1. Spirit Fanfics >
  2. Rainha Vermelha >
  3. A volta

História Rainha Vermelha - Capítulo 35


Escrita por:


Capítulo 35 - A volta


Fanfic / Fanfiction Rainha Vermelha - Capítulo 35 - A volta

Júlia narrando...

-Eu ligo e me importo - ouço uma voz conhecida e familiar, me viro lentamente e vejo uma pessoa que não via a um bom tempo

-Nádia - eu falo em um sussurra e ela sorrir se aproximando

-Oi maninha - ela diz e mesmo com os olhos cheios de lágrimas lhe acerto um tapa - Por que você ...

-8 anos. 8 malditos anos que você sumiu, não deu nenhum noticia, sabe o quanto eu sofri? Ou a mamãe? - eu pergunto com a voz fria

-Em falar nela, ela ...

-Está morta - eu digo e ela se espanta

-Não era pra isso acontecer - ela murmura e nego com a cabeça

-Elena Gilbert fez ela tomar a cura a força, Katherine Pierce morreu de velhice, seria hilário se não fosse trágico - eu digo sarcástica e ela me olha triste

-Eu não sumi porque quis, eu fui a procura de uma garota, chamada Donna Donatell, ela era a última hibrida de dragão e bruxo, mas ela foi mais esperta - ela diz séria e me sento no sofá

-Venho sendo ameaçada por alguém com o apelido DD, deve ser ela - eu revelo e ela arregala os olhos de leve

-Ele me deixou aprisionada todo esse tempo, eu consegui fugir porque ele me deixou pela primeira vez com os capangas - ela diz e me levanto rapidamente

-Não, ele não te deixou fugir, ele sabia que você viria atrás de mim - eu digo e ela arregala os olhos - Como sabia que eu estava aqui?

-O seu sonho era vir morar sozinha em New York e esse apartamento era da mamãe - ela diz e sorrir triste, assinto e pego meu celular

-Sim, rainha? - Garcia pergunta assim que atende

-É uma mulher, Donna Donatell, hibrida de dragão e bruxo - eu informe e ando até meu escritório - Como ela era?

-Ruiva, olhos claros, pele clara - diz a minha irmã e assinto

-Escutou? - eu pergunto ao Garcia

-Sim, Dove irá localiza-la - ele diz e assinto desligando. Dove é sua esposa, como tive que dá o lugar da Cris a alguém eu transformei a Dove, sobre autorização dela e do Garcia, fiz o mesmo com a filha deles, Mirela

-Temos que pega-la - eu falo e Nádia assente - Ela te torturou?

-Não, ela só me deixou em um quarto, tinha uma cama boa, ar-condicionado, banheiro, televisão ...

-Tava sendo refém ou em um hotel? - eu pergunto debochada e ela sorrir

-Acho que em um hotel, eu nunca passei por nada, nenhum homem tentou me estuprar, sangue de A toda manhã, frutas frescas ...

-Por que você fugiu mesmo? - eu pergunto debochada e ela sorrir e se aproxima

-Porque queria você e a mamãe - ela diz e assinto - Você se tornou uma mulher linda e gostosa

-Sangue Pierce - eu digo e rimos, ela se aproxima e me abraça, me fazendo retribuir - Amanhã vamos viajar

-Pra onde? - ela pergunta e sorrio

-Forks, uma cidadezinha no norte de Washington - eu digo e ando até meu quarto

-O que faremos lá? - ela pergunta e sorrio tirando a roupa

-Tô ajudando alguém, inclusive descobri quem é meu pai - eu digo indiferente e ela fica supressa

-Quem ele é? - ela pergunta curiosa e sorrio deixando a roupa suja no sexto e caminho até a banheira

-Klaus Mikaelson - eu falo e ela arregala os olhos - Pois é, sou uma trihibrida, a trihibrida original

-Me conta isso direito - ela pede tirando a roupa

-Hayley Marshall não queria eu e minha irmã gêmea, ela tomou um remédio de aborto, eu me senti em perigo, me teletransportei pro útero da mamãe e ai tu já conhece a história - eu falo e ela assente e entra na banheira, ficando na minha frente - Acontece que a Freya que é uma bruxa fez um feitiço pra saber a localização de todos que tem o sangue Mikaelson, e eles me acharam

-Nossa, como você reagiu? - ela pergunta e sorrio de leve

-A mamãe já tinha me contado, então eu fui debochada, eles estão tentando se aproximar, mas eu e a Hope nunca seremos de fato irmãs e melhores amigas - eu falo e reviro os olhos no final

-Afinal esse posto é meu - ela diz enciumada e sorrio jogando água de leve nela

-Não, você é minha irmã, mas não minha melhor amiga, você sumiu - eu digo e ela abaixa a cabeça

-Eu sei, mas não vou fazer mais isso, por mais que não seja minha culpa - ela diz e assinto - Como a mamãe morreu?

-Eu já te disse, a merda da última duplicante Petrova a matou dando a cura - eu digo irritada e ela ergue os braços em rendição, me fazendo revirar os olhos

-Já se vingou? - ela pergunta e sorrio diabólica

-Minhas roupas estavam sujas do sangue do irmão dela, o seduzi e o mandei a cabeça pra ela, então sim, só falta matar a última bruxa Bennett e depois a Eleninha - eu digo cínica e ela sorrir

-Quero ajudar- ela diz e sorrio friamente

-E você vai, irmãzinha, tenha calma - eu falo e ela sorrir animada

-Voce se tornou uma vadia - ela diz e sorrio

-É alguém tinha que honrar o legado Pierce, já que a mocinha não gosta de pau nem buceta- eu digo e sorrio saindo da banheira

-É, você virou uma vadia sem coração - ela diz e me enrolo na toalha - Aí que orgulho


Notas Finais


Quem falou que era a Nádia acertou, kkk
Temos a revelação de que DD é mulher, Donna Donatell
Momento de irmãs❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...