou a pedra e a partiu em vários pedaços fazendo com que eu me desconcentrasse e tivesse de defender o novo ataque e ao mesmo tempo ele atirou uma faca em mim

Parei a faca no ar porém fui atingido na cabeça por uma pedra e caí no chão de terra

M- Eu perdi! - suspirei - de novo - eu sorri, embora estivesse triste por ter perdido

S- Eu sei - ele deu uma risada nasal mostrando superioridade - você não consegue me vencer nos punhos pois é a única coisa que sei fazer - Tyle estendeu a mão para eu levantar - por isso que eu sempre deixo essas coisas para você

Flashback On

Minha mãe chamou todos para almoçarem em casa por ser meu aniversário, a mesa estava farta de comida diversas

*Ding Dong* - A companhia tocou

Fui correndo atender por que sabia que era meu pai, ele havia saído do trabalho mais cedo para me ver

M- Pai, pai - Falei abrindo a porta - Cadê meu presente?

Ele entrou e falou com todos, deu um beijo na minha mãe enquanto escondia um grande pacote nas costas

M- Esse é meu presente? - Falei tentando pegar o pacote de suas costas

- É difícil esconder as coisas de você não é? - Ele disse sorrindo - Feliz aniversário Marsh

Peguei a caixa e corri até a sala, todos me seguiram e Sker chegou a cair da cadeira, rasguei o embrulho e suspirei para abrir a caixa

Minha mãe cortou a fita que trancava a caixa e eu finalmente abri, era um pequeno telescópio

- Sabe filho - meu pai começou a falar - quando sua mãe e eu percebemos que seu aniversário estava chegando, começamos a analisar melhor os seus gostos

- E vimos que todas as noites de sábado às 00:00 você acorda para ver as estrelas - minha mãe completou com uma voz doce e me abraçando pelos ombros - então, pensamos

- E se, nosso querido filho...tiver amor pelas estrelas? - meu pai voltou a falar e eu comecei a chorar - por isso, nós conseguimos comprar esse pequeno telescópio para você

- Espero que goste - os 2 falaram ao mesmo tempo

Eu puxei o telescópio de dentro e estava cheio de bolinhas de isopor, meus amigos me ajudaram a montar e eu sequei as lágrimas ao abraçar meus pais

Flashback off

Naty tinha visto nossa briga, ela veio até mim e subiu em meus ombros

M- Que fofa - Eu consegui alisar sua cabeça e ela se esticou para frente, acho que ela gostou

S- Será que ela nos obedece? Venha aqui garota - Naty cospiu fogo em Tyle mas ele desviou - Eiiii que porra é essa?

M- Você quer trata-la como um cachorro, óbvio que ela irá lhe atacar

Flashback On

Estávamos de volta ao parquinho, mas já era tarde da noite e tínhamos levado meu telescópio

Estávamos em um pequeno forte criado pela Claire com seus poderes, e podíamos ficar ali observando todas as estrelas possíveis

Vimos algumas constelações, dentre elas : Cães de pradaria, Cepheus, Phoenix , Lynx , Ophiucus e a minha favorita Andrômeda

Foi uma das noites mais legais da minha vida, todos estavam rindo e Stiles deu a idéia de irmos no antigo campo de havia perto da casa dele

Ao chegar lá vimos que o antigo campo de flores que ficava abaixo de uma encosta, agora estava morto pois estavam construindo um prédio novo na cidade

S- Ali! Onde tem aquelas 2 vigas, é um ótimo lugar não?

U- Sim, boa Tyle, vamos! - Urabe deslizou pela encosta e saltou antes chegar ao chão

Claire a seguiu descendo saltitando, enquanto nós (os garotos) descemos rolando sujando a roupa

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Não sabíamos mais que horas eram, todos estavam brincando de esconde esconde nas barras de ferro da construção

Estávamos todos extremamente sujos, nossos rostos cheios de terra e os pés pretos como carvão

Estávamos deitados envolta do telescópio que estava em pé quando todos nos assustamos com sons de tiros

-Pro chão!!!! - Uma voz gritava ao longe mas não era conosco e pudemos ouvir novamente os tiros de antes, foram 5

K- Vamos embora, rápido!!!

Todos corremos sem rumo para a casa do Tyle, mas eu sentia falta de algo enquanto as balas soavam ao fundo

M- EU ESQUECI!!! Meu telescópio

S- Marsh, volta!! É perigoso demais

Eu voltei para buscar meu presente, o agarrei nos braços e voltei pelo mesmo caminho, chorando de medo e rezando para que aquilo fosse um sonho ruim

Um carro da Polícia passava pelo local, ele se virou e veio até nós

C- Estamos salvos!!

Sk- Graças a deus

Eu abracei novamente meu presente, e o carro parou em nossa frente e desceram 2 homens encapuzados mirando armas em nossas cabeças

-Não corram!! Quero todos calados!! - um dos encapuzados com uma voz grossa parecendo forçada ordenava a nós que estávamos a frente de um beco entre uma casa e uma farmácia que ainda estava aberta

Estávamos todos de refém quando um deles mandou entrarmos no beco que havia ali e começaram a observar a porta do beco com as armas a posta

Eu não aguentei mais e comecei a chorar, e quando olhei para meus amigos, todos já estavam chorando menos o Tyle que estava de pé tentando pular o muro que tinha atrás de nós, Sker estava ao lado da Urabe pois eram vizinhos, Claire e Kane estavam abraçados chorando juntos, seus pais se conhecem e eles se conhecem desde pequenos

- Ei você!!!- um encapuzado gritou - Desca daí e vocês... - Ele falou vindo até nós - Fiquem quietos!! Ou eu irei matar vocês!

Ouvimos mais sons de tiros, a polícia havia chegado

- NÃO ATIREM, HÁ CRIANÇAS LÁ DENTRO!! - um policial gritou

-É O MEU IRMÃO QUE ESTÁ LÁ!! -Eu conhecia essa voz! Mas eu não me lembrava de quem era

Os encapuzados se dividiram, um estava mirando nos policiais e o outro estava próximo da gente

- MARSH!!! EU TO INDO - era a mesma voz, ele sabia meu nome????

.

.

.

.

.

.

.

Vimos um vulto passar por cima do beco que estávamos e parar atrás de nós

-Quem é você? Quer morrer? - o encapuzado próximo de nós falava

-Você...não muda não é mesmo? - o homem atrás de nós falou com pausas

-ATIRE!! - disse o homem que estava segurando a polícia, e o outro atirou no homem que estava atrás de nós

As balas pareceram atravessar a silhueta do homem misterioso

- MAS QUE PORRA É ESSA ? VOCÊ NÃO MORRE?

- Sempre fazendo maluquices e coisas sem sentido! - o homem falou despreocupado

O encapuzado disparou novamente e sem sucesso, então ele mirou em nós e ameaçou atirar

-Você nunca me ouviu - o homem se aproximou mas ainda não podíamos vê-lo

O mesmo homem agora apontou um dedo à frente e disparou uma pequena brasa que queimou a mão do moço que estava próximo a nós

-QUEM É VOCÊ ?- ele gritou desesperado

.

.

.

.

.

.

Em pequenos passos, o homem se mostrou na pequena luz que havia do poste mais próximo

M- ARCHER!!! - Pulei de alegria ao vê-lo

Era o meu irmão mais velho, acho que ele veio por causa do meu aniversário, eu sabia que agora sairiamos a salvo com ele

O encapuzado correu até o seu parceiro

-Precisamos sair!! - um deles, segurou o outro e eles voaram, deve ser o poder de um deles

A- Boa tentativa - Archer os seguiu com metade do seu corpo em chamas

A polícia entrou no beco e nos tirou de lá em segurança , todos os meus amigos entraram direto no carro

E eu corri para ver o Archer lutando, ele derrubou os 2 que estavam voando e os atirou no chão criando um anel de fogo envolta deles 3

A- Eu não irei permitir que fujam!! Vocês mexeram com o MEU irmão! - Ele disse em um tom alto e furioso

Archer socou os 2 ao mesmo tempo continuou surrando os 2 por um tempo até que a polícia o parou

Archer então correu até mim e me abraçou, fazia 5 anos que não nós víamos

M- Você veio, eu não acredito que você realmente veio - eu tinha voltado a chorar até um policial me puxar para longe e algemarem meu irmão

M- Mas...por que?

Por que eles estavam algemando meu irmão? Ele salvou todos nós! , estamos salvos

A- Tá tudo bem Marsh, eu lhe vejo amanhã em casa ok

M- NÃO! - AGORA EU ESTAVA DESESPERADO - EU QUERO IR PRA CASA COM VOCÊ!!

.

.

.

.

.

.

...

......

*Pow Pow*

Ouvi mais dois tiros

E senti uma terrível dor

Levei a mão na barriga

E senti algo molhado

Havia sangue nas minhas mãos

E algo me dizia

Que era meu

Olhei para baixo: EU FUI ATINGIDO!

EU SÓ TENHO 10 ANOS

NÃO POSSO MORRER

NÃO POSSO MORRER HOJE

NÃO POSSO MORRER AQUI

Senti minhas pernas tremerem

Uma fraqueza eminente

Meus olhos pesaram

Minha mente se apagou

Meus braços perderam vontade

E eu não tinha forças

Em meio a excitação

Um ar pesado e fedido

Caí em bruços

-----------------------------------



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...