1. Spirit Fanfics >
  2. Rainha do Submundo >
  3. Passado

História Rainha do Submundo - Capítulo 27


Escrita por:


Notas do Autor


Boa noite, pessoinhas!
Espero que gostem.
Boa leitura.

Capítulo 27 - Passado


Fanfic / Fanfiction Rainha do Submundo - Capítulo 27 - Passado

Pov Sef

 

--Você vai fazer o quê?--pergunto ao meu marido que deve ter batido a cabeça no caminho da floricultura.

--Vou tirar os olimpianos daqui e acomoda-los no submundo--repete ele como se isso fosse a coisa mais simples do mundo.

--Hades, você enlouqueceu? Eles vão colocar nossa casa de cabeça pra baixo!

--Pelo menos ficaríamos por cima dessa vez--diz ele com uma cara de pateta que me da nos nervos.

--Hades!

Ele suspira e leva os dedos a fonte.

--Eu sei que não é a ideia mais inteligente mas é o melhor que da pra fazer--diz ele parecendo cansado.

--E qual o motivo disso?--pergunto--Eu não entendo baby, você sempre quis distância de todos eles e agora os quer em casa.

Ele senta num dos bancos e descansa o rosto nas mãos.

--O Nico pediu--diz ele com a voz abafada.

--Por que?

--Porque o William não está bem e ter os outros aqui está deixando o garoto doente--explica ja olhando pra mim.

--Doente como?

--Eu não sei Sef, humanos são tão frágeis quanto estranhos. Eu só sei que o Nico estava desesperado e se ele veio até mim pra pedir algo, coisa bem rara de se acontecer, eu vou fazer.

Ai minhas margaridas!

Isso não vai dar bom.

--Você ta surtando né?--pergunta ele com calma.

Nem me fale.

--Sim--respondo.

--Vem cá--diz ele falando baixinho.

Ele estende o braço pra mim e vou até ele, meu marido abraça minha cintura e sinto sua testa descansar no meu peito. Faço carinho nos seus cabelos escuros e tento pensar numa forma de conviver no mundo inferior com aqueles loucos sem acabar com o nosso disfarce.

--Desculpe--diz ele contra meu corpo--Mas não posso dizer não. Se algo acontecer com o William, meu filho quebra e não posso permitir que isso aconteça.

--Eu entendo Hades--digo com sinceridade--Mas como nós vamos ficar? Saber que de certa forma nós nos damos bem e nos gostamos é uma coisa mas eles vão sacar na hora que foi tudo uma mentira e que eles foram feitos de bobos esse tempo todo--digo preocupada--Tenho medo que me separem de você.

Meu marido levanta a cabeça e me olha sério.

--Não vão tirar você de mim, eu não vou deixar--diz ele--Mas vamos ter que ser cuidadosos, é tipo um jogo agora. Não da pra errar.

--E se errarmos?

--A gente da um jeito--diz ele--E Sef?

--Sim.

--Não confie em ninguém, principalmente com a visão pairando sobre nossas cabeças.

Droga! Eu tinha me esquecido desse troço.

--Nem na Hécate ou no Apolo?--pergunto.

--Em ninguém--diz ele--Sobre a maldição da pra confiar mas sobre nosso casamento...

--Entendi--digo com uma careta--Vou ter quer voltar ao papel de "Perséfone A sequestrada"

--Eu prefiro a versão "Perséfone ja acostumei com essa vida" mas você que sabe--diz com um sorrizinho pra tentar me encorajar.

--Ta bom--digo--Mas e você?

--O que tem eu?--pergunta confuso.

--Como vai agir?--pergunto--Hades "o marido mandão e pé no saco" ou Hades o marido "to apaixonado mas sou eu que manda"?

--Acho que vai ser Hades "se mexer com a minha mulher eu te empalo vivo"--diz com uma calma assustadora.

Arregalo os olhos e ele ri baixinho.

--Relaxa Sef, to brincando.

Ufa!

--Mas sério agora, acho que vai ser uma mistura dos dois, infelizmente--reclama.

Faço que sim e seguro sua mão.

--Tudo bem, se vai ser pela ferinha eu faço--digo--Mas com uma condição.

--Qual?

--Assim que passarmos pela porta do nosso quarto, seremos nós mesmos--digo.

--Feito.

--E eu quero massagem--sorrio.

--Feito--diz beijando minha barriga por cima da roupa.

--E muitos beijos também--digo enquanto brinco com seus cabelos.

Ele me da uma mordidinha fraca e olha pra cima com aquela carinha linda.

--Feito--diz ele com um sorriso sapeca--Mas com uma condição.

Lá vem...

--Qual baby?

Ele faz sinal pra eu chegar perto e sussurra no meu ouvido coisas que claramente me transformaram num tomate ambulante.

Minha querida sementinha!

--Então, topa?--pergunta ja se afastando.

Querido...

--Até parece que não conhece com quem se casou--brinco--Ja topei, baby.

E como topei.


Notas Finais


Eu sei no que estão pensando😆😆😆
Foi só uns amassos, calma😉
Até a próxima, obrigada por ler


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...