1. Spirit Fanfics >
  2. Rachel and Mônica >
  3. Capítulo 20: Aquele com o diário

História Rachel and Mônica - Capítulo 20


Escrita por:


Capítulo 20 - Capítulo 20: Aquele com o diário


Fanfic / Fanfiction Rachel and Mônica - Capítulo 20 - Capítulo 20: Aquele com o diário

                No dia seguinte

Era 07:59 da manhã, mônica estava na cozinha preparando o café e Rachel estava se preparando pro trabalho.

Rachel: Bom eu já vou indo - Rachel diz saindo do quarto e indo em direção a cozinha.

Mônica: Mais já? Você nem tomou café

Rachel: Eu tô atrasada, não posso chegar tarde no trabalho

Mônica: Mais faz mal você ir trabalhar de estômago vazio, come alguma coisa

Rachel: Eu vou comendo essa maçã no caminho - Rachel diz pegando a fruta da fruteira.

Mônica: Queria que você tomasse café comigo - Mônica diz com carência enquanto colocava seus braços em volta da cintura de rachel.

Rachel: Eu também! Mais eu prometo que vou te compensar mais tarde - Rachel diz com um sorriso, dando um beijo em mônica.

Mônica: Ok! Espero ser muito bem compensada - Mônica diz com uma voz maliciosa.

Rachel: Pode deixar! Mais agora tenho que ir, te vejo mais tarde - Rachel diz dando outro beijo em mônica e indo em direção a porta.

           No trabalho de Rachel

Rachel avia chegado no trabalho,  enquanto ia em direção a seu escritório ela se depara com Franklin, que estava parado em frente a o escritório esperando por ela.

Franklin: Rachel... - Franklin diz virando seu olhar para Rachel.

Rachel: Oque você que? - Rachel diz se aproximando da porta de seu escritório.

Franklin: Eu preciso falar com você

Rachel: Tenho muita coisa pra fazer - Rachel diz enquanto abria a porta do escritório, mais e impedida por Franklin.

Franklin: Rach porfavor, só em da 2 minutos...

Rachel: Ok! Você tem 2 minutos! Estou ouvindo...

Franklin: Eu... Queria te pedir perdão, te pedir desculpas por-

Rachel: Pera! Pera! Pera ae!... Você primeiro tentar complicar minha vida e depois vem pedir desculpas! Franklin qual e o seu joguinho!?

Franklin: Não Rachel! Não estou fazendo nenhum jogo!

Rachel: Então oque!?

Franklin: Eu estou arrependido de ter causado uma confusão entre você e seu amigo! Rachel porfavor me perdoa!

Rachel: Franklin você e muito sínico! Ainda não entendo porque você fez isso!

Franklin: Rachel porfavor me entende! Eu estava apaixonado por você e tinha que fazer alguma coisa!

Rachel: Se você realmente gostasse de mim como diz, você nunca teria feito oque fez!

Franklin: Rach... Porfavor me perdoa...

Rachel: Franklin eu tenho muitas coisas pra fazer então até logo - Rachel diz entrando em seu escritório e fechando a porta na cara de Franklin, deixando o rapaz completamente sem expressão ou reação.

       No apartamento de vitória

Era 08:30 da manhã, vitória estava se arrumando para sair com Joey. Algum tempo depois vitória ouve batidas na porta, ela vai até a porta, ela abre e vê Joey do lado de fora, com um sorriso no rosto.

Joey: Oi gata - Joey diz dando um beijo em vitória.

Vitória: Oi gato! - Vitória diz com um sorriso - Entra, estou quase pronta! - Joey entra no apartamento e senta no sofá - Em alguns minutos eu volto.

Joey: Ok, eu estou aqui te esperando 

Vitória: Está bem - Vitória volta pro quarto para terminar de se arrumar.

Joey ficou na sala esperando vitória, quando ele vê um diário em cima da mesinha da centro, ele pegou o diário e o encarou por alguns segundos.

Joey: Esse e o diário da Vi, que deve ter aqui? - Pensa Joey - Eu não posso ler, e o diário da vitória e algo muito pessoal! Mais e se eu ser apenas uma olhadinha, só uma olhadinha, coisa rápida! - Joey então abre o diário de vitória e começa a ler, ele se emociona um pouco a o ler o texto que avia no diário de sua namorada.

" Querido diário, já faz 11 que não vejo meu pai, mais nós últimos 5 anos estou procurando por ele, mas infelizmente sem sucesso. Eu quero encontra - lo, abraça - lo e o chama - lo de pai novamente. Todas as noites que choro a o saber que nunca teria meu pai aqui comigo, me apoiando e cuidando de mim, não consigo para de pensar nele em nenhum momento, esse diário e a única coisa em que posso desabafar, e a única que coisa em que consigo expressar meus sentimentos. A única pessoa com quem tenho contato da minha família e minha tia, a quem posso chamar de mãe, ela e a mãe que eu nunca tive. Mais mesmo assim não preenche o vazio que sento no coração, por meu pai não estar por perto. Sempre sinto essa tristeza enorme que viva dentro de mim, por fora finjo ser uma pessoa feliz, calma e cheia de vida, mais por dentro eu me sinto destruida, acabada... Me sinto sem vida por dentro... Mais sempre procuro uma maneira de me sentir bem comigo mesma..."

Joey: Nossa... Nunca pensei que vitória se sentisse assim - Joey diz em voz baixa - Eu tenho que fazer algo pra ajuda - lá...

Vitória: Joey!

Joey: E a vitória - Joey diz enquanto joga o diário de volta na mesinha de centro.

Vitória: Vamos, estou pronta! - Vitória diz com um sorriso enquanto voltava de seu quarto - Então vamos?

Joey: Vamos! Vamos... - Joey diz meio nervoso.

Vitória: Joey tá tudo bem? 

Joey: S.Sim! Porque não estaria!?

Vitória: Não sei, você parece meio nervoso 

Joey: E coisa da sua cabeça, eu estou ótimo... Então vamos? - Joey diz colocando um sorriso sem graça no rosto.

Vitória: Vamos! - Vitória diz com um sorriso enquanto passava seu braço em volta do de Joey.

Joey: Vamos bela dama! - Joey diz com uma voz brincalhona enquanto ele saíam do apartamento.

      No apartamento de mônica

Ainda era de manhã, mônica estava se preparando pra ir pro trabalho, mais antes preferiu ligar para Rachel, pra saber se estava tudo bem. Ela pega o telefone do gancho e liga pra rachel, depois de alguns segundos Rachel atende o telefone.

Rachel: Alô? - Rachel diz enquanto assinava alguns documentos.

Mônica: Oi meu amor, como você está

Rachel: Oi linda! - Rachel diz com um sorriso - estou bem, só estou saudades de você - Rachel diz com uma voz de manha enquanto parava de fazer oque estava fazendo.

Mônica: Eu também! Então, alguma novidade?

Rachel: Não nenhuma, mais...

Mônica: Mais?

Rachel: O Franklin...

Mônica: Oque que tem ele? - Mônica diz meio incomodada.

Rachel: Quando cheguei ele estava parado na porta do meu escritório me esperando...

Mônica: E o que ele queria?

Rachel: Ele queria me pedir desculpas... Por ter feito o que fez

Mônica: Mais você não aceitou né!?

Rachel: Não! Claro que não! Não posso perdoar oque ele fez... Oque ele fez não tem perdão

Mônica: Como esse cara ainda percebeu que você não quer mais saber dele! Sera que ele não entendeu ainda!? - Mônica diz ficando um pouco furiosa.

Rachel: Sim eu sei, ele ainda não se tocou - Rachel diz tranquilamente, percebendo o estresse de mônica.

Mônica: Não gosto nem um pouco desse cara! Eu vejo como ele olhava pra você, tava na cara que ele ta afim de você e eu sempre disse isso! - Mônica diz ficando enciumada.

Rachel: Estou sentindo um pouco de ciúme na sua voz - Rachel diz com um sorriso - Mônica você e muito ciumenta

Mônica: Eu não sou ciumenta!... Apenas cuido do que e meu...

Rachel: Sabia que você fica fofa quando está com ciúmes - Rachel diz com uma voz suave.

Mônica: Eu não sou ciumenta! - Mônica diz com uma voz séria.

Rachel: Aham! Vou fingir que acredito

Mônica: Bom! Agora tenho que ir pro trabalho, te vejo mais tarde

Rachel: Ok, te vejo mais tarde, ciumenta - Rachel diz provocando mônica - Eu te amo

Mônica: Hum!... Eu também te amo - Mônica diz abrindo um pequeno sorriso - E só pra deixar claro eu não sou ciumenta!

Rachel: Sei! Até mais tarde 

Mônica: Até











        











Notas Finais


Eae oque acharam desse capítulo? Sei que esse capítulo não ficou muito bom, não tive muitas ideias, mais deixem sugestões para ajudar a fic. Beijos e até o próximo capítulo 😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...