História Radio - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Seventeen
Personagens Hong Jisoo "Joshua", Jeon Wonwoo, Junghan "Jeonghan", Kim Mingyu, Lee Chan "Dino", Lee Jihun "Woozi", Lee Seokmin "DK", Soonyoung "Hoshi"
Tags Hoshi, Hozi, Jihoon, Kpop, Seventeen, Soonhoon, Soonyoung, Woozi
Visualizações 332
Palavras 1.475
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Fluffy, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oi, gnt olha quem voltou ^^
faz um tempo q eu postei minha fic anterior e como ela chegou ha 1K de views, decidi começar a postar essa aq
espero q gostem fadxs ;)

Capítulo 1 - The Closer


Fanfic / Fanfiction Radio - Capítulo 1 - The Closer

Era o primeiro dia de aula. A escola tinha um ar preguiçoso e o clima frio também não ajudava. Soonyoung estava na mesa do refeitório esperando seus amigos, que estavam atrasados 15 minutos. Entediado, o garoto fico xeretando em seu celular, até achar um post no Instagram sobre a rádio da escola.

— Quem escuta rádio hoje em dia. — ele murmura.

Na verdade, ele mesmo já havia sido pego ouvindo algumas rádios pop, mas admitia que isso era muito ultrapassado. Mesmo assim, colocou na estação da escola. A música que estava tocando havia apenas começado, mas ele reconheceu, era The Closer, do VIXX. Quando a música estava perto do refrão, Soonyoung viu seus amigos chegarem. Seokmin parecia estressado, e como sempre, Mingyu e Wonwoo estavam discutindo.

— Por que você nunca me escuta, Mingyu? — o moreno esbravejava.

— Já pedi um milhão de desculpas, hyung! O que mais quer que eu faça? — o mais novo dizia, impaciente.

O loiro olhou para a cena, com as sobrancelhas levantadas. Não era novidade os dois estarem brigando, mas começar já no primeiro dia de aula era um tanto exagerado.

Seokmin parecia prestes a degolar os dois companheiros, mas tentou parecer gentil com o amigo que não tinha nada a ver com aquela briga idiota.

— Desculpa o atraso, hyung. Não teríamos perdido o ônibus se esses dois tivessem brigado. Por causa de um moletom.

— Está falando sério, Wonwoo? Um moletom? — Soonyoung revirou os olhos.

— Não enche você também, Soonyoung. Era o amarelo. — ele diz de braços cruzados.

— Esquece. Ele não vai admitir que está errado. Você o conhece. — o mais alto dos garotos diz, andando em direção a entrada da escola.

Sinceramente, aqueles dois só podiam ser almas gêmeas.

 

 

Os meninos já haviam ido para suas salas de aula e Soonyoung estava em seu armário, pegando seus livros, quando se assustou com o barulho alto de seus fones.

— Ai, droga! O que é isso?

“Olá”. Era uma voz masculina e suave, mas levemente modificada. “Aqui quem fala é o novo... locutor...? É acho que é isso. Vocês podem me chamar de Woozi. Estarei aqui todas as manhãs e nas reprises depois da aula. Espero que se animem com as músicas que separei para a manhã entediante de hoje. A primeira é de minha autoria, o nome é Simple”.

O loiro levantou as sobrancelhas. Era difícil achar alguém que compunha, principalmente naquela escola cheia de trogloditas sem massa cefálica. Pegou os livros e foi para sua sala, sentando-se atrás de Wonwoo.

— O que está ouvindo, Soonyoung? Se o professor te pegar com os fones... — começou o moreno.

O loiro fez sinal para ele se calar e o moreno apenas bufou e se virou. O professor entrou logo em seguida, mas o garoto apenas abaixou cabeça, se escondendo atrás da muralha que as costas de Wonwoo formavam na sua frente.

"oneurui majimak i gire seo itda

Eu estou de pé nessa estrada pela última vez hoje

maeireun ireohge ooh

Todo dia é assim

deuneolpeun sesangen

Neste mundo inteiro

nan meonjimando mothan geol jal algo itjiman

Eu sou tão valioso quanto uma poeira"

Estava totalmente concentrado na canção. Era impressionante como a letra era profunda e a melodia... era incrível. Ele precisava saber quem era o dono daquele talento maravilhoso. Soonyoung estava imerso na música quando percebeu que mais alguém estava de fones no meio da aula. Esse alguém era Lee Jihoon.

"haengbogeun geunyang malman inneun geogo

Felicidade é apenas uma palavra

moduga wonhaneun dreamilppunirago

Isso é apenas um sonho que todos querem

maldo an doeneun yaegingeol

Mas não faz sentido"

Jihoon sorria apertando os fones nas orelhas, tentando não ser pego pelo Sr. Bae. O garoto percebeu que mais alto o observava e o olhou com os olhos arregalados e colocou o indicador nos lábios. O loiro sorriu e deu uma piscadela para o garoto, que ficou sem graça.

A verdade era que Soonyoung tinha uma queda por Lee Jihoon e desconfiava que o menor já soubesse. Não que ele fosse discreto em relação aos sentimentos, na verdade, ele não conseguia ser discreto com seus sentimentos. Toda vez que chegava perto do moreno para conversar, algumas palavras saiam desconexas e ele não conseguia parar de sorrir, como um idiota. Na verdade, ele era idiota pelo Jihoon.

I want it simple

“Bom, acho que essa música não foi exatamente animada, mas é minha composição favorita, espero que tenham gostado como eu gosto. A próxima música...”

Soonyoung não conseguiu ouvir a próxima música já que o professor Bae arrancou-lhe os fones da orelha e confiscou seu celular, fazendo a mesma com Jihoon e colocando-os para fora da sala. Os dois se entreolharam e saíram da sala de cabeça abaixa.

Como castigo, tiveram que se ajoelhar e segurar os livros em cima da cabeça. O mais baixo parecia extremamente irritado, mas o loiro estava de bom humor. Não era tão ruim ficar um tempo sozinho com o cara que você gosta, se você tirar o fato de estar segurando uns 2 quilos de livros. Ele estava distraído cantarolando a música que havia tocado no rádio há pouco.

— I want it simple, simple...

O moreno arregalou os olhos e deixou os livros caírem, parecendo surpreso. O loiro largou seus livros e foi ajudá-lo, mas acabou chocando sua testa na cabeça do mais baixo.

— Me desculpe. — ele diz, entregando um livro.

— A música. — Jihoon disse encarando o outro — Que música você... estava cantando?

— É boa, não é? Ouvi no rádio da escola. — o loiro diz, sorrindo — Alguém aqui da escola que compôs, acho que o nome é Simple. Devia ter tomado mais cuidado com o professor, — ele diz, rindo nasalado — mas estava muito ocupado me apaixonando pelo cantor.

O moreno ficou corado, mas soltou uma risada. Ele parecia tímido na presença do moreno, o que causou estranhamento no outro, já que ele não costumava ser assim. Soonyoung ouviu passos dentro da sala e avisou o outro, que voltou a segurar os livros acima da cabeça bem na hora que o Sr. Bae colocou a cabeça de cabeleira branca para espiar os dois baderneiros.

— Por pouco, ein? — o loiro diz, rindo.

Olhando para Jihoon por um momento, ele se lembrou que o garoto era do clube da rádio da escola. Então, teve uma ideia, que considerou uma das mais brilhantes e sem margem de erro que já tivera. Soonyoung queria descobrir quem era o tal locutor novo e só conseguiria se entrasse no clube. De quebra também conseguiria passar mais tempo com Jihoon. Não tinha como dar errado.

— Então, Jihoon... você faz parte da rádio da escola, não faz?

— Ahn? — ele diz, desatento — Ah, sim, eu faço. Por que?

— Bom, eu... meio que... gostaria de entrar no clube. — diz o loiro, nervoso — Se não houver possibilidade, eu vou...

— Vou conversar com Jeonghan. — o outro responde, sem deixá-lo completar — Apareça na máquina de refrigerantes do terceiro andar para irmos juntos para a reunião, ok?

Soonyoung sorriu.

— Sim, capitão.

Jihoon deu uma risada contida e, nesse momento, o sinal do fim da aula tocou, fazendo os dois garotos suspirarem aliviados e abaixarem os braços doloridos. Os alunos já começavam a sair das salas, alguns encaravam os dois ajoelhados no chão e davam risinhos, mas, na verdade, não era tão incomum ver alunos de castigo do lado de fora.

O menor se levantou, limpando os joelhos e caminhou até a sala. Na porta, ele parou e olhou para Soonyoung.

— Não vai pegar suas coisas?

— Ah, é verdade. — o loiro diz, se levantando também.

Dentro da sala de aula, Wonwoo juntava o material de seu amigo, mas sua expressão não era das melhores.

— O que aconteceu, Wonwoo?

— Tirando o fato de que quase peguei uma detenção por tentar recuperar a droga do seu celular, nada aconteceu. — ele diz, estendendo o aparelho para o loiro — Aliás, não só o seu, como o do seu amiguinho bagunceiro também.

Jihoon olhou para o moreno com curiosidade. A verdade era que Wonwoo sabia da “quedinha” que o loiro tinha pelo garoto, então tentava ser gentil com ele.

— Muito obrigada... Wonwoo, certo? — ele fiz, pegando o celular.

— Exato. — ele diz, dando seu melhor para sorrir — Soonyoung, estou te esperando ali fora.

O loiro juntou suas coisas, e quando estava prestes a sair da sala, ouviu Jihoon chamar seu nome. Seu nome ficava milhares de vezes melhor saindo da boca do menor.

— Ei, Soonyoung, não se esqueça. Máquina de refrigerantes do terceiro andar na hora do almoço. Não me faça esperar.

— Eu nunca faria isso, Jihoonie. — ele diz, com uma piscadela e sai da sala.


Notas Finais


espero q tenham gostado aaaaaa
tenho alguns caps prontos mas vou postar 1 por semana pq tenho medo de postar tds e acabar ficando sem ideia pra continuar kkk

se vc não conhece The Closer do VIXX aq ta o link do mv:
https://www.youtube.com/watch?v=Q2Rsmi7jhg8

e o link de Simple legendado em pt:
https://www.youtube.com/watch?v=eQ-smCmBKNU

deem fav se vcs gostaram, comentem oq estao achando e obrigada por lerem fadxs <33

ps: tds os capitulos vao ter o nome da musica q irei citar nele. eh isto


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...