1. Spirit Fanfics >
  2. Rain >
  3. Prólogo

História Rain - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Annyeonghaseyo!! 👋🏻

Estou de volta com mais uma fic...

[Aviso] Rain na fic é uma cidade fictícia!

Espero que gostem! Será um romance e um mistério bem legal! 🤗😚

Desculpem qualquer erro e boa leitura! 💜

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Rain - Capítulo 1 - Prólogo

De tempos em tempos ocorre a lua de sangue e todo aquele que nasce sob ela está fadado a grandes destinos. Sempre é um só amaldiçoado que nasce sob tais circunstâncias, mas dessa vez... Existe um mistério maior...

Kim Namjoon jurou vingança ao homem que um dia fora seu melhor amigo. Min Yoo Do. E tudo por um coração de mulher, Lee Yoon Na. Ela acabou se tornando Min Yoon Na depois que se casou com o traidor, também amaldiçoado, ex-melhor amigo. Kim Namjoon, manteve a chama de seu amor por Yoon Na e foi embora se sentindo traído, mas jurou se vingar... E usaria qualquer arma a seu alcance para matar o seu arqui-inimigo. Porém, Namjoon, sempre muito astuto, decidiu esperar o melhor momento para sua vingança e quando soube da lua de sangue e do poder que vinha dela... se alegrou com a hora que se aproximava sua vingança.

Seria inteligente e não precipitado.

Ele pesquisou a fundo e descobriu sobre um ritual ao qual poderia ficar muito poderoso e se sobressair aos outros amaldiçoados... E ser um líder. Um líder de todos os lobos amaldiçoados.

Até mesmo usaria seus filhos para se vingar, Namjoon os usaria a seu bem e poder.

Jimin e Taehyung.

Cada um, filho de uma mulher diferente. Uma mulher humana não aguenta o parto de um ser amaldiçoado e por isso, Park Hye Soo morreu ao dar a luz a Jimin. E Kim Ya Do morreu ao dar a luz a Taehyung somente três anos depois.

Jimin, neste momento, se fixava aos lábios da mulher a sua frente e o desejo o consumia profundamente. Cada toque nos lábios da ruiva era um vício e cada toque a sua doce pela era mais inebriante do que nunca.

Ele cruzou o limite...

Um limite que Taehyung não se permitiu cruzar mesmo sentindo algo que não compreendia dentro de si. Algo que necessitava cada vez mais os lábios de Min ______ contra o seu. Com ardor.

(...)

Dezoito anos antes...

Duas mulheres entraram em trabalho de parto quando a lua cheia estava em seu ponto mais alto do céu. O destino sabia que somente uma delas sobreviveria depois...

Quando a lua se tornou vermelha no céu, no ponto alto da madrugada, as meninas nasceram.

Min Yoo Do pegou no colo sua filha e sorriu. Sua esposa lhe dava o segundo filho. Primeiro Yoongi, e agora....

- ______. - disse ele ainda com um sorriso nos lábios.

Ele entregou a Yoon Na a menina. E ela acalentou o bebê em seus braços.

- Minha pequena, ______. - disse ela com amor.

No mesmo momento, Kim Seokjin recebeu sua filha em seus braços. E se alegrou ao ver a pequena menina fruto de seu amor com Katherine, uma inglesa que conheceu em uma de suas viagens. Ele sabia o que arriscaria ter um filho com ela. Mas Katherine queria ser mãe e mesmo que chegasse a falecer... O que acreditava que não aconteceria, ela queria ser mãe. Jin conhecia a verdade. Seu amor era humano e, logo como o esperado, Katherine morreu logo após dar a luz a pequena menina.

- Eu vou proteger você, pequena Katherine. - disse ele com lágrimas nos olhos segurando sua filha. - Eu juro.

A pequena levou o nome da mãe e Jin sabia que ela seria tão bonita quanto a mulher que amou.

(...)

Algum tempo depois, Seokjin se mudou para uma cidadezinha no interior chamada Rain. Sim, de fato, lá chovia muito. Os lobos amaldiçoados podiam se transformar a qualquer momento e não costumavam viver em bando. Diferente dos lobos comuns. Somente com exceção da primeira transformação que sempre acontecia na noite de lua cheia quando atingissem dezesseis anos.

Em Rain, Seokjin procurou uma casa nas montanhas. E descobriu vizinhos, a uma certa distância, mas mesmo assim eram vizinhos.

Min Yoo Do, com o tempo e maturidade aprendeu a reconhecer seu semelhante e Seokjin também o sentiu. Os dois prometeram segredo sobre o que eram... E ficaram amigos.

Logo as meninas, almas gêmeas da lua de sangue, se tornaram inseparáveis. E quando chegaram a idade de dezesseis anos, seus mundos mudaram de cabeça para baixo.

Apesar de amigas, seus pais lhe alertaram não contar seu segredo a ninguém, mesmo antes de elas serem apanhadas pela maldição o segredo da família não podia ser compartilhado... Os pais acreditavam que estavam protegendo seus filhos por os fazer não saber uns dos outros.

- Sei que está assustada. - disse Yoon Na tentando acalmar a filha na sala da mansão nas montanhas que vivam. - Querida, tem que se manter calma. - ela puxou o ar e o soltou. - Respire de vagar. Você vai voltar ao normal, ______. Respire.

_______ era uma loba de cor caramelo brilhante. Era sua primeira transformação atormentadora. Seus olhos eram da mesma cor de seu pelo e fazendo como sua mãe lhe dissera ela voltou ao normal, ficando em posição fetal.

Yoon Na a cobriu com um manto que seu marido lhe entregou e a abraçou apertado.

- Não queria que isso acontecesse comigo, eomeoni. - disse ela liberando lágrimas em seus doces olhos.

Yoon Na segurou os rosto da filha para que ela lhe encarasse.

- Sabia disso, querida. - disse ela com ternura. - Você ficará bem assim com seu irmão, Yoongi, ficou. - e a abraçou novamente. - Lembre-se, não pode contar a ninguém... nem mesmo a sua melhor amiga.

O que eles não sabiam era o significado de seu nascimento...

(...)

Seokjin abriu apressadamente a porta do quarto de sua filha e elas estava ela em volta a uma zona. Seu quarto todo estava quebrado.

- Abeoji. - ele pegou um penhoar sobre a cadeira da penteadeira que estava no chão e se aproximou da filha cobrindo.

- Calma. - disse ele a abraçando.

Kate estava sentada no chão.

- Eu estava dormindo. - a respiração dela era pesada.

- Vamos passar por isso juntos. - disse Seokjin a abraçando apertado. - Você tem que controlar suas emoções de agora em diante, querida. - ele a apertava no abraço. - Qualquer que seja a emoção, pode ser um gatilho para você se transformar e isso não pode acontecer...

- Eu sei. - sibilou ela.

- Não pode contar a ninguém sobre você. Ninguém...

- Desculpe. - Kate levou uma mão ao rosto. - Pelo quarto.

- Não se preocupe com isso, querida. - disse Seokjin olhando ao redor. O quarto estava destruído. - Vamos comprar tudo novo para você. O que acha?

A segunda nascida sob a lua de sangue também não conhecia o significado de seu nascimento e nenhuma das duas poderia escapar de seu destino... 


Notas Finais


Acompanhem minhas outras fics @Kathy95

Então?
O que acharam??? Digam para eu saber. Amo saber o que pensam e o que querem.
Até o próximo capítulo.
Vejo vocês em breve!
XX Kathy


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...