História Rainy Season - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Namjoon (RM), Park Jimin (Jimin)
Tags Fem!au, Hallaway, Idesign, Minimoni É Precioso, Minjoon
Visualizações 27
Palavras 643
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Shoujo (Romântico), Yuri (Lésbica)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom dia, batutinhas! (o;TωT)o  

Muito obrigada — mais uma vez — @iDesign pela capa maravilhosa, eu gostei muito, muito mesmo ♡

Capítulo 1 - Station lente, comme les sentiments


Fanfic / Fanfiction Rainy Season - Capítulo 1 - Station lente, comme les sentiments

Você têm um novo recado 



— Eu não sei por onde começar. Talvez eu devesse, antes de tudo, te pedir desculpas por tudo o que te fiz passar. Pedir desculpas por não ter sido a melhor namorada e a melhor pessoa para você. Não posso lhe prometer que irei mudar apenas para que eu possa ter uma nova chance com você, mas eu posso lhe jurar que jamais te ligarei outra vez. Para ser sincera, eu ‘nem sei porque te liguei agora, às onze da noite…


Sabe o que essa estação chuvosa trouxe para mim? Lembranças, várias lembranças. E em todas elas você está. Agora a pouco estava lembrando de quando nós duas ficávamos agarradinhas debaixo do edredom, eu tomando chocolate quente e você, chá. A Sra. Lacinhos sempre invadia a cama e se escolhia entre nós duas. Foram tão bons aqueles dias, Jimin… Os dias em que eu te tinha apenas para mim, os dias que eu te tinha em meus braços. Sinto saudade de acariciar seus cabelos rosados, saudade de acariciar suas bochechas cheinhas e coradas. Ah, como eu amava te ver corar, você ficava tão fofa. Ficava tímida sempre que eu dizia o quão você era e é, linda. Sinto saudade de abraçar seu corpo pequeno e quentinho, saudade de te proteger dos trovões que tanto lhe assombravam.


Essa estação chuvosa está sendo uma das piores, ao menos para mim. Porque… Eu não te tenho aqui ao meu lado, como das últimas vezes. Eu sinto saudade de você, Jimin. Até pediria seu perdão mas… Você sabe que eu sou orgulhosa demais para isso. E sei que, mesmo que eu matasse meu orgulho e te pedisse desculpas, você não o faria, porque… Eu parti o seu coração. Eu matei o amor que crescia cada vez mais entre nós. Eu tinha seu coração em minhas mãos e, tudo o que fiz, foi amassá-lo e depois, pisoteá-lo.


Ontem eu chorei e me culpei por ter te machucado e te deixado partir. Agora eu estou… Sofrendo. Queria poder voltar no tempo e ter te impedido de sair pela porta do nosso apartamento. Eu estou chorando, Jimin. Lembro que você não gostava de me ver chorar, que sempre enxugava minhas lágrimas e me abraçava, dizendo que me amava e que iria me proteger de tudo, até o findar de sua vida. Me pergunto se você ainda sente algo por mim, além de desprezo e ódio. Ou seria medo? Afinal, você sempre teve medo de tudo, e agora você deve ter medo de mim.


Eu te vi ontem. Você estava linda, tão linda quanto sempre foi. E estava tão sorridente enquanto caminhava ao lado de outra garota; admito que espero que ela seja apenas sua amiga. Seus cabelos estão maiores e mais bonitos, você estava linda por completo, Jimin. E você sequer percebeu minha presença lá naquela lanchonete que nós tanto frequentávamos. Eu senti aquele maldito aperto no coração e aquele peso da culpa. Senti tanta vontade de ir até você e perguntar se podíamos conversar… Mas, como sempre, eu fui covarde. Me… Me desculpe por não ter segurado sua mão e te impedido de ir embora, infelizmente, para sempre.


Ainda está chovendo. A cama está tão vazia. A Sra. Lacinhos sente saudades de você, assim como eu, Jimin. Eu não gosto de chorar mas… Estou me afogando em lágrimas agora. Será que seria pedir demais te pedir para voltar ‘pra casa e me esquentar nesse frio? Eu sei que é um pedido ousado e abusado mas… Sinto sua falta, queria-te aqui comigo, minha rosa. Apenas espero que essa estação chuvosa passe logo, pois ela está dificultando as coisas para mim...


Tchau, prometo que esse é o último recado que te mando. Por favor, volte para casa… E você sabe onde fica a chave. Tchau tchau, Jimin, minha rosa.



Recado apagado 






— Eu também sinto sua falta, minha orquídea.






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...