1. Spirit Fanfics >
  2. Ragnarok - O torneio final >
  3. Decidindo as regras do torneio

História Ragnarok - O torneio final - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


O torneio é a solução para muitos problemas, mas será que ele vai ser aceito por ambos os lados?
Espero que gostem da história.

Capítulo 2 - Decidindo as regras do torneio


Fanfic / Fanfiction Ragnarok - O torneio final - Capítulo 2 - Decidindo as regras do torneio

O auditório ficou em silêncio ao ouvir as palavras de Hanna. Todos pareciam desacreditar no que acabaram de ouvir. Muitos vilões então, começaram a dar gargalhadas em seus lugares:

- HAHAHAHAH!! Um torneio?!! Desde quando isso seria uma solução!?

Essas palavras eram ditas por Hidan, Membro da Akatsuki e vilão de Naruto.

- Oya, Oya... Seria algo bem divertido de se assistir! Principalmente se eu pudesse ver algum herói sendo massacrado! Perorin!

Isso foi dito por Perospero, personagem maligno de One Piece.

- Que idiotas... Os vilões são uns covardes que tem medo até de participar de um simples torneio...

Essas palavras saíram da boca de Mereoleona, Personagem de Black Clover.

- Nos diga, Garota! Como esse torneio funcionaria? Estou interessado...

O caçador de Heróis, Garou de One Punch Man, disse aquilo pois ficou curioso e bastante interessado. Hanna então pegava seu celular e abria um holograma que todos na sala poderiam ver:

- Funcionaria da seguinte forma: Seriam escolhidos 11 participantes do lado dos heróis e 11 do lado dos vilões. Após isso, os escolhidos participariam de batalhas 1x1 até que um dos lados saísse vitorioso. O primeiro lado que conseguisse 6 vitórias seria declarado o campeão e o outro lado, derrotado, seria apagado da existência do mundo. Simples, não acham? Tendo proposto essa ideia e já declarando meu total apoio aos heróis, eu iria adorar ver vocês dando um pau na cara desses vilões!

As palavras da garota foram seguidas novamente pelo doloroso silêncio. Mas após isso, os vilões começaram a rir e alguns aleatórios começaram a gritar:

- HAHAHAHAHAHAHA!!! E Se nós não quisermos participar, Garota? Não pensou nisso? O mundo está melhor pra gente desse jeito e nós jamais arriscaríamos ser apagados da existência!

- Sem falar que... Os heróis tem protagonistas muito fortes! Nem louco que nós lutaríamos com eles só pra quebrar a cara e sermos apagados no final! Nem todos nós temos a força de um protagonista! Nós nos recusamos!!

A maior parte dos vilões começou a vaiar a garota, enquanto alguns ficavam em silêncio, pensativos sobre a ideia. Hanna imaginou que aquilo fosse Acontecer e seria bem difícil convencer a maioria a participar. Túlio se aproxima dela e diz:

- Eles nunca levariam isso a sério, Garota... Você está perdendo seu tempo...

No calor do momento e com muita raiva das vaias, a garota dá um grito bem alto:

- POIS SAIBAM QUE NÃO É PRECISO PROTAGONISTA NENHUM PRA QUEBRAR A CARA DE VOCÊS! EU CONFIO NA FORÇA DOS HERÓIS SECUNDÁRIOS E COM CERTEZA ELES GANHARIAM ESSE TORNEIO!!!

Aquilo soou como uma afronta para muitos vilões. Foi como se a garota dissesse que eles eram fracos e jamais ganhariam esse torneio mesmo que os protagonistas não participassem. Muitos então começaram a vaiar mais ainda enquanto outros ficaram furiosos:

- Quem essa garota pensa que é? Acha que nós somos lixos? Os vilões certamente ganhariam esse torneio!

Gritava a multidão furiosa de vilões enquanto jogavam latinhas de refrigerante na direção de Hanna.

- Tsc... Isso realmente mexeu com o orgulho deles... Que engraçado.

Essas palavras vinham de Ichigo, protagonista de Bleach que observava a situação. Hanna percebeu que falar aquilo mexeu com os nervos de todos, principalmente os vilões. Talvez aquilo fosse fazê-los pensar melhor sobre o assunto. De repente, alguém agarra o colarinho dela e a levanta com toda a força, fazendo ela se debater enquanto tenta se soltar. O responsável por aquele ato era Zeldris, vilão de Nanatsu no Taizai. Ele encara a Garota com um olhar sério:

- Você acha que pode nos desafiar assim, Garota? Você é apenas uma humana... Coloque-se em seu lugar ou então nós colocaremos!

Uma katana surge no pescoço de Zeldris, sendo empunhada por um ninja que estava ali pra proteger a garota. Sonic da velocidade do som, surgiria tão rápido quanto a sua alcunha.

- Poderia soltar essa garota? Estou recebendo muita grana pra manter ela segura...

Zeldris não vira o rosto e continua segurando a garota. Ele então diz:

- Um Vilão que se passa por herói em certas ocasiões... Você só Envergonha o nosso lado!

Sonic sorri:

- Pelo menos eu recebo pra isso...

Tensão do momento. Sonic e Zeldris soltam farpas entre si, tendo Hanna como foco disso tudo. Ela tenta se soltar, mas a força de Zeldris é muito maior que a dela. Antes que qualquer coisa aconteça, a porta do auditório se abre fazendo muito barulho e chamando a atenção de todos. Não só pelo barulho, mas sim pela aura de medo que a pessoa que acabou de entrar emana do seu corpo:

- Eu não pude deixar de ouvir sobre esse torneio... Isso me deixou muito interessado, de certa forma...

O homem que acaba de entrar veste uma Armadura de batalha japonesa e possuí cabelos escuros com metade do rosto sendo coberto por parte deles. Ele Caminha descendo as escadas, indo em direção à Hanna, Sonic e Zeldris.

-... Todos aqui que discordam dessa ideia são uns tolos. Essa com certeza é a melhor forma de nós, vilões, nos livrarmos desses heróis para sempre...

O homem para na frente de todos, olhando com seus olhos Sharingan. Madara Uchiha era quem dizia aquelas palavras e estaria ali, demonstrando que emana medo só de estar presente. Hanna sente um frio correr em sua espinha, vendo que a ameaça de Zeldris quase não se comparava com o medo que Madara causava. O irmão de meliodas dá um sorriso de deboche e diz:

- Não achei que viria até essa reunião... Madara Uchiha...

Zeldris solta a garota e começa a caminhar para o seu lugar:

- Agora que você está aqui, cuide desse problema que essa garota causou...

Madara se aproxima da Garota com seu olhar sério e quase sem expressão. Ele cruza os braços e então, diz em voz alta:

- Se é um torneio que você quer... Então nós iremos participar! Sua condição de que não haverá protagonistas e o lado perdedor será apagado é bastante peculiar. Eu recomendo repensar bem sobre isso, afinal sem protagonistas, os heróis seriam facilmente derrotados...

A garota não sabia o que fazer. Estava bem apática com a presença daquele monstro que ela conhecia e temia. Túlio estava bem afastado nesse momento, com um pouco de medo assim como ela. Sonic ajudou a garota a se levantar, também sentindo medo e não querendo olhar Madara nos olhos:

- Eu pensei também que... Para que o torneio fosse mais justo... Grande parte dos vilões com poder igual ou maior que o de um protagonista não deveriam participar... Assim todos poderiam lutar de “igual para igual”...

A garota mal conseguia falar. Madara então diz:

- Um torneio justo... Sabe qual o significado de ser justo? Você alimentar os porcos para depois se alimentar deles, assim eles não passam fome, e você também não. O significado de justiça é algo muito abstrato... Mas visto que você propôs esse torneio, eu tenho uma condição: As lutas só acabam quando um dos participantes morrer! Afinal, nós estamos arriscando tudo nesse torneio. Aceita minha condição?

Vendo que aquilo era realmente algo difícil de aceitar, já que nem todos os heróis, principalmente os secundários, estariam dispostos a arriscar a vida em uma batalha até a morte, Hanna ficou preocupada. Mesmo assim, ela não poderia voltar atrás com a sua palavra se quisesse ser realmente levada à sério por todos. Com o pouco de força de vontade que lhe resta e confiando bastante nos heróis, ela diz:

- Eu... Aceito! O torneio deve ser justo até certo ponto! Não podemos colocar Personagens com diferenças imensas de poder para lutar uns contra os outros! Peço que seja justo ao escolher seus participantes, assim como eu serei ao escolher os meus!

O Uchiha sorri maliciosamente e então olha para todos ali:

- A partir desse momento, todos que quiserem que esse torneio ocorra, levantem suas mãos! Alguns vilões não poderão participar devido ao seu imenso poder ser capaz até mesmo de destruir o mundo, mas nós temos Personagens que são muitos fortes e não entram nessa categoria! Vai ser o suficiente para matar todos os heróis...

Após alguns segundos, as mãos começam a se levantar, mostrando que a grande maioria acatou aquela decisão. Mesmo que nem todos fossem participar, eles queriam muito ver como seriam as lutas. Hanna ficou surpresa em como a situação mudou tão Subitamente. Madara então dá um sorriso de superioridade e começa a caminhar pelas escadas enquanto diz:

- Escolha os 11 participantes do lado dos heróis e nós, vilões, escolheremos os 11 do nosso lado. Daqui a dois dias, o torneio começará em um coliseu criado especificamente para que ele ocorra! Então se prepare para ver seus heróis queridos serem mortos por nós e apagados da existência...

Madara sai da sala, diminuindo a pressão que a grande maioria estava sentindo. Todos ficaram calados com a presença deles( com exceção de alguns que se consideravam do mesmo nível). Sonic segura Hanna que cai no chão, um pouco aturdida.

- Você está bem, Hanna?...

A garota se ajoelha um pouco, pensando que sua ideia talvez tenha sido precipitada, mas agora ela não poderia voltar atrás:

- Eu vou mostrar... Que no fim... Os heróis vão prevalecer!


Notas Finais


O torneio foi decidido. Resta saber quem serão os escolhidos para participar dessa batalha entre Heróis e vilões...

✦Próximo capítulo - O torneio começa: Ninja Vs Vampiro


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...