História R e d B o o k (Imagine Nanmin) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Got7
Personagens BamBam, D-Lite (Daesung), G-Dragon, Jackson, JB, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jinyoung, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Seungri, T.O.P, Taeyang, Youngjae, Yugyeom
Tags Nanmin
Visualizações 20
Palavras 396
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drabble, Drabs, Drama (Tragédia), Lemon, LGBT, Poesias, Policial, Romance e Novela, Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Transsexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - I


P.O.V. Park Jimin

Estamos indo ao Museu de Artes, hoje. Minha mãe fez uma "programação" para a semana inteira. Meu irmão, BamBam, diz que ela é louca. Não acho loucura, só acho que seja uma precipitação. Quem garante de que vamos estar vivos até o fim desta semana? Mas enfim. Eu não me importo. Gosto de visitar Museus. Já fui em vários. Mas, o que eu gosto mesmo, é literatura. Dizem que sou louco por livros, acho que posso concordar. Afinal, não sei viver sem eles. Eles me trazem algo que, sinceramente, não sei explicar. Algo que ninguém mais me traria. 

Neste momento, estou lendo, ou melhor, tentando ler um livro chamado Red. Segundo meu pouco conhecimento da língua Inglesa, significa Vermelho. 

Pra falar a verdade, não li esse livro ainda. Ganhei ele ontem da mamãe. Ela disse que leio os mesmos livros repetitivas vezes, o que é verdade, e que gostaria de me ver lendo um livro "diferente" dessa vez. Então me deu ele.

Fiquei bem curioso com o título do livro. Red. É um livro realmente bonito. De capa dura, de páginas costuradas. Livro antigo. Mamãe deve ter pego ele na biblioteca pública, lá tem Milhares de outros livros como este.

Li o primeiro parágrafo do primeiro capítulo, anteriormente, porém, absorvi zero por cento do conteúdo. Tentei ler novamente por duas vezes mais. Mas as palavras apenas se embaralham diante de meus olhos, e meu foco é totalmente voltado para a discussão do papai e da mamãe

Meus pais discutem quase todos os dias. É um inferno. Aparentemente, a discussão de hoje é sobre uma colega de trabalho do papai. Mamãe sempre foi muito ciumenta e insegura. Talvez ela ache que papai à trocaria por qualquer a uma daquelas prostitutas de seu trabalho. Não tiro a razão dela.

Mamãe: - Seu cretino! Como pode me trair com uma piranha daquelas?

Papai: - Ahh, cale essa boca! Já lhe disse que não tenho nada a ver com aquela mulher. Você está ficando louca!

Mamãe: - Não minta, seu nojento! Eu não aguento mais você desse jeito...

Papai: - Então por que não pede o divórcio, hun? O que te impede, mulher?

Por um momento, mamãe desvirtua os olhos da estrada. O carro gira umas sete vezes. Quando ele para sobre o solo, sinto uma dor imensa em minha cabeça. Toco no local, e sinto algo úmido em meus dedos. Vermelho, um líquido vermelho.


Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...